Futuras safras vão exigir mais CVCs de 74 t

0

Com a estimativa de que a safra de grãos vai dobrar nos próximos oito anos, faltará caminhão para levar tanta carga

Como transportar uma safra de 350 milhões de toneladas de grãos – duas vezes mais que o projetado para 2012? O desafio foi discutido numa mesa-redonda, no 22º Congresso da Fenabrave, por três diretores da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir): o presidente, Alcides Braga, o diretor executivo, Mário Rinaldi, e o presidente do Conselho de Administração, Kimio Mori.

De 1970 a 2010, a safra no País saltou de 47 para 136 milhões de toneladas. No mesmo período, a capacidade de carga dos implementos rodoviários aumentou de 15 para até 50 toneladas.

Mas estima-se que a produção de grãos pode dobrar nos próximos oito anos e não há como aumentar a capacidade dos implementos. “Nós achamos que o País terá de resolver os problemas das pontes e dos viadutos para que as rodovias comportem os implementos com PBTC de 74 toneladas”, afirmou Mori.

Atualmente, essas CVCs sofrem muitas restrições de trânsito. A expectativa do setor é que o pacote de concessões de rodovias lançado pelo governo federal ajude a preparar a malha para as composições mais pesadas.

Durante a mesa-redonda, também foi discutida a obrigatoriedade dos freios ABS nas Combinações de Veículos de Carga (CVCs) que vierem a ser fabricadas a partir de janeiro próximo. Isso deve elevar o preço dos implementos em 2% a 3%.

 

Compartilhar

Deixe um comentário