Novo modelo operacional deixa posto de polícia rodoviária fechado em São Paulo

1

Em São Paulo, equipes estão autorizadas a fechar base para percorrer as rodovias

De passagem pela SP 333, a reportagem da Revista Carga Pesada percebeu que o posto da Polícia Rodoviária de São Paulo, na divisa com o Paraná, estava fechado. Questionada a respeito do fato, a assessoria do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária informou ter implantado um novo modelo de operação.

Neste novo modelo, segundo  órgão, a equipe policial desenvolve suas atividades na base operacional e também ao longo das rodovias, em pontos estrategicamente determinados a partir de planejamento operacional fundamentado nas estatísticas de trânsito e análise de dados criminais.

“O objetivo desse novo modelo de operação é aumentar a presença ostensiva e as ações de policiamento e fiscalização de trânsito ao longo das estradas, em permanente esforço de modernização para enfrentar os desafios que se apresentam no espaço viário, potencializando a eficiência do serviço de segurança pública prestado pela Polícia Militar aos usuários rodovias e população das cidades circunvizinhas”, diz nota enviada pela assessoria à Carga Pesada.

A Polícia enfatiza que não desativará o posto. Durante o período em que a equipe de serviço estiver atuando ao longo das rodovias, as instalações da base operacional são monitoradas e o atendimento ao público mantido “por meio de contato telefônico disponível no local ou do telefone de emergência 190”.

Compartilhar

1 comentário

Deixe um comentário