Martins recebe lote do novo Vertis

0

Caminhão recém-lançado é considerado ideal para o mercado atacadista, por ter a versatilidade necessária para entregas nos grandes centros.

O Grupo Martins recebeu em novembro mais um lote de 50 caminhões Vertis, a nova linha de leves e médios da Iveco de 9 e 13 toneladas, apresentada em outubro no litoral norte da Bahia.

A revenda Ellenco, de Maringá (PR): investimento de R$ 9 milhoes

Mais de 170 Vertis foram comprados pelo maior atacadista do País, que tem sede em Uberlândia (MG). Aliás, o setor atacadista já adquiriu ou encomendou quase toda a produção do novo modelo em 2010, cerca de 400 unidades.

Hoje, o Grupo Martins é o maior cliente da Iveco no Brasil: cerca de 80% de sua frota é de veículos da marca. Um cliente tão importante que chega a influir diretamente no desenvolvimento de produtos, segundo o diretor de comunicação da Iveco, Marco Piquini.

“Desde que o Vertis foi apresentado, em 2009, na Fenatran, o pessoal do Martins acompanhou a produção dos primeiros veículos e contribuiu, com a experiência que só o operador tem, para a definição de algumas características do caminhão”, disse Piquini.

O diretor geral do Grupo Martins, Walter Faria, disse que o caminhão da Iveco “casa” com a estratégia de regionalização da empresa. “Precisamos de caminhões versáteis e com a tecnologia necessária para fazer uma entrega eficiente em grandes centros urbanos”, explicou.

LANÇAMENTO – Stenio Garcia, o Bino da série de televisão Carga Pesada, foi o mestre de cerimônias do lançamento do Vertis, em outubro.

O caminhão foi projetado no Centro de Desenvolvimento de Produtos da Iveco, em Sete Lagoas (MG). Tem 85% de componentes nacionalizados e fornecedores já conhecidos do mercado brasileiro.

O presidente da Iveco, Marco Mazzu (á dir.), faz a entrega a Alair Martins do Nascimento

O motor, já preparado para Euro 5, é o Iveco-FPT NEF 4 common rail, produzido pela FPT (Fiat Power Train), também na planta de Minas Gerais. A transmissão é da ZF, os cardans da Dana, o eixo traseiro é Meritor e o dianteiro, Sifco. O sistema de freios está dividido entre a Knorr-Bremse e a Master/Suspensys. Componentes da suspensão são da Suspensys/Thyssen.

O Iveco Vertis 90V16 tem PBT de 9.300 kg e potência de 154 cv. Conta com três opções de entre-eixos (3.308 mm, 3.800 mm e 4.350 mm) e está disponível com cabine simples. Já o Iveco Vertis 130V18, com PBT de 13.300 kg, desenvolve 173 cv e também vem com três opções de entre-eixos (4.350 mm, 4.750 mm e 5.100 mm). A versão 130V18 tem dois tipos de cabine: simples e estendida.

O caminhão é econômico, segundo a Iveco. Testes realizados pela Netz Engenharia constataram reduções de 5 a 10% na comparação com modelos concorrentes, dependendo da aplicação.

O preço varia de R$ 118.500 (modelo 90V16) a R$ 136.900 (130V18). Os outros caminhões de 9 toneladas fabricados no Brasil são o Cargo 815, VW Delivery 8.150 (líder do segmento) e o VW Delivery 9.150 Plus; os de 13 toneladas são o Cargo 1317 e o VW Worker 13.180. Os dois segmentos representam 20% do mercado brasileiro.

Para conhecer outras características do Vertis, entre no site da Iveco, www.blogiveco.com.br.

Compartilhar

Deixe um comentário