Fenatran 2017: novo piloto automático do Actros aproveita inércia

0

Na outra ponta da linha, o Actros ganha atributos para turbinar sua participação no disputado segmento dos extrapesados: nova grade frontal, painel de instrumentos com mais funções, atualização da inteligência do câmbio Mercedes Power Shift e piloto automático com recursos que também se estendem aos modelos Axor e Atego e podem proporcionar economia de combustível de até 1%, resultado expressivo quando se fala de longas distâncias.

O piloto automático foi configurado para economizar combustível, isto é, o sistema reconhece a carga e a inclinação da pista, por meio de sensores, e ajusta a demanda de torque e potência do motor. Em um declive, por exemplo, o sistema aproveita a inércia para atingir a velocidade desejada.

O painel de instrumentos ganha funções indicando pressão de turbina, tempo e consumo em marcha lenta, contagem de tempo em cada faixa de rotação, consumo em litros e alerta de velocidade, recursos que estarão também nos novos Axor.

Na linha de caminhões Axor, tanto rodoviária quanto fora de estrada, outra novidade é a introdução de um túnel do motor mais baixo. O túnel passa a ter cerca de 200 mm de altura, o menor de sua categoria, proporcionando mais espaço. No caso da cabine leito com teto alto, a diminuição do túnel resulta numa altura interna livre sobre ele de 1,78 m.

Mais baixo, o túnel do motor aumentou o espaço na cabine

No quesito segurança, tanto os Axor quanto a linha Atego ganharam os sistemas HSA (Hill Start Aid), que auxilia o motorista nas partidas em rampa; o EBD (Electronic Brake Force Distribution), que distribui a força de frenagem; e o ASR (Anti Slip-Regulation), que controla a tração das rodas, evitando que patinem.

Atendendo solicitações de clientes e dos motoristas, os Axor rodoviários e os fora de estrada passam a contar com as chamadas “chineleiras” para guarda de calçados. Trata-se de uma cobertura de degrau na região das portas, que, além de mais segurança, oferece mais conforto e evita sujeira na cabine.

Agora o Axor tem “chineleiras” para guardar calçados e evitar sujeira

Um climatizador mais compacto e mais leve, mas com mais água, em cima da cabine, assegura melhor aerodinâmica ao caminhão. Além de faixas laterais e iluminação da quinta roda, os Axor ganham novas opções de cores, como ocorreu com os demais modelos da marca.

Compartilhar

Deixe um comentário