Mercedes apresenta novo FleetBoard

0

Programa de gerenciamento de frota agora inclui módulos de rastreamento

O sistema de gerenciamento de frota da Mercedes-Benz, batizado de FleetBoard e já instalado em três mil extrapesados Actros e Axor que estão rodando por aí, acaba de ganhar nova versão, com módulos de rastreamento, que significam maior segurança contra roubos.

20

Ele permite saber, a distância, a situação do veículo e como ele está sendo conduzido. A nova versão está sendo lançada primeiro no Brasil e será oferecida em outros países.

A partir de agora, outra novidade, o programa pode ser instalado em toda linha de caminhões. Na compra do veículo novo, o equipamento não custa praticamente nada e o pacote básico envolve uma despesa mensal a partir de R$ 99,00.

O FleetBoard agrega programas de computador com internet e telefonia móvel. O vice-presidente de Marketing, Vendas e Pós-Venda da Mercedes-Benz do Brasil, Roberto Leoncini, afirma que “o sistema proporciona a redução de até 15% do custo operacional do caminhão, considerando consumo e manutenções, e também maior disponibilidade da frota”.

O programa já vem com o veículo de fábrica, integrado ao gerenciamento eletrônico. Se alguém pretender manipular ou retirar os módulos, o caminhão para de funcionar. “É mais uma segurança e uma comodidade”, destaca Leoncini.

18

Leoncini

A nova versão foi desenvolvida em parceria com a empresa Zatix, detentora de marcas como Omnilink e Graber. Segundo André Weisz, responsável pelo FleetBoard no Brasil, “o controle do consumo de combustível não depende do nível do tanque ou outros indicadores. Ele está ligado diretamente ao sistema de injeção de diesel do caminhão”.

“Com o FleetBoard, os gestores da frota têm acesso a informações sobre o estilo de direção de cada motorista, e podem obter relatórios com indicação de pontos de melhoria na condução”, diz Weisz. Isso permite fazer treinamentos mais eficientes com os motoristas que precisarem.

19

André Weisz, tecnologia reduz custo operacional

Também é possível fazer o diagnóstico remoto de falhas e cuidar da manutenção preventiva. O acesso aos dados é muito simples, bastando um computador ou telefone móvel com internet e a contratação dos serviços. A gestão de frota é feita a distância, nos computadores dos escritórios das empresas de transportes.

Compartilhar

Deixe um comentário