ZF projeta veículo que “vê” e freia

0

Edição 188 – out/nov/2016

revista-carga-pesada-zf-188x

O primeiro programa de frenagem e manobra de desvio para caminhões pesados foi desenvolvido pela ZF e equipa o Innovation Truck 2016, o protótipo de caminhão com modernos sistemas de assistência ao motorista, também apresentado no Salão de Hannover, em setembro, na Alemanha. O caminhão “vê” o obstáculo à sua frente, processa a informação e desvia automaticamente, numa manobra rápida a evasiva.

A ZF é líder mundial em sistemas de transmissão e tecnologia de segurança ativa e passiva. É o principal parceiro da Mercedes-Benz no desenvolvimento de produtos ligados à eletromobilidade como o Urban eTruck, descrito nas páginas 12 e 13.

Após adquirir a TRW Automotive em maio de 2015 e integrá-la como Divisão de Tecnologia de Segurança Ativa e Passiva no Grupo ZF, a empresa passou a contar com cerca de 135 mil colaboradores e 230 unidades em 40 países. Em 2015, faturou 29,2 bilhões de euros. É política da empresa investir 5% do produto das vendas (em 2015, 1,4 bilhão de euros) em pesquisa e desenvolvimento.

O objetivo da ZF é ambicioso: colaborar com a indústria automotiva para reduzir a zero o número de acidentes e a emissão de poluentes. “Nossos produtos atendem às tendências de automatização, integração, segurança e eletrificação”, afirma Stefan Sommer, CEO da empresa. “O foco das nossas inovações está nos sistemas mecatrônicos inteligentes que fornecemos”, completa.

revista-carga-pesada-zf-188a

A TraXon é modular e por isso poderá incluir o moderno sistema de dupla embreagem, que reduz o consumo por evitar a interrupção de torque durante a troca de marchas

Ainda no Salão de Hannover, a ZF apresentou estudos segundo os quais a condução autônoma de veículos desempenhará um papel cada vez mais importante durante a chamada “última milha”, ou seja, o último passo na evolução do processo de entrega ao cliente. Mesmo diante dos desafios sociais e de infraestrutura a serem vencidos, os indicadores econômicos reforçam esse trabalho.

O setor de entrega de encomendas está crescendo em grande velocidade. Na Alemanha, mais de 2,9 bilhões de encomendas foram enviadas em 2015 – um bilhão a mais do que em 2005. Têm crescido muito as compras on-line. Além disso, restrições de circulação nas cidades, áreas ambientais e o desejo de reduzir o barulho do trânsito obrigam à busca de novas opções de entrega. Esses requisitos entram em jogo nas operações logísticas urbanas.

A unidade brasileira da ZF também quer estar preparada: “Se os veículos autônomos e elétricos ganharem o mundo, vamos continuar a produzir motores a combustão só no Brasil?”, questionou Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul, também presente em Hannover. Para ele, na questão dos combustíveis alternativos, uma saída poderia ser aproveitar a grande experiência brasileira com os veículos a álcool atuando em conjunto com os motores elétricos.

revista-carga-pesada-zf-188

Transmissões de última geração serão nacio nalizadas

Estima-se que, até 2025, 70% dos veículos comerciais vendidos no Brasil serão equipados com caixas automatizadas. De olho nesse potencial, a ZF anunciou no IAA 2016 a nacionalização das transmissões automatizadas TraXon e 9AS EcoTronic. A TraXon, que já equipa vários modelos na Europa, está presente também no futurista ZF Innovation Truck 2016, o protótipo apresentado no evento.

A 9AS EcoTronic destina-se a caminhões médios e semipesados e irá completar o portfólio que já contava com a transmissão mecânica de nove velocidades Ecomid. Ambas serão produzidas pela ZF em Sorocaba (SP).

Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul, disse em Hannover que a motivação para esta nacionalização está relacionada ao sucesso das transmissões automatizadas no segmento de pesados e extrapesados, aliada à crescente demanda dos clientes para a extensão desta solução a outros segmentos.

As transmissões automatizadas diminuem o consumo de combustível, reduzem o desgaste do atrito de embreagem e freios, padronizam a condução, reduzem o tempo de manutenção, aumentam a segurança e dão mais conforto ao motorista.

A outra transmissão a ser nacionalizada é a automatizada EcoTronic, que utilizará basicamente a mesma linha flexível da sua versão manual de nove marchas.

Inicialmente, serão nacionalizadas as versões da TraXon com 12 e 16 marchas e o módulo de embreagem tradicional, com um torque do motor de até 3.400 Nm (versão overdrive). As outras versões – Hybrid e Torque – e suas localizações dependerão do interesse das montadoras e das demandas dos transportadores.
Conheça os recursos do ZF Innovation Truck 2016
– Previne colisões traseiras: a função Evasive Maneuver Assist (EMA), desenvolvida em parceria com a WABCO, conduz o semirreboque em situações de risco de forma automatizada e estável.
– Mais estabilidade e distância segura: a função Highway Driving Assist (HDA) mantém o veículo permanentemente na sua faixa, mantendo a distância adequada do veículo à frente.
– Eficiência no terminal de carga e descarga: a função de manobra automatizada reduz acidentes e o tempo de parada do veículo.
(Veja vídeo no site www.cargapesada.com.br )

Compartilhar

Deixe um comentário