Mercedes-Benz anuncia vencedores do Prêmio Interação

0

25º Prêmio Interação reconhece os fornecedores que mais se destacaram em 2016

Em evento realizado no dia 30 de março, em sua fábrica de São Bernardo do Campo, São Paulo, a Mercedes-Benz do Brasil anunciou os fornecedores vencedores do 25º Prêmio Interação e do 7º Prêmio de Responsabilidade Ambiental.

“Há anos temos o prazer de homenagear os fornecedores, que são nossos importantes parceiros”, afirma Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina. “Esse marco junta-se a outra grande celebração recente, a dos 60 anos da Empresa, completados em 2016”.

De acordo com o executivo, “com apoio dos fornecedores, entregamos produtos ainda melhores e mais adequados às necessidades de clientes no Brasil e em outros países. Agradeço a dedicação e empenho de nossos parceiros em cada projeto”, diz Philipp Schiemer. “O nosso slogan As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve. tem surtido um efeito muito positivo. Estamos conseguindo, de fato, atender às demandas dos clientes. E é assim que queremos trabalhar também com os fornecedores: cada vez mais próximos, porque juntos, somos mais fortes e conseguimos novas conquistas”.

Premiação faz parte da cultura da Empesa

“Para nossa satisfação e alegria, o Interação chega ainda mais consolidado e significativo nesta edição. Este prêmio é um reconhecimento aos nossos parceiros de negócios, como também de incentivo ao desenvolvimento da cadeia de fornecedores”, destaca Erodes Berbetz, diretor de Compras da Mercedes-Benz do Brasil.

Para o diretor, um prêmio que chega nessa marca tem um significado cada vez mais importante. “Não se trata apenas de um troféu na mesa ou um quadro na parede. Ele efetivamente reconhece o envolvimento e o comprometimento dos nossos fornecedores na busca pelos mesmos padrões de eficiência, qualidade, custos, logística, inovação e outros aspectos. Assim, parabenizo os ganhadores do 25º Prêmio Interação e do 7º Prêmio de Responsabilidade Ambiental”, diz Erodes.

Confira a seguir, os fornecedores vencedores em cada uma das categorias das premiações oferecidas pela Mercedes-Benz do Brasil:

Categoria Inovação Tecnológica

O ganhador do ano nessa categoria é a Robert Bosch Ltda. Líder em tecnologia de ponta, a empresa atua mundialmente em diversos setores da indústria. Reconhecida pelos centros de excelência em desenvolvimento, oferece soluções para sistemas de injeção de combustível, eletrônica automotiva, sistemas de direção e tecnologia de controles e integração. A Robert Bosch tornou-se um respeitável parceiro da Mercedes Benz do Brasil, com destaque para projetos automotivos com foco na máxima eficiência e performance dos motores diesel. Equipamentos de última geração, disponibilidade de testes e desenvolvimento de novas tecnologias de motores, como o recente Dual Fuel, conferem à Robert Bosch um diferencial em inovação tecnológica.

Categoria Excelência Operacional em Qualidade

A Flamma Automotiva S.A., de Pouso Alegre (MG), é uma das vencedoras dessa categoria. Maior unidade do grupo brasileiro Aethra, a empresa é um fornecedor completo, oferecendo desde a estampagem de componentes de grande porte até a montagem de cabines completas de caminhões e automóveis. Também possui uma moderna estação de pintura para carrocerias e componentes, além do serviço de Triming (montagem final de componentes). A Flamma desenvolveu uma excelente parceria com a Mercedes-Benz na terceirização da linha das cabinas Atron e LN, atingindo os prazos e a excelência em qualidade exigidos, garantindo o sucesso esperado.

O outro fornecedor de destaque nessa categoria é a Voss Automotive Ltda. Localizada em Diadema (SP), ela é uma empresa do Grupo Voss, fundado na Alemanha em 1931. O grupo demonstra total comprometimento pela busca contínua da inovação em tubulações e engates rápidos para sistemas de freio, de combustível e de redução catalítica seletiva (SCR). Líder mundial em seu segmento, a Voss atua com estreita parceria no desenvolvimento de produtos e soluções técnicas para a área de Engenharia da Mercedes-Benz do Brasil, atendendo com qualidade e rapidez na produção e entrega de protótipos. Investimento em equipamentos de ponta e um forte e atuante time de engenheiros e pesquisadores são os diferenciais da Voss.

Categoria Excelência Operacional em Logística

A ThyssenKrupp Metalúrgica Campo Limpo Ltda. é uma das ganhadoras dessa categoria. Sediada em Campo Limpo (SP), atua há mais de 57 anos no Brasil, tendo como especialidade o desenvolvimento e a produção de diversos forjados, como virabrequins, bielas, pistões e componentes de suspensão e transmissão. Uma grande parceira da Mercedes-Benz do Brasil, ela se destaca, principalmente, pelo fornecimento de virabrequins das famílias de motores BR 300, BR 400, BR 457 e BR 900. Tendo como missão a excelência no atendimento aos seus clientes, a ThyssenKrupp, em parceria com a Mercedes-Benz do Brasil, desenvolveu e implementou em 2016, com extremo sucesso, o projeto logístico E2E (End to End) para a família de virabrequins.

Na categoria Excelência Operacional em Logística também é vencedora do ano a Schulz S.A. Fundada em 1963, em Joinville (SC), ela atua em vários setores, entre eles o automotivo, nos segmentos de caminhões, ônibus, máquinas agrícolas e tratores. Também conta com uma divisão de produção de compressores. Além de atuar no mercado nacional, exporta para mais de 70 países. Para a Mercedes-Benz do Brasil, numa longa parceria, a Schulz fornece uma grande variedade de peças para aplicações em praticamente todas as áreas de produção: caminhões, ônibus, motores, eixos e câmbios. Com base em aspectos como foco no cliente, profissionalismo e proatividade, essa parceria tem gerado bons negócios para ambas as empresas durante todo o período de relacionamento.

Categoria Excelência em Custos

Entre os vencedores dessa categoria inclui-se a Iochpe-Maxion S.A. Com início de atuação no ramo madeireiro no Rio Grande do Sul, em 1918, a Iochpe-Maxion diversificou suas atividades ao longo dos anos, atuando também no setor financeiro e, depois, no setor industrial. Sua missão é oferecer, de forma rentável, componentes e sistemas automotivos relacionados à transformação do aço que permitam a melhoria da performance e competitividade dos produtos dos clientes. Por meio do desenvolvimento de produtos, flexibilidade e know-how em processos industriais, a Iochpe-Maxion colabora com a difícil missão de redução nos custos. Mostra-se sempre proativa na apresentação de ideias que tenham como resultado a redução de custos sem o comprometimento da qualidade.

O outro ganhador da categoria Custos é a Dana Indústrias Ltda. Fundada nos EUA, há mais de 100 anos, a Dana é um importante parceiro global da Mercedes-Benz. No Brasil, esse tradicional fornecedor desenvolve e fornece diversas peças para o trem de força dos veículos comerciais da Mercedes-Benz, com destaque para a viga e mangas do eixo dianteiro, cardan, flange e yokes. A Dana sempre foi uma das líderes de mercado nos segmentos em que atua, possuindo uma estratégia diferenciada que combina a liderança em tecnologia, expansão global, excelência na produção e atendimento aos clientes. Com essa visão empreendedora, a Dana desempenhou papel estratégico nos diversos projetos e desafios apresentados pela Mercedes-Benz do Brasil em 2016.

Categoria Excelência em Material Indireto/Serviço

Três fornecedores venceram essa categoria, como Alis Armazenamento, Transporte, Logística e Serviços Ltda. Empresa especializada na logística de pré-entrega de veículos zero km na indústria automobilística, a Alis é parceira da Mercedes-Benz do Brasil desde 1998. Responsável pela movimentação, transporte e armazenagem de caminhões, chassis de ônibus e veículos comerciais leves na planta da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo, bem como nos pátios da região, a Alis se destaca pela flexibilidade e pelas técnicas de gestão e controle dos produtos acabados, até sua entrega aos procuradores dos concessionários e dos clientes finais.

Outro ganhador nessa categoria é Eisenmann Juiz de Fora Manutenção Industrial e Comércio de Peças Automotivas Ltda. A empresa iniciou atividades na América do Sul em 1996, atuando no desenvolvimento e implantação de instalações industriais caracterizadas por engenharia de ponta. Atua em serviços de manutenção e operação em áreas de pintura, reformas e “retrofitting” de instalações, assistência técnica e venda de peças de reposição. Na planta da Mercedes-Benz em Juiz de Fora foi a responsável pelas adequações nas instalações da Pintura dentro do projeto StarPro Futura. Permanece na unidade desde 2013, por meio de contrato de manutenção e limpeza técnica para todo o processo da Pintura e para os transportadores entre prédios. Apresenta um destacado desempenho na estabilização dos processos e na implementação de melhorias.

A Ferramentas Gedore do Brasil S.A. é o terceiro fornecedor vencedor dessa categoria. Fundada em 1919, na Alemanha, a Gedore está presente em diversos países, como Áustria, África do Sul, Turquia, Inglaterra, Brasil e uma unidade na Índia. Em nosso País, sua matriz está localizada na cidade de São Leopoldo (RS). O grupo Gedore responde pela fabricação das ferramentas profissionais mais conhecidas e das campeãs de vendas do mercado. A parceria com a Mercedes-Benz do Brasil teve início em 1995, com o fornecimento de kits de ferramentas para os veículos da marca, mantendo-se sólida até hoje. Destaque para o trabalho em conjunto realizado no ano de 2016 para unificação das bolsas de ferramentas dos caminhões das linhas Axor, Atron e Atego.

Categoria Especial

O prêmio de vencedor da categoria Especial foi conquistado pela Maxiforja Componentes Automotivos Ltda. A empresa começou sua trajetória há mais de 50 anos, com uma pequena fábrica de materiais elétricos, contando com apenas três colaboradores em uma área construída de 550 m² no Sul do Brasil. Com sede em Canoas (RS), hoje é uma das maiores forjarias do Brasil. Excelência e sustentabilidade são chaves para o sucesso da empresa, além de trazer ao cliente uma solução rápida e adequada. Fornecedora de componentes e sistemas para motores, transmissões e eixos, como anéis, braços, flanges e yokes, a Maxiforja foi premiada especialmente pelo excelente trabalho desenvolvido, superando as expectativas com comprometimento, qualidade e agilidade.

7º Prêmio de Responsabilidade Ambiental

Durante o evento de ontem, também foram anunciados os vencedores do 7º Prêmio Mercedes-Benz de Responsabilidade Ambiental. Essa iniciativa visa reconhecer as boas práticas ambientais dos fornecedores em seus processos industriais e instalações. Os trabalhos inscritos foram submetidos à avaliação de uma comissão julgadora formada por membros da Mercedes-Benz e das universidades UFABC e FEI.

A premiação concedida a Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S.A. destacou o “Projeto Junto e Misturados – Baia de Mistura”. A lama fina do processo de limpeza do gás de aciarias, com características inadequadas para uso, era disposta em aterro industrial. O projeto revisou práticas operacionais, adequou e adaptou equipamentos já existentes, o que viabilizou a reciclagem desta lama em substituição ao uso de minério e antracito na sinterização. Com economia anual de R$ 3,4 milhões, o investimento de R$ 782 mil teve retorno em 2,8 meses. Houve também ganho ambiental, com redução da disposição em aterro industrial de 6.000 t/mês. Isso representa 60% de toda a geração de lama fina na usina. Outros benefícios ambientais: preservação de recursos naturais, menor demanda de minério e antracito, mitigação da emissão de GEE decorrente da matéria-prima não utilizada e da redução do transporte. Em termos de ganho social, houve redução de 550 viagens/mês de caminhões em vias públicas, para transporte da lama ao aterro, diminuindo impactos no trânsito e na emissão de GEE. O número de viagens destes caminhões foi reduzido em cerca de 60%.

Por sua vez, a ZF do Brasil Ltda. também é uma das ganhadoras do ano com o projeto “Otimização do consumo de óleos protetivos e redução de geração de resíduos”. A ação buscou reduzir a geração de resíduos oleosos, promover o uso de produtos menos voláteis e desenvolver o processo de reuso, minimizando os riscos ambientais. A nova maneira de realizar a proteção anticorrosiva nos componentes metálicos do conjunto embreagem passou a ser feita por meio da aplicação de óleos protetivos. A planta da ZF de São Bernardo do Campo (SP) foi capaz de reduzir de maneira significativa a geração de resíduos oleosos através da eliminação dos pontos de consumo, desenvolvimento do novo produto e definição do processo robusto para reuso. Como principal resultado, a empresa reduziu em 83% a geração de resíduos, em 70% o consumo de óleos protetivos e mitigou o manuseio de produtos com alta evaporação. Também houve redução de 47% dos pontos de consumo do produto, diminuindo o manuseio de produtos químicos e o risco de contaminação do solo e da atmosfera, resultando num gerenciamento mais efetivo dos processos.

O terceiro ganhador do ano é a Companhia Siderúrgica Nacional S.A., reconhecida pelo projeto “Aproveitamento da energia cinética dos gases gerados no alto forno #3 para geração de energia elétrica”. A iniciativa teve como objetivo aproveitar a energia cinética dos gases gerados no alto forno #3 da Usina Presidente Vargas – UPV, de Volta Redonda (RJ), a fim de gerar 20 MWh de energia elétrica, diversificando assim a matriz energética da empresa em busca da autossuficiência e, consequentemente, disponibilizando energia elétrica para o sistema elétrico brasileiro. A recuperação de energia nos principais equipamentos que compõem uma planta siderúrgica tem se tornado importante foco de investimentos ao longo das últimas décadas. Na área de Altos Fornos, os investimentos em projetos sustentáveis para recuperação não só da energia térmica, mas também da recuperação cinética, se tornam cada vez mais atrativos. Até agosto de 2016 (data da inscrição desse case no Prêmio de Responsabilidade Ambiental), a turbina operava de forma normal e contínua, gerando uma produção média de 18 MW de energia.

 

Compartilhar

Deixe um comentário