Carbus terá outra fábrica

0

Produtora de implementos que começou construindo carrocerias de madeira está hoje entre as cinco maiores do Brasil, apta a resolver necessidades específicas do cliente

Enquanto comemora seus 40 anos, completados em novembro do ano passado, a Carbus – uma das mais tradicionais fabricantes de implementos rodoviários do País – termina de construir e equipar uma fábrica de semirreboques que está sendo feita ao lado da atual, em Guarulhos, e que vai entrar em funcionamento no ano que vem. Desde que foi inaugurada originalmente na Vila Prudente, em São Paulo, pelo empresário João Oscar Bergstron, a indústria percorreu um caminho de sucesso, conquistando clientes do porte de uma Coca-Cola, da Casas Bahia e Via Varejo.

21

Alessandro Bergstron: “Hoje, a customização é grande. Nosso padrão é a necessidade do cliente”

“Meu pai começou a produzir carrocerias de madeira e, depois, passou a fabricar baús de alumínio”, lembra Alessandro Bergstron, hoje diretor comercial da empresa. Atualmente, a Carbus apresenta um portfólio que vai de carrocerias metálicas a baús furgões, baús lonados, caçambas basculantes, semirreboques e projetos especiais.

Segundo Alessandro Bergstron, nestes 40 anos o mercado de implementos rodoviários se transformou da água para o vinho. “Hoje temos uma customização muito grande. O padrão é a necessidade do cliente”, afirma. Mas a maior transformação, na opinião dele, se deu no material usado na fabricação, que resultou em produtos mais leves. “Dá para dizer que os implementos pesam 30% menos que nos anos 1980. O caminhão foi feito para puxar a carga e não o implemento”. Ele diz que a Carbus sempre trabalhou com esse objetivo. “Sempre buscamos aplicar materiais mais leves. Esse é um diferencial nosso em relação à concorrência”, ressalta.

22De acordo com Bergstron, a empresa se mantém entre as cinco maiores do País e, até o ano passado, produzia em média 250 unidades por mês. “É claro que 2015 será diferente. O mercado espera uma retração de 50%. O ano está sendo difícil para todos, mas acreditamos na retomada em 2016”, afirma.

Alessandro acredita que o principal desafio da Carbus é ficar entre as cinco maiores. “Acho que estamos preparados para isso. Temos um parque industrial bem moderno e automatizado.” Entre as novidades da empresa, está o ingresso no mercado de baús frigorificados e a oferta de novos produtos especiais.

Compartilhar

Deixe um comentário