Carreta LS com cavalo de 4 eixos é ilegal

0
31

Araújo, da Noma

A fabricação de carretas para composições 8×2 só cresce na implementadora Noma, de Maringá (PR). O gerente da Divisão de Engenharia de Produto da empresa, José Correia de Araújo, alerta, nesta entrevista, para dois fatos da maior importância: não se pode usar carreta LS com cavalo de quatro eixos, porque é ilegal; e não se pode “transformar” carretas LS em carretas próprias para 8×2 de forma improvisada, porque a carreta do 8×2 precisa ser mais reforçada.

A carreta do 8×2 tem o mesmo comprimento da LS?

O comprimento total da composição segue a mesma normativa da LS, que é no mínimo 16 metros e no máximo 18,60 metros. Mas, como o cavalo é mais comprido, devido à inclusão do quarto eixo (direcional), é preciso tirar essa diferença do comprimento da carreta. O máximo de uma LS é 15 metros e o máximo de uma 8×2 é 14 metros e meio.

E os eixos são mais para trás?

Ao incluir um quarto eixo no caminhão, aumentamos a capacidade de carga em seis mil quilos. Então, tem de jogar carga em cima da quinta roda. Para conseguir isso, os eixos da carreta vão lá para trás. Ficam praticamente encostados no parachoque do semirreboque, para ter a equalização da carga.
São mais reforçadas também?
Alguns pegam uma carreta de 6×2, colocam os eixos para trás e acoplam no 8×2. Entendemos que é errado porque a carreta 8×2 precisa ter uma estrutura mais reforçada, já que ela leva mais carga. É outro produto.

30

Diferença da posição das rodas na carreta LS e na 8×2, necessária para obter a distribuição correta de peso por eixo

Se você pegar um 8×2 e colocar uma LS, esta configuração contraria alguma norma?

Colocar uma carreta LS puxada pelo cavalo 8×2 está errado porque essa configuração não obedece a distribuição de peso por eixo prevista na resolução 210 e na portaria 63. A portaria 63 diz que o PBTC de uma configuração 8×2 é 54,5 toneladas. Para conseguir isso, tem de ter uma distribuição de peso nos eixos da carreta de 25,5 toneladas, mais 17 toneladas no eixo em tandem do cavalo, mais seis no direcional do cavalo e mais seis no primeiro eixo do cavalo. Somando tudo isso, temos 54,5 toneladas. Quando você pega a carreta LS, que é para um cavalo 6×2, e coloca num caminhão 8×2, a distribuição de carga muda, haverá uma sobrecarga nos eixos da carreta e vai faltar carga na tração do caminhão. A configuração estará fora dos requisitos legais de distribuição de carga por eixo. Se passar numa balança que apura por eixo, vai ser multado e pode ter o veículo apreendido.

Compartilhar

Deixe um comentário