Fenatran 2017: Accelo ganha cabine estendida

0

Com a missão de suceder o consagrado Mercedinho, o Accelo 815 surgiu com ares de modernidade e cheio de tecnologia, mas deixava a desejar no espaço da cabine. Esta é uma das novidades da linha de leves e médios da Mercedes-Benz: a cabine foi estendida e ganhou mais 180 mm nos modelos 815, 1016 e 1316, aumentando o conforto para motorista e acompanhantes. Os bancos ganharam mais 13 graus para reclinar e 25 mm de deslocamento para trás.

No Brasil, 10% dos médios são usados na longa distância: no Nordeste, os caminhões que transportam frutas chegam a rodar dois mil quilômetros. Por isso, a engenharia da Mercedes-Benz projetou opcionais nos chassis, nos entre-eixos mais longos, para abrigar dois tanques de 150 litros de combustível, que dão a maior autonomia do segmento, e um tanque de Arla para 25 litros.

Com funções Eco e Power, a Mercedes passa a oferecer câmbio automatizado de seis marchas também para a linha Accelo. É outra novidade que estará disponível a partir de março. Estes câmbios combinam força na partida em rampa e altas velocidades operacionais. Oferecidos como opcionais, devem acrescer R$ 5 mil ao preço do caminhão com câmbio manual.

O sistema auxiliar de partida em rampa (HSA), com sensor de inclinação da pista e controle de tração das rodas (ASR), proporciona conforto, segurança e economia. 

Compartilhar

Deixe um comentário