MULHERES: O lado humano do transporte

0

A empresária Sarah Bossardi Zanette, da Letsara Transportes, diz que a presença feminina incentiva o contato das pessoas umas com as outras 

Humanização. Essa é a principal característica que as mulheres trazem para o transporte rodoviário de carga, na opinião da empresária Sarah Bossardi Zanette, diretora financeira e de marketing da Letsara Transportes, com sede em Ijuí (RS). “Nas empresas, geralmente as pessoas não têm aquele contato umas com as outras. Queremos trazer esse lado humano”, afirma. 

Formada em design e cursando administração, ela passou a dedicar-se integralmente à empresa em 2014. “Estou na área financeira, mas faço um pouco de tudo, para conhecer cada área da empresa”, conta. No ano que vem, ela deve se mudar para adquirir experiência na área comercial da transportadora, que fica em São Paulo. 

Segundo Sarah, as mulheres estão ganhando cada vez mais espaço no TRC e, pelo menos em sua empresa, não sofrem nenhum tipo de discriminação. “Temos muitas mulheres atuando em áreas importantes. Para alguns setores, preferimos mulheres, pois seu trabalho tem mais qualidade e agilidade.” 

O nome Letsara veio da fusão de Letícia e Sarah, filhas de Glademir Zanette, que fundou a empresa em 1988. Questionada sobre como é administrar a empresa junto com o pai, que é de uma geração mais antiga, ela não vê dificuldades. “Temos visões distintas, mas que no final casam muito bem”, afirma. 

Segundo Sarah, o pai é uma pessoa que não teme mudanças. “É muito acessível e disposto a ouvir ideias. Às vezes ocorrem desentendimentos, mas sempre resolvemos tudo juntos. Tenho um grande professor ao meu lado”, declara. 

A empresária se diz otimista em relação à economia. “Acreditamos muito no Brasil, temos uma equipe jovem e comprometida com a empresa.” Para ela, 2018, quando a Letsara completará 30 anos, será o ano da retomada. “O País voltará a crescer fortemente e queremos aproveitar essa onda”, afirma. 

Glademir Zanette, o pai de Sarah, diz que a entrada das mulheres no setor é muito bem-vinda. “As mulheres trazem preparo ao entrar em atividades como a nossa, a logística e outras das quais elas eram ausentes. É natural que alcancem cargos elevados.”  

Ele conta que a empresa está ampliando a frota, que é quase toda Scania. Acaba de comprar 30 caminhões Scania e 50 semirreboques siders da Facchini e rodotrens da Randon. 

A Letsara atua no Centro-Sul, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai com 70% de frota própria. A empresa procura renovar e ampliar a frota anualmente por meio de Finame e consórcios. Com 350 funcionários, atua nas áreas automobilística, química e de alimentos.

QUEEN

A empresária Sarah Bossardi Zanette foi uma das mulheres que participaram em janeiro do evento Queen of the Road, promovido pela Scania. Na oportunidade, ela concedeu uma entrevista para a Carga Pesada. Veja no vídeo abaixo:.

Esta reportagem faz parte da nova edição da Revista Carga Pesada. Clique aqui para ver a versão digital.

Compartilhar

Deixe um comentário