Vendas do Actros crescem 35% no primeiro quadrimestre

0

354 caminhões foram emplacados no mercado brasileiro de janeiro a abril

 

O caminhão extrapesado Mercedes-Benz Actros, desenvolvido e produzido no Brasil de acordo com as características e a realidade do transporte brasileiro, conquista cada vez mais a aprovação dos clientes. Considerando o volume acumulado no primeiro quadrimestre de 2017, foram emplacadas 354 unidades no País, sendo 269 unidades de modelos rodoviários (Actros 2651 6×4, 2646 6×4 e 2546 6×2) e 85 do Actros 4844 8×4 off-road.

“Esse volume de vendas é 35% maior em relação ao acumulado de janeiro a abril do ano passado”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “O Actros vem ganhando preferência em várias atividades, como no transporte de grãos em todas as regiões produtoras do País, bem como para cargas frigorificadas, combustíveis, produtos químicos, cegonheiro e porta-container”.

Com 142 unidades emplacadas, o top de linha Actros 2651 foi o modelo mais vendido no quadrimestre para aplicações rodoviárias e mix road (diversos tipos de estrada na mesma operação, tanto asfaltadas, quanto de terra ou outro pavimento, situações típicas das atividades do agronegócio). No segmento off-road, foram emplacadas 85 unidades do Actros 4844 8×4 para mineração.

De acordo com o executivo, o bom desempenho de vendas do Actros traz reflexos positivos para a participação da marca no segmento de caminhões extrapesados. “No primeiro quadrimestre, com o emplacamento de 1.343 unidades, nosso market share chegou a 26,1%, apenas 0,5% menor em relação ao primeiro colocado”, ressalta Leoncini. “Considerando o mercado total de caminhões no Brasil, a Mercedes-Benz segue na liderança, com 3.618 unidades emplacadas entre janeiro e abril. Isso significa 29,8% de participação, cerca de 4% a mais sobre o segundo colocado”.

Compartilhar

Deixe um comentário