Eixo suspensor para o Volvo 6×4

0

Economia, conforto e agilidade é o que se ganha com essa tecnologia, quando o caminhão tem que voltar vazio

A elevação do eixo tandem nas composições 6×4 será uma das novidades da Volvo na próxima Fenatran, o Salão Internacional do Transporte, de 9 a 13 de novembro, em São Paulo. A Volvo acaba de comemorar a marca de 300 mil veículos produzidos no Brasil.

Desenvolvido em conjunto com a Meritor, o sistema permite desativar e elevar o segundo eixo de tração com o caminhão vazio, melhorando a aderência ao piso e reduzindo o consumo de combustível em até 4%. O chamado eixo suspensor é ideal para operações em que o caminhão vai carregado mas volta vazio.

“É mais uma solução inovadora que a Volvo lança no Brasil para proporcionar economia e conforto nas operações de transporte”, diz Bernardo Fedalto, diretor de caminhões da Volvo no Brasil.

O funcionamento do sistema é simples: utilizando um engate estriado entre os eixos, o segundo eixo pode ser desengatado e elevado. A operação é feita por botões no painel. Na posição de automático, o veículo não sai do lugar se estiver com carga e o eixo elevado, e o eixo sobe sozinho quando o veículo está sem carga. A elevação é de 14 centímetros, a mesma altura de um caminhão 6×2 com eixo com dispositivo semelhante.

O eixo elevado, com o caminhão vazio, aumenta a capacidade de manobra, reduz o raio de giro em até 15% e diminui o desgaste de pneus e dos sistemas de suspensão.

Há ainda um ganho de segurança: em superfícies escorregadias ou operações severas, o motorista pode aumentar a pressão sobre o primeiro eixo ao elevar o segundo eixo motriz, o que resulta numa melhor aderência do conjunto.

A conectividade avança e reduz custos

O empresário Raul Roman Clavero, do Chile, está satisfeito com os resultados do uso das tecnologias de conectividade que permitem um controle detalhado do desempenho da frota e dos motoristas a distância. Dos 100 caminhões Volvo de sua frota, 29 estão equipados com máxima conectividade e sistemas de gerenciamento como o Dynafleet, que têm proporcionado 7% de redução nos custos, principalmente no consumo de combustível.

O sistema de gerenciamento Dynafleet: mensagens em tempo real do motorista com a base

A Volvo também vai apresentar na Fenatran novos recursos do seu sistema de gerenciamento e conectividade. A partir de agora, o motorista pode, por exemplo, trocar mensagens em tempo real com sua base. O Dynafleet permite um acompanhamento on-line de toda a telemetria do veículo, o posicionamento e o consumo de diesel e de Arla 32.

CARACOLES – Clavero foi um dos convidados de um encontro sobre novas tecnologias realizado pela Volvo em Fortaleza. Seus caminhões trafegam nas montanhas geladas da difícil Rota dos Caracoles, entre o Chile e a Argentina, levando produtos da Nestlé e Unilever e retornando com frutas. Além do Dynafleet, eles são equipados com o I-See, que grava eletronicamente a topografia da estrada e já programa o caminhão para uma próxima passagem pela rota, além de ter controles de estabilidade.

O eixo tandem elevado com o caminhão vazio: maior facilidade de manobras e economia de combustível

“Nossa frota passa pelos Caracoles 1.800 vezes por ano. Saímos de 3.200 metros de altitude para 1.800 metros a 65 km/h praticamente sem acionar os freios, somente com redução de caixas. Os motoristas sabem que esta é a velocidade mais segura e que a força do conjunto está entre 1.200 e 1.400 rpm. Acima disso não tem mais nada”, explicou Clavero, que controla toda a operação a distância com os recursos de conectividade da Volvo.

INTERNET – Pesquisa feita a pedido da Volvo Latin America mostrou que 38% dos caminhoneiros brasileiros possuem smartphones. Um dado curioso é que, quanto mais longo o trecho, mais conectado é o caminhoneiro. Nada menos que 60%indicam ter notebook em casa enquanto a média da categoria é de 38%.

O levantamento revela outros dados que chamam a atenção: 62% dos motoristas têm computador de mesa em casa; 24% têm tablet em casa e 4% usam tablet nas viagens.

Auto Sueco inaugura concessionária em Cuiabá

Com investimento de R$ 25 milhões, a Auto Sueco inaugurou em setembro sua nova concessionária Volvo de caminhões e ônibus em Cuiabá (MT). É a sexta unidade da Auto Sueco Centro-Oeste, com ampla estrutura para atender os milhares de transportadores que circulam pelo Estado, muitos dos quais vindos de outros lugares do Brasil em busca de cargas de grãos.

“Queremos melhorar cada vez mais o nosso pós-venda e a assistência aos transportadores”, afirma Jorge Guimarães ( foto), administrador-executivo da Nors, holding portuguesa da qual faz parte a Auto Sueco Centro-Oeste.

A concessionária conta com 9,5 mil metros quadrados de área construída em um terreno de 42 mil m² e está localizada no Distrito Industrial de Cuiabá. Fica às margens da BR-364, um dos principais corredores de escoamento da produção brasileira de grãos.

Compartilhar

Deixe um comentário