Caminhão do ano na Europa é a arma da Iveco

0

Em três faixas de potência, os Iveco Hi-Way trazem de série vários itens que representam conforto para o motorista

Eleito o Caminhão do Ano na Europa, o Iveco Hi-Way chega ao Brasil com a missão de aumentar a participação da Iveco no mercado de extrapesados. Em setembro começam as vendas dos novos caminhões, que trazem requintes como banco de couro e cortina elétrica de série e adaptados para as condições brasileiras pelas mãos da engenharia da montadora de Sete Lagoas (MG), onde já está sendo produzido.

Equipado com o motor Cursor 13, da FPT Industrial, o Hi-Way estará à venda em três faixas de potência: 440, 480 e 560 cv – esta faixa exclusiva para o mercado brasileiro. Nos três casos, a potência máxima já está disponível a 1.900 rpm. O torque máximo dos motores chega a 2.100 Nm, na versão de 440 cv; 2.250 Nm, na de 480 cv; e 2.500 Nm, na de 560 cv, sempre na faixa de 1.000 a 1.550 rotações, o que garante maior amplitude de rotação dentro da faixa econômica e bons níveis de consumo de combustível.

O Iveco Hi-Way pode ser adquirido nas versões de tração 4×2, 6×2 e 6×4 com entre-eixos de 3.500, 3.200 e 3.000 mm. Os preços variam de R$ 320 mil para o modelo de 440 cv com tração 4×2 a R$ 395 mil para o top da linha, o 560 com tração 6×4.

A transmissão automatizada AS-Tronic, de série, fruto de um trabalho conjunto das engenharias do Grupo ZF e da Iveco, já equipa os modelos pesados da Geração Ecoline. Por ter nascido automatizada, é mais leve que as convencionais. Não é sincronizada, o que aumenta sua eficiência e diminui a manutenção. Tem baixo nível de ruído e pode vir acoplada ao ZF Intarder, retardador que aumenta a vida útil dos freios, gerando uma potência de frenagem de 563 cavalos que, aliados ao freio-motor do Hi-Way, chegam a um total de 978 cavalos.

Uma exclusividade para os veículos vendidos no lançamento é a garantia estendida de quatro anos – um para o veículo completo e mais três para o trem de força. Além do programa de gerenciamento Frota Fácil, compatível com os sistemas de telemetria e rastreamento da OnixSat, Autotrac e Sascar, os compradores do Hi-Way terão acesso a programas de pós-venda como o VIP, que lista 50 itens considerados primordiais para o funcionamento do caminhão. “A Iveco se compromete a entregar as peças do VIP em até 48 horas ou a fornecê-las de graça, se o prazo for excedido”, garante o diretor comercial, Alcides Cavalcanti.

CONFORTO – Seja na versão teto alto ou teto médio, as cabines são leito, com 2,5 metros de largura por 2,25 de comprimento e piso semiplano. A cama, de 2×0,8 m, tem tecnologia viscoelástica, não deforma, é lavável e antimofo.

Bancos em couro com apoio para os braços

Como os automóveis de luxo, o Hi-Way traz uma série de teclas no volante, permitindo que o motorista permaneça a maior parte do tempo com as mãos na direção. Os bancos do motorista e do passageiro têm apoio para os braços, regulagens de altura, profundidade e inclinação, além de ajuste lombar e revestimento de couro de série.

A cabine é equipada com climatizador no teto que mantém o ar refrigerado e umedecido mesmo com o motor desligado. O aparelho pode ser acionado por controle remoto. Também como item de série, o Iveco Hi-Way traz ar-condicionado digital.

O Hi-Way conta com sistema de quebra-sol com cortina frontal elétrica e cortina lateral com blackout e interior

Exclusiva cortina elétrica frontal e teclas no volante

claro.

 

“A chegada do Iveco Hi-Way ao mercado brasileiro reforça o nosso compromisso de investir no País e produzir em Sete Lagoas tudo o que temos de melhor e mais avançado no mundo”, afirma Marco Mazzu, presidente da Fiat Industrial Latin America. “A aceitação do veículo na Europa é a maior garantia da qualidade do produto que apresentamos agora, já severamente testado e plenamente adaptado às especificidades do mercado local.”

Suspensão pneumática: mais conforto para o motorista

Compartilhar

Deixe um comentário