Kiko Bonesi e a carreta com quarto eixo na Revista Carga Pesada Digital

2

Animação na capa mostra diferenças de capacidade de carga entre a configuração tradicional e com quarto eixo. Veja também vídeos da visita que o caminhoneiro Kiko Bonesi fez à fábrica da Volvo.

A edição pode ser baixada na App Store ou na Google Play.

Para ler no computador, é só clicar aqui.

Compartilhar

2 Comentários

  1. JORGE ANTONIO BARNABE em..

    AGORA SIM QUE AS ESTRADAS VÃO SE ACABAR VAMOS ANDAR NA TERRA , A SOLUÇÃO E AUMENTAR O FRETE E NÃO O PESO .
    PRESIDENTE : DARA SCHULTZ TRANSPORTES

  2. Marcos Oliveira - Guerreiro Transportes em..

    Embora tenhamos alguns erros e/ou falhas da engenharia (visto os motores aplicados no modelo 25.370 VW), ainda dependemos (em muito) destes honrados profissionais da engenharia, no que tange a criação e aperfeiçoamento de novas máquinas. esses arranjos para aplicação do super rodotrem, truketa, e o quarto eixo em carretas LS são tão deficientes quanto a instalação de bitruck em caminhões mais antigos. O super rodotrem projetado tem tudo pra ser bom, mas os adaptados tem tudo pra dar errado, pois, assim como os bitruck´s adaptados, não se leva em consideração a engenharia original, comprometendo substancialmente todo o sistema de chassi, suspensão, freios… além da segurança dos demais usuários da via (pedestres e motoristas). tanto o desgaste dos componentes do veículo quanto o desgaste do pavimento, ao final das contas, não vale a pena pra ninguem. o reparador que se preza ou tenha responsabilidade, não se envolve com essas adaptações, e as autoridades fiscalizadoras deveriam agir com mais rigor, coibindo estes arranjos, com a aplicação da lei. é necessário respeitar a engenharia, e ainda mais aqueles que seguem a lei.

Deixe um comentário