Mercedes-Benz em 57 anos, dois milhões de veículos fabricados

0

Estamos falando só dos comerciais: 1,37 milhão de caminhões e 630 mil ônibus, desde 1956, no Brasil. Isso é que é inscrever o nome no transporte de um país!

A Mercedes-Benz atingiu a marca de dois milhões de veículos comerciais produzidos no Brasil. “Somos o único fabricante de veículos comerciais do País a chegar a este número”, disse Philipp Schiemer, CEO da Mercedes-Benz do Brasil e da Daimler para a América Latina. “Contribuímos decisivamente para a evolução da indústria automobilística nacional”, acrescentou.

Stefan Buchner, José Fernando Fagundes e Philipp Schiemer

A empresa gaúcha Fagundes Construtora e Mineração foi a compradora do veículo nº 2.000.000: um Actros 4844 K 8×4. A empresa é a maior compradora de caminhões Actros no Brasil e tem 500 destes em sua frota de 720 Mercedes-Benz. A entrega da chave foi feita ao diretor comercial José Fernando Fagundes.

Stefan Buchner, presidente mundial da Mercedes-Benz Caminhões – unidade da Daimler Trucks, maior fabricante de caminhões do mundo – veio ao Brasil para celebrar o feito. “O Brasil é hoje, de uma forma consistente, um dos principais mercados para caminhões da nossa marca”, afirmou.

A fábrica de São Bernardo do Campo (SP) é a maior da Mercedes fora da Alemanha e a única a produzir, no mesmo local, caminhões, chassis de ônibus e agregados, como motores, eixos e câmbios, além das cabines de caminhões. São fabricados ali os modelos Atego, Atron e Axor.

Em 2012, a Mercedes-Benz do Brasil expandiu a montagem de caminhões Actros e Accelo para a fábrica de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Lá, o parque de fornecedores está integrado à planta. A empresa conta também com uma terceira unidade, em Campinas (SP), onde produz peças remanufaturadas da linha Renov.

Compartilhar

Deixe um comentário