Novos Ford ampliam capacidade de carga

0

Longarinas receberam reforços para garantir robustez.  A Ford passa a ter a linha de caminhões 6×4 mais completa do mercado

Depois do lançamento da Linha Torqshift, com câmbio automatizado, a Ford apresentou em junho mais quatro modelos, complementando sua linha 2017. São eles o Cargo 1419, o Cargo 1519, na versão 4×2, e o Cargo 3129, este também com modelo Mixer, na versão 6×4.

O objetivo é oferecer caminhões que proporcionem aumento de produtividade: “Usamos toda a experiência da nossa engenharia para desenvolver esses veículos ainda mais robustos, confiáveis e econômicos, que vão trazer um impacto positivo na operação dos clientes”, disse João Pimentel, diretor de operações da Ford Caminhões.

14

O diretor João Pimentel fala na solenidade de lançamento: melhorar a produtividade dos clientes

O médio Ford Cargo 1419, com PBT de 14.500 kg, tem capacidade de carga de 9.500 kg, ou seja, leva 1.100 kg a mais que o modelo mais vendido do segmento. O motor tem 189 cv, os eixos traseiros são Meritor MD 23-235 e os pneus são 275/80R22,5 sem câmara, com rodas de 10 furos, no padrão de outros modelos da marca.

O Cargo 1419 também leva 1.500 kg a mais de carga que seu antecessor, o 1319, e sua capacidade máxima de tração foi ampliada para 27 mil kg (quatro mil kg a mais), melhorando o rendimento na distribuição urbana e na rodoviária de curta e média distâncias. O valor de tabela do modelo é de R$ 165.800.

O Cargo 1519 não mudou de nome, mas tem uma tonelada a mais de peso bruto total que o modelo anterior: 15.400 kg, o maior da categoria. Assim como no 1419, as longarinas ganharam reforço e são feitas de aço especial LNE 600, quando os principais concorrentes usam o LNE 500.

Além disso, como mostra o desenho do quadro de chassi (veja a ilustração na pág. seguinte), os novos Ford Cargo possuem travessa na altura do motor equipada com coxins para reduzir a vibração. Com novo eixo traseiro e novas suspensões dianteira e traseira, o 1519 custa R$ 171.900,00.

Com o lançamento do Cargo 3129, a Ford passa a ter a linha de caminhões 6×4 mais completa do mercado, na qual já estão presentes o Cargo 2623, o Cargo 2629 e o Cargo 3133. Com PBT de 30.500 kg e capacidade máxima de tração de 42 mil kg, o novo caminhão é indicado para serviço pesado, como o canavieiro, o madeireiro e o de mineração.

Na versão preparada para betoneira, o Cargo 3129 Mixer tem escapamento vertical e tomada de força traseira, além de novo protetor de radiador. Ambos são equipados com motor Cummins 6.7 de 290 cv, transmissão Eaton de 10 marchas à frente e três à ré e eixo traseiro Meritor de dupla velocidade (4,89:1/5,38:1).

15

O Cargo 1519 tem longarinas reforçadas, feitas de aço especial LNE 600; o Cargo 3129 também tem versão preparada para betoneira

16O gerente de Marketing da Ford Caminhões, Flávio Costa, frisa que “a Ford sabe como fazer um caminhão robusto”, e justifica: “O Cargo 3129 combina o peso bruto total do Cargo 3133 com o motor de 290 cv e relações reduzidas para gerar maior torque e melhor partida em rampa. Assim, é ideal para aplicações que exijam alta capacidade mas não precisem de tanta potência como os modelos fora de estrada, oferecendo uma melhor equação de custo”.

O Cargo 3129 tem preço de tabela de R$ 253.900. A versão Mixer custa R$ 261.900.

17Oswaldo Ramos é o
novo gerente de vendas

A Ford reestruturou as áreas de vendas e marketing. No setor de caminhões semileves, leves, médios, pesados e
extrapesados, Oswaldo Ramos (foto) assume a função de gerente geral de Vendas e Marketing, abrangendo também o relacionamento com os distribuidores exclusivos da área.

Antonio Baltar, que era o responsável pela área, assume o setor de vendas e distribuição de automóveis, picapes e utilitários esportivos.

Compartilhar

Deixe um comentário