MAN deixa de produzir Titan Tractor

0

Fenômeno de vendas, que consagrou o slogan “Menos você não quer, mais você não precisa” ficará exposto na fábrica de Resende

Esta semana, saiu da linha de produção da MAN Latin America, em Resende (RJ), o último caminhão Volkswagen 18.310 Titan Tractor, modelo que consagrou o slogan da montadora “Menos você não quer, mais você não precisa” e ajudou a montadora a chegar à liderança em vendas no segmento, mantida até hoje. O veículo encerra agora sua história de 15 anos de sucessos com mais de 15 mil unidades vendidas, volume expressivo para um segmento de nicho, mas deixa substitutos à altura.

Lançado em 2002, o VW 18.310 4×2 inaugurou um novo nicho de mercado: o de cavalo-mecânico com capacidade de tracionar 28 toneladas de carga líquida e potência de até 350 cavalos. Com 310 cv num motor Cummins de seis cilindros e atributos de conforto como ar-condicionado e suspensão pneumática de série, o veículo se tornou um verdadeiro fenômeno de vendas.

“Não existiam caminhões com esse perfil. Ou eram menores ou muito maiores. Lançamos a solução intermediária, seguindo nosso slogan e cultura sob medida, que logo foi seguido pela concorrência”, explica Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America. A estratégia deu certo. “Desde 2002 nos mantemos na liderança do segmento. Hoje, temos mais de 40% de market share”.

O produto foi comercializado no Brasil por apenas quatro anos, mas seu legado foi enorme. Entre 2002 e 2005, a MAN Latin America chegou a atingir picos de 56% de market share no então novo segmento, composto por veículos na configuração 4×2 até 350 cavalos de potência. Para alguns mercados internacionais, o modelo seguia disponível até essa última unidade. Ao longo de sua história, seus principais destinos foram a Nigéria, a Argentina, a Venezuela, o Chile e a Colômbia.

O último Titan com essa configuração entra para a história da empresa num reconhecimento à relevância que trouxe à marca Volkswagen. O modelo vai ficar em exposição na fábrica da montadora, lado a lado com outros grandes marcos da trajetória da montadora: o primeiro caminhão Volkswagen, de 1981, e a unidade de estreia da linha Constellation, de 2006.

 

“Personagem” na TV

O Titan marcou época. Afinal, quem não se lembra das aventuras de Pedro e Bino, na série Carga Pesada da TV Globo? A bordo do modelo, os atores Antonio Fagundes e Stênio Garcia rodavam o país, assim como muitos caminhoneiros da vida real que venceram os desafios das estradas com o Titan.

Marco Antônio Samuel de Lima, montador multifuncional da Continental, participou da montagem do último VW 18.310 Titan Trator e é um fã do modelo. “Dá um orgulho enorme ver o fruto de nosso trabalho tão reconhecido pelo mercado. E tem ainda mais valor por saber que não paramos ali. Tenho a mesma idade da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus e, trabalhando na cabine, vejo como os veículos evoluíram ainda mais em conforto, segurança e produtividade”, argumenta.

Hoje, no portfólio Euro 5 da montadora, a opção para quem busca um cavalo-mecânico de entrada é o VW Constellation 19.330 Titan. Para mercados internacionais com legislação ambiental anterior, o sucessor é o VW Constellation 19.320. Ambos contam com o histórico de êxitos do primeiro Titan para conquistar clientes de mais de 30 países da América Latina e África.

Compartilhar

Deixe um comentário