Engenheiro alerta para risco com caçambas

9

O Brasil pré-Copa e pré-Olimpíadas tornou-se um grande canteiro de obras. Com isso, cresce bastante o risco de acidentes com caçambas, que podem tombar mesmo paradas, durante o descarregamento.

“…Boa parte da frota de basculantes trafega com a manutenção precária e, como são praticamente “veículos urbanos”, ou seja, não passam pelos controles de pesos das rodovias, acabam exagerando na carga, aumentando ainda mais os riscos de acidentes”, afirma o engenheiro mecânico Rubem Penteado de Melo.

A falta de motoristas com capacitação adequada para atuar no segmento é outro fator preocupante. Confira abaixo artigo escrito pelo especialista para o portal Guia do TRC:

 

Cuidados extras com basculantes

Além de todos os riscos nas rodovias, alguns tipos de caminhões pedem ainda cuidados especiais no carregamento e descarregamento, como no transporte de produtos perigosos, silos de cimento e especialmente os Basculantes.

Agrava-se a situação, porque boa parte da frota de basculantes trafega com a manutenção precária, e como são praticamente “veículos urbanos”, ou seja, não passam pelos controles de pesos das rodovias, acabam exagerando na carga, aumentando ainda mais os riscos de acidentes.

Mas tem uma característica extremamente perigosa nas famosas Caçambas: Elas podem tombar paradas, durante o descarregamento. E isso é muito fácil de acontecer.

Especialmente nesse momento do Brasil Canteiro de Obras, pré-Copa, pré-Olimpíada, etc., onde garimpa-se desesperadamente por caminhoneiros, e nem pensar em treiná-los antes de dirigir o Bruto, vamos ver muita caçamba tombada.

Por isso, além de manutenção mecânica rigorosa, é oportuno passar às medidas preventivas para a operação:

– Assegurar que as cargas são carregadas uniformemente em todo comprimento e largura da caçamba (não carregar + de um lado);

 – A carga é úmida e propensa a grudar? Os Riscos serão maiores;

 –  A carga deve estar dentro dos limites legais ( pela “Lei da Balança”);

 – As áreas ao redor do veículo devem ser isoladas;

 – Sempre bascule sobre terreno firme e nivelado. Nunca em terreno inclinado, aclives ou declives;

 – Certifique-se que a porta traseira está aberta antes de bascular;

 – O motorista deve ficar na cabine, enquanto báscula;

 – Esteja atento a obstruções elevadas: rede elétrica, cabos, postes, etc;

 – Mantenha pessoas afastadas durante basculamento;

 – Nunca bascule durante ventos fortes;

 – Alinhe o Conjunto cavalo-carreta antes de iniciar a descarga;

 – Se a carga não descer, não de trancos com a caçamba levantada;

 – Se o veículo começar a virar, prepare-se forçando o corpo contra o encosto do banco, e segure-se firmemente ao volante. Nunca tente pular para fora da cabine.

 Uma vez descarregada, o condutor deve certificar-se que a caçamba está abaixada antes de retornar a viagem. Por incrível que pareça são frequentes os “atropelamentos” de passarelas e viadutos por basculante andando com a caçamba levantada.

 

 

RUBEM PENTEADO DE MELO

é Engenheiro Mecânico com pós-graduação em engenharia de produção e mestrado em engenharia mecânica. É diretor, responsável pela área da qualidade nos serviços de inspeção de segurança de veículos sinistrados e alterados e inspeção de veículos que transportam produtos perigosos na Transtech Ivesur Brasil Ltda. É parceiro do Guia do Transportador. Foi vencedor do Prêmio Volvo de Segurança no Trânsito de 1996.

 Contatos: transtech@transtech.com.br

 41 3033-8700

 www.transtech.com.br

Compartilhar

9 Comentários

  1. Ótimo artigo, principalmente em relação ao despreparo. Minha empresa infelizmente teve uma carreta tombada no basculamento devido à quebra do cilindro hidraúlico. Porém vejo cada vez mais alguns autônomos “aventureiros” que se vislumbram pelos “altos rendimentos” do caminhão próprio e propriamente pela caçamba.Sempre procuramos orientamos treinar nossos colaboradores e esttes só saem para rua sózinhos quando aprovados pelo nosso encarregado e monitor.

    • Emerson meu esposo sem experiência nenhuma nunca tinha dirigido uma carreta o patrão dele simplesmente deixou ele se virar sozinho treinou ele 1 dia apenas é a caçamba virou e agora ele quer que meu esposo pague o concerto de 20.000 isso é certo? Sendo que meu esposo avisou ele que não tinha experiência nenhuma o que me diz sobre isso pode me ajudar ? Te agradeço muito se puder meu imail gleicichaves1@hotmail.com ou se puder me passar mais informações pode me chamar no meu zap 27997797719 com tudo isso o patrão dele tomou nosso carro preciso muito da ajuda de vcs ….

  2. excelente instrução trabalhei alguns meses em minha cidade com caminhões caçamba e procurei aliviar ao minimo as torções e inclinação sempre com muita atenção e cuidado com  o que tem por cima por baixo , pelos lados e na frente e atras do veiculo em que estava pena que durou pouco o aprendizado pois depois fui para a saude dirigir outros veiculos que tambem requer muita sabedoria e agilidade nossas ambulancias !!!!! abraços a todos!!!

  3. JA TRABALHEI CON CAÇAMBA QUATRO ANOS NUNCA TOMBEI UMA CAÇAMBA MAS ACONSELHO OS QUE AINDA NAO TEN EXPERENCIA TEN QUE TOMAR MUINTO CUIDADO NUNCA BASCULAR A CAÇAMBA EN LUGAR QUE NAO  TENHA NIVEL O CHAO  E QUE OCHAO NAO  ESTEJA BEN COMPA CTADO CADA PRODUTO TEN DIFEREÇA AO BASCULAR SE O PRODUTO NAO E ESCORREGADISSO TEN QUE FORRAR A CAÇAMBA ANTES DE CAREGAR PARA QUEO PRODUTO ESCORREGUE DE UMA VES PARA EVITAR QUEO PRODUTO CAIA SO UN LADO  E VAI OCAZIONAR TOMBAMENTO CUIDADO NAO FAZ MAL A NINGEUEN EVITE ALCOL E ACIDENTE E EXESSO DE VELOCIDADE

  4. Eu estou trabalhando no ford cargo 2628 è  um caminhao de força se naum tive cuidado vira uma arma em sua maô.Meus amigo muito atençao com os sinaleir. quando for bascular certifique se carro esta alinhado.È ISSO, E TUDO BOM  Q DEUS ABENÇOE TODOS OS MOTORISTA!!!

  5. Olá Rubens,Achei seu artigo muito interessante e pertinente quanto aos riscos de tombarem as caçambas dos caminhões. Gostaria de aproveitar e perguntar se há uma norma que indica quantos graus de inclinação o caminhão pode ter, antes de elevar uma caçamba.Mais uma vez, parabéns pelo artigo.

  6. Caro Rubem Penteado de Melo, boa tarde, o senhor como um técnico no assunto poderia me informar se uma caçamba em movimento numa rodovia, mesmo que houvesse algum eventual degrau poderia se abrir se as travas estivessem devidamente acionadas, ocasionando o derramamento do seu conteúdo na pista?
    aguardo sua resposta.

  7. tombei ontem descarregando areia, o solo estava firme e plano, a carga desceu certo, desconfio que o embuchamento do eixo onde a caçamba levanta estava com muito folga ou alguma mola quebrada, que por certo tudo isso influencia, e com esses fretes miseráveis que pagam , num da pra dar manutenção em tudo, ai acontece essas coisas.por isso eu digo que pode ate treinar o motorista, mas é preciso por a mao no bolso e estar sempre revisando molas, balanças, pneus, buchas da caçamba, eu to pensando em fazer na minha e fica a dica para os que fabricam caçambas, é colocar um pé hidráulico que se abra e apoie no solo no lugar dos pés da carreta, ajudaria muito, é só colocar os pés dela (a parte que toca o solo) com uma roda loca bem larga para que possa puxar a caçamba pra frente sem ter que levantar o pé.

  8. GREGUE AMERICO em..

    BOA NOITE!
    INFELISMENTE JÁ PRESENCIEI ALUNS CBs tombar. por falta de esperiencia, como tambem condições do terreno/ condições de cargas soltas, tais, rochas, madeiras, e umas cargas mais fimes, argilas.

Deixe um comentário