Test-drive alavanca vendas do Hi-Way

0

Evento em Londrina (PR) reuniu 80 convidados

Aproveitando os últimos dias de vigência das taxas do Finame PSI do BNDES, a Iveco e a Ellenco, que representa a marca no Norte do Paraná, realizaram em Londrina o evento “Hi-Way na Pista – Economia no Bolso”, no dia 13 de novembro, no autódromo Ayrton Senna.

Foi a nona e penúltima etapa da promoção que percorreu todo o Brasil, tendo reunido mais de 800 clientes e acompanhantes que realizaram cerca de 550 test-drives no extrapesado Stralis Hi-Way. Em média, foram vendidos 30 veículos por etapa.

7O Hi-Way recebeu na Europa o título de Caminhão do Ano, mas também é produzido no Brasil. Ele vem com requintes como banco de couro e cortina elétrica de série. Equipado com o motor Cursor 13, da FPT Industrial, tem três faixas de potência: 440, 480 e 560 cv.

“O caminhão é um sucesso pela qualidade que está trazendo para o mercado brasileiro”, avalia Ricardo Motta, da área de Marketing da Iveco.

Flávio Brandolin, presidente do Grupo GA, de Astorga (PR), foi um dos participantes da etapa de Londrina do test-drive. Brandolin tem um Stralis de 460 cv e está satisfeito. “O motorista não quer saber de outro caminhão. Mas agora eu gostaria de ter um Hi-Way na frota”, comentou.

Salvador de Vito Primo, da Compasso de Vito Transportes, de Maringá (PR), está no ramo há quase 40 anos. Ele tem cinco caminhões no transporte de combustível. “Tenho um Stralis 6×2 440 que está com um consumo melhor que o 380 da Scania. O motorista está gostando muito do caminhão.”

Para o diretor geral da Ellenco, Sérgio Trevisol, o objetivo do evento Hi-Way na Pista é congregar e trocar experiências com o transportador: “E mais uma oportunidade para o cliente conhecer melhor nosso produto”.

8

Alexandre Faride, Sérgio Trevisol (Ellenco) e Ricardo Motta, da Iveco

PARCEIROS – Os convidados do evento Hi-Way na Pista também fazem uma competição para ver quem consome menos combustível.

A Noma, de Maringá, em conjunto com sua concessionária para a região de Londrina, a Eixo Forte, ofereceu as carretas com lastro. Rodrigo Fernandes, da área de Marketing da Noma, disse que a empresa está com novidades. “A Noma é conhecida pela robustez de seus produtos. Mas hoje também temos os produtos mais leves. E veículos mais leves significam maior capacidade de carga”, observou.

VENCEDORES – Os campeões em baixo consumo na etapa de Londrina que dirigiram o Stralis Hi-way com tração 4×2 foram:

1º Valdirei da Silva Adecreol
(da Adecreol) – 3,703 km/l

2ºo Roni Lopes
(da Astuti Transporte) – 3,415 km/l

3º Silvio Kerche de Camargo
(da Transportes Guarapirama) – 3,282 km/l

4º Emerson Cabrera
(da Trans Grande) – 3,140 km/l

5º Anderson Flavio Peguim
(da Peguim Logística) – 3,055 km/l

Compartilhar

Deixe um comentário