Bandas cada vez melhores, a receita da Drebor

0

“Existem pneus importados no Brasil que são verdadeiramente descartáveis. Custam o mesmo que uma recapagem e foram feitos para usar e jogar fora, como já ocorre com o telefone na França. Lá, você pode comprar um telefone descartável: usou uma hora, joga fora…”

Manuel Dresch (esq.) com Túlio e Ramon, da Vitória Pneus: sistema patenteado

O comentário foi feito pelo superintendente da Drebor Borrachas, Manuel Dresch (antes das grandes mudanças do preço do dólar, diga-se), para demonstrar que, atualmente, existe pneu para todos os bolsos – mas, logicamente, a qualidade é compatível com o tamanho do bolso. Um pneu “descartável” não rende recapagem. Já os que rendem podem ser recapados com bandas de qualidade cada vez melhor. “Como as da Drebor, que são feitas com um sistema exclusivo, o único patenteado no Brasil”, diz Manuel. O sistema é o SPD, e resulta numa banda que deixa o pneu com a mesma espessura de um pneu novo, e não mais grossa, como ocorre com as recapagens em geral. A chamada “base fina” prolonga a vida do pneu recapado, porque gera menos calor, entre outras vantagens.

Manuel Dresch esteve no dia 4 de setembro em Maringá (PR), prestigiando a inauguração da Vitória Pneus, concessionária da marca na região.

A Vitória Pneus pertence aos mineiros Túlio Marcos e Ramon Luiz Lemos, de Formiga, no Oeste do Estado, a 180 km de Belo Horizonte. Sua loja de Maringá é a quarta da rede. Eles já eram concessionários Drebor em Formiga e Divinópolis, além de Presidente Prudente (SP).

Compartilhar

Deixe um comentário