Caixa do Iveco Tector tem recursos exclusivos 

0

Transmissão Auto-Shift com 10 velocidades foi desenvolvida em conjunto com a Eaton e FPT para proporcionar mais conforto e economia    

Quem chega depois pode aproveitar a experiência dos outros e… melhorá-la! É o que a Iveco acredita estar fazendo, ao completar 20 anos de presença no Brasil. Sua linha de caminhões semipesados Tector acaba de ganhar três versões equipadas com a caixa Auto-Shift, que está disponível para os modelos com motor de 300 cv e 1.050 Nm de torque: 170E30 4×2, 240E30 6×2 e 310E30 8×2 com peso bruto total (PBT) de 30 toneladas.

O desenvolvimento a seis mãos envolveu engenheiros da fábrica da montadora de Sete Lagoas (MG), da fabricante de motores FPT, que, como a Iveco, pertence à CNH Industrial, e a Eaton, de Valinhos (SP). E resultou em recursos exclusivos como, por exemplo, o modo power auto, que é habilitado quando o motorista aciona o botão lateral da alavanca por três segundos, mudando o tempo das trocas para chegar logo a 2.500 rpm.

Após um minuto, a função se desabilita automaticamente, retornando ao modo econômico de mudança de marchas. É um recurso útil para quando o caminhão sai de um posto de abastecimento, por exemplo, e precisa de respostas rápidas para se integrar ao trânsito de uma rodovia. “A utilização da transmissão automatizada é uma tendência que começou no segmento de pesados e ganha força, cada vez mais, nos semipesados”, afirma Marco Borba, vice- -presidente da IVECO para a América Latina.

Os semipesados representam 27% do mercado brasileiro de caminhões. Em 2016, os veículos comerciais com câmbio automatizado somaram 20% do total dos segmentos 6×2 e 8×2. O desafio da engenharia foi superar as boas razões para o crescimento da utilização das caixas automatizadas, que tem a ver com o aumento do conforto do motorista e o fim dos erros nas trocas causadores do aumento do consumo de combustível e do desgaste prematuro de materiais.

O pedal do acelerador otimizado é outra exclusividade que permite ao motorista encontrar facilmente a melhor zona de torque do motor e fazer uma condução econômica. É um recurso útil especialmente em subidas. Já numa condição de descida suave, sem o uso de freios, o modo down hill permite que o veículo engrene a 10ª marcha automaticamente, mesmo que o motorista não pressione o pedal do acelerador. Isso proporciona segurança e também reduz o consumo de combustível.

O Tector opera tanto em entregas comerciais quanto em operações fora de estrada

Ainda na descida leve ou em trecho plano, quando o veículo estiver diminuindo a velocidade e reduzindo as marchas, ao chegar na 5ª marcha, o modo auto coast aciona a embreagem, deixando o veículo seguir de forma segura e confortável para transpor um obstáculo como um quebra-molas. Ao retomar a velocidade, a marcha correta será acionada pela caixa, sem prejuízos para a performance. Ricardo Barion, diretor de Marketing da IVECO para a América Latina, destaca que os novos modelos Auto-Shift, com câmbio automatizado e motor FPT N67, “dão conta das mais diversas atividades, de entregas comerciais menores até operações fora de estrada, e atendem os clientes que costumam passar muito tempo no caminhão. Dependendo da aplicação, um motorista chega a fazer de 400 a 800 trocas de marchas por dia”.

Segundo ele, as características exclusivas da nova transmissão nivelam por cima a performance dos motoristas. “Temos certeza de que essa vantagem será rapidamente reconhecida pelo mercado”. O conjunto foi preparado para aproveitar ao máximo o desempenho do motor, graças a uma transmissão de 10 marchas que possui ainda uma “super reduzida” para arrancar em situações adversas, mesmo com o caminhão carregado.

A nova caixa de 10 velocidades dispõe de 12 funções, sendo quatro exclusiva do Tector

Com tudo isso, a Iveco promete uma redução média de 5% no gasto com diesel e Arla 32 e a redução dos custos de manutenção devido ao funcionamento mais racional do câmbio, que usa embreagem cerâ- mica com vida útil duas vezes maior do que a orgânica tradicional da caixa manual.

O conforto (e a produtividade) do motorista também aumenta substancialmente nas manobras, no anda-e-para do trânsito e nas partidas em ladeiras. Ruídos e vibrações a bordo foram reduzidos com a calibragem do motor para fornecer mais torque com giro mais baixo.

NOVA CONCESSIONÁRIA – Fica em Regente Feijó, perto de Presidente Prudente, no sudoeste de São Paulo, a quinta concessionária Iveco do Grupo Mercalf. A empresa já possui revendas em Sumaré, Bauru, Jundiaí e Piracicaba. A loja tem 8 mil m² e uma equipe de 30 profissionais treinados pela Iveco. Atualmente a Iveco conta com uma rede de 67 concessionárias e pontos de atendimento no Brasil.

A nova concessionária oferece a linha de peças NEXPRO, que foi lançada com o objetivo de manter a marca presente durante todo o ciclo de vida do caminhão, não só na garantia, como também no pós-garantia. A linha tem itens de prevenção, manutenção e desgaste para todos os equipamentos fora de garantia da Iveco.

Compartilhar

Deixe um comentário