Accelo 815 vem para ser o novo Mercedinho

Mais forte e econômico, ele promete melhor performance que seu predecessor

Mais forte e econômico, ele promete melhor performance que seu predecessor

Mercedes-benz Accelo 815

 

O novo Accelo 815, apresentado pela Mercedes-Benz na última Fenatran, chega ao mercado com um grande desafio: substituir o campeão de vendas 710, o famoso Mercedinho, reconhecido pela mecânica simples e resistente, economia de combustível e excelente valor de revenda.

Para ocupar este espaço, o Accelo conta com armas como esta: com 8.300 kg de peso bruto total, oferece mais 1.600 kg que o 710, e marca a entrada da Mercedes-Benz na faixa de 8 toneladas de PBT.

Como toda a linha de caminhões Mercedes-Benz 2012, os modelos Accelo trazem motores mais potentes, econômicos e ecológicos e com a tecnologia BlueTec 5 para atendimento ao Proconve P-7.

Tanto o Accelo 815 quanto o 1016 são equipados com o motor eletrônico OM 924 LA de quatro cilindros e 156 cv, até 6% mais econômico e com maiores intervalos de troca de óleo. O elevado torque (580 Nm no Accelo 815 e 610 Nm no Accelo 1016) assegura acelerações mais rápidas, melhores retomadas e maior velocidade média.

Esses motores elevaram o preço dos caminhões. Mas, para não perder o espaço conquistado pelo 710, a Mercedes-Benz promete aumentar o preço em 8%, enquanto a média anunciada para os leves chega a 15%. Se esse aumento incidir sobre o valor atual do 710, em torno de R$ 98 mil, basta fazer as contas. Já o modelo atual do Accelo 915, com motor Euro 3, está na faixa de R$ 117 mil.

Os grandes concorrentes do novo Mercedinho serão os Volkswagen 8-160 (sucessor do 8-150 equipado com motor Euro 3) e o Carguinho 815 da Ford. O Accelo 1016 não tem concorrente direto.

MANUTENÇÃO – Logo depois da Fenatran, a Mercedes-Benz realizou um evento para destacar os pontos fortes do Accelo em um cenário que tem tudo a ver com o segmento de leves e o transporte urbano, sua principal aplicação: o Mercadão de São Paulo, um dos principais entrepostos de abastecimento e ponto turístico da capital paulista.

Entre frutas, verduras, peixes e uma variedade de alimentos importados, convidamos um caminhoneiro para conhecer o novo Mercedinho. Daniel Barbosa trabalha no transporte de peixes, gostou do que viu no novo caminhão, mas demonstrou preocupação com o custo de manutenção. Ele já dirige um Accelo 915: “Bom mesmo é quando a gente acha peça para o caminhão em qualquer lugar. No caso do Accelo, ainda dependemos muito da rede autorizada”, comentou.

 

Ele não conhecia o novo sistema dos motores Proconve P-7, que vão precisar de um novo combustível. Recebeu uma explicação detalhada sobre seu funcionamento dos engenheiros da Mercedes-Benz. Como trafega mais dentro de São Paulo, não deverá ter problemas em abastecer com o diesel mais puro, o S50.

PIONEIRO – Os novos Accelo chegam com três opções de entre-eixos, entre elas a de 3,1 m, que o configura como VUC (Veículo Urbano de Carga) na cidade de São Paulo. “Tanto o Accelo 815, novo ‘Mercedinho’, quanto o 1016, têm a versão VUC, permitindo a utilização da maior carroceria dessa categoria, de 4,5 m de comprimento”, informa Tânia Silvestri, diretora de Vendas e Marketing de Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil.

O Accelo 1016 permite a instalação de um terceiro eixo, por empresas implementadoras, ampliando a capacidade de carga para 13.000 kg de PBT, quando equipado com a caixa de câmbio de seis marchas, e possibilitando o uso de carrocerias de até 8 m de comprimento.

A linha Accelo dá continuidade a uma trajetória de 40 anos dos caminhões leves Mercedes-Benz no Brasil. Do pioneiro 608 D, de 1972, ao atual e consagrado 710, são mais de 185 mil unidades vendidas no País.

Share

Leia também:

Voltar      |      Sumário da Edição


subscreva os comentários RSS

Comentários encerrados

  1. Fui carreteiro por quatro anos(sonho de crianca que quase virou em pesadelo). trabalhei como louco e nao via futura, cheguei a tomar rebite para virar a noite(aproveitar a fresca da belem brasilia, quando ia para serra do navio. depois comecei ir para o nordeste, outra merda. Em 4 anos vi 5 morrerem na bala fora os acidentes.Falta de respeito nas portarias de empresas, estorquido por PRF principalmente Via Dutra, condicoes inadequadas em postos de gasolina( roubo de diesel, estepe, ferramentas, ter que pagar para cagar em um banheiro imundo, etc…).Por duas vezes minha esposa esteve junto, uma para o nordeste e outra para a serra do navio. PAREI PORQUE NAO DAVA MAIS, gosto de mais da profissao mas AMO MAIS MINHA ESPOSA E MEUS FILHOS.VERDADEIROS HEROIS  BRASILEIROS NAO SAO OS BOMBEIROS E SIM OS CAMINHONEIROS

  2. sergio disse:

    O que Pedro Paulo colocou nessa reportagem e valida, nesse caso os motoristas não ficariam ociosos por  ficarem tanto tempo parados, poderia ate melhorar mais um  pouco das 6 hrs da manhã até as 9 hrs da noite, sendo que em 2006, trabalhamos 4 meses trasportando soja de Boa vista – Roraima para o porto do Caribe na Venezuela, um  trajeto de 1700 kilometros,  e la caminhoes não rodovam a noite somente durante o dia, tambem domingos e feriados, tinhamos que ficar parados para nao  congestionar o transito.O frete é o  mesmo pago aqui no Brasil por Kilometros rodados, só tinha uma diferença,  que para abastecer 1000 litros, não ta errado não,  mil litros, custava  48 reais, e ainda rodava em rodovias duplicadas e triplicadas, o custo maior da viagem eram os pedagios, mas nada mais do que pagamos aqui no Brasil.Fica então para que o governo possa analizar a diferença para que caminhoneiros e empregados possa trabalhar justamente e financeiramente e mais valorizados.

  3. joao marcos disse:

    nada disso meu amigo claro que tem que comprar carteira! vc ganhou a sua de graca seu bobo?  

  4. E o  autonomo como fica? O guarda me disse que ia comunicar meu chefe ai eu mostrei para ele que :Sou o proprietário do veiculo e com antt no meu nome.Eu que dirijo.E só tenho este caminhão.Sou o autentico TAC.E ai como fica?

  5. Tenho um caminhão 3/4, e neste mês de novembro estou comprando um vw 25.370, 2008 cavalinho, mais estou de olho no caminhão sinotruk, para minha próxima aquisição, baseado nas informações de preço tecnologia e equipamentos que o caminhão possui.Vou buscar estar sempre informado sobre a evolução do caminhão no mercado e tenho certeza que o caminhão tem um custo beneficio excelente, só preciso saber mais sobre a desvalorização do investimento.  Se possível me mande no email  mais informações sobre o caminhão 6×2.

  6. canuto disse:

    quem tem dinheiro tem credito, mesmo que seja um caloteiro, que vai comprar e não vai pagar nenhuma prestação!autônomo não tem vez, não tem apoio, só tem esperança que vai melhorar, que vai conseguir, e morre trabalhando e tentando.e interessante, no papel o pro-camioneiro e perfeito, na pratica e como cabeça de bacalhau,  sabe que existe mais ninguém ver….+1 projeto do governo que nunca chega onde deveria chegar.

  7. MENDES disse:

    EN  FIM,   CAMINHAO  NENHUM VAI TER COMO  VIAJAR   INTAO?

  8. Além dos desorganizados e gananciosos empresários, (tem um caminhão e pensam que tem três), estão os viciados em drogas, que usam como desculpa a excessiva carga horária para se doparem.As transportadoras deveriam ser obrigadas a custear o tratamento dos atuais motoristas dependentes, porque foram elas as responsáveis pela maioria dos casos que aí estão. Enquanto isso… Vamos continuar contabilizando os inválidos e as centenas de inocentes mortos todos os dias em nossas rodovias. Parabéns Sr. procurador!!!

  9. Ademir disse:

     Aplicao leis sem dar apoio ao caminhonéiro  e sem infraestrutura,  essas pessoas  não pensão no conforto do trabalhado e sim  em proibir ,quero ver onde vão comportar esses caminhões nas estradas na hora de descanso . (  ditadores )

  10. Esta lei é igual a lei seca não vai pegar,só vai gerar corrupção na estrada muitas empresa e autônomo esta trocando o tacógrafo pelo diário para trocar o disco  burlar a lei  ,o Pedro eta certo devia rodar somente em um determinado horário ai sim quem sabe as coisas mudam o pessoal dos correios os verdureiros os frigorificos e tantas outras cargas deveria ser proibido fazer horarios,mas cade o politico de peito para mudar isto.

  11. sergio disse:

    A lei e ate bem elaborada, mas quem ficara encarregado da fiscalização sistemica, aja visto que esta tudo como antes com os colegas trabalhando em regime exustivo ainda.

  12. SOU CARRETEIRO,A 28 ANOS,SEMPRE TIVEMOS LUGAR PARA PARAR,PORQUE SO AGORA QUE UM FILHO DE DEUS LEMBROU DE NOIS SOFREDORES,QUEREM INVENTAR QUE NA TEM LUGAR PARA PARAR.SOLICITO,QUE NAO ABRAM AS PERNAS,E QUE A FISCALISAÇAO VENHA LOGO,PARA PARAR ESSA PALHASSADA DOS AUTONOMOS,POIS E SO ELES QUE NAO QUEREM.INCLUSIVE OS SEGONHEIROS,QUE FASEM DE SEUS MOTORISTAS,VERDADEIROS ESCRAVOS.”QUE VENHA LOGO ESTA FISCALISAÇAO PARABENS”OBRIGADO

  13. Paulo Cezar disse:

    Vocês deveriam pesquisar as indústrias que contratam as empresas. Elas não querem saber do assunto e dizem que isso é um problema das empresas e ponto final. Quando as empresas dizem que para resolver o assunto precisam repassar os custos, eles “ameaçam” com cancelamentos de contrato, novas licitações, tem quem faz, etc…etc… Não adianta ficar fazendo reunião em escritórios em Brasília se o problema está em outro lugar. Todos sabem que é preciso aplicar a lei mas como ???? Perdendo os contratos de trabalho ???A aplicação da lei está travada num lugar fora do alcance das transportadores: as indústrias – os tomadores dos serviços.E agora NTC, na prática, que bem fizeram para seus associados ??? Vocês criaram uma bomba maior que a que existia …

  14. SO DESRGANIZADOS SAO CONTRA ESTA E PALAVRA CERTA ALEM DE INSUBORDINADOS.FISCALISAÇAO NELES.

  15. PARABENS PROCURADOR QUE DEUS TE ILUMINE -PARABENS DILMA QUE DEUS TE ILUMINE.

  16. Nivaldo disse:

    Isto tudo é conversa fiada,os trabalhadores em geral trabalha em media de 8 a 9 horas  por dia porque  os motoristas empregados e autônomos não faz o mesmo, é só valer a lei já vigente  o trabalhador começa a trabalhar, conta 8 a 9,caso ultrapassar estas horas trabalhadas multar as empresas que desobedece .Ex: O motorista chega em uma empresa os funcionários fazem o horários de seus turnos e vão embora porque os motorista tem ficar aguardando muitas vezes a troca de turno para descarregar também já cumpriu seu horário, não deveria ir embora como os demais.Sabe quando esta lei vai pegar estamos lidando com gente grande que esfola trabalhador querem que trabalhemos o máximo possível para lucrarem mais o motorista que se dane na estrada,somos trabalhadores iguais as demais categorias ou somos super homens que não se cansa.

  17. Ola tudo bem? Olha, rodar de 5:00 as 22:00 nao seria a resposta para o problema, pois durmir por 7 horas nao seria o suficiente para um bom descanso, veja bem, voce para, vai comer, tomar banho e entao vai dormir. Ate entao, voce ja perdeu pelo aomenos uma a duas horas e neste caso voce dormiria so 5 horas por dia.Outra problema, seria a falta de uso em determinado horario da noite e o uso demasiado em serto horario das pista, pois de 22:00 as 5:00 as rodovias estariam vazias e nos horarios de 5:00 as 22:000 teriamos o dobro ou triplo de caminhoes nas rodovias, acho eu que nao fucionaria muito bem!

  18. Quando falam que os empresários são contra, isso é uma grande inverdade, visto que, a maioria aprova sim essa lei, mas com algumas ressalvas, é muito tempo parado, tempo esse que causará grande ansiedade em motoristas, causando-lhe cansaço. A Lei é necessária, mas com alguns ajustes 

  19. O caso do pagamento eletronico, é a maior vergonha o sistema que aí está,em teoria, criaram isso para que o motorista abasteça onde lhe convém, mas não disseram para os motoristas, que esse custo quem vai pagar são eles mesmos, e aqui no Sul o oleo diesel é mais caro para quem queira pagar com cartão.

  20. Alguem poderia me dar uma solução, tenho em torno de R$8.000 por mês de contas a pagar em torno de 28 mêses corridos, ou seja com tamto tempo parado sera impossivel eu cobrir esta responsabilidades, com isto o meu nome ira para nos cadastros de inadiplencia que existe no nosso País, com isto as gerenciadoras de risco iram me proibir de trabalha, poderei contar com o MPT PARA QUE EU POSSA VOLTAR ATRABALHAR MESMO INADIPLENTE NO MERCADO, sou a favor a lei todo ser humano precisa de ser tratado como tal, mas 11 horas é muito tempo, nem governo federal, estadual, municipal esta se movimentando de algum aspecto para que a lei seja seguida a risca, lembrando dono de posto não é obrigado á fornecer seus espaço para estacionamento de caminhoes, não estou vendo lugar nenhum sendo construindo areas de descanso, todo lugar que vamos dentro de grandes e pequenas cidades a proibição de circulação ou estacionamento de caminhoes, é comum vermos empresas com grandes areas vagas e caminhoes tendo que aguarda na rua para carga e descarga(fazem da rua seus estacionamento) sera que eu não tenho um pouco de razão esta lei não teria que ser revista, e mas a diminuição da lei de estadias para empresa que não possuem estacionamentos prorios para carga e descarga com valores de por exemplo R$80 a 100 reais a hora parada  a parti da segunda hora ou a obrigação de construção de tal area de acordo com as suas nessecidades de logistica, a final vejo eu apenas a preocupação do governo federal com a diminuição de gastos em relação a transito gerado por acidentes ou até mesmo mais uma filial da grande industria de multas que existe no nosso País.

  21. joao disse:

    muitos picaretas que comprava 3.4 caminhoes e fornecia uma caixa de rebite para cada um rodar 24 horas hoje esta lutando para acabar com esta lei que todos nos que tem responsabilidades esperava a muitos anos obrig jgp

  22. e negosio e rodar das 5 as 22horas sen essa de intervalo demoro

  23. marcilio disse:

    fui socio do clube antigamente sua sede era no macedao em rio preto, estou muito feliz c/ sua volta PARABENS. ja sou memro de novo  FUI ……………………………

  24. Daniela disse:

    Dou meus Parabéns a esta senhora e este Procurador Paulo Douglas! Que falou e  foi ouvida pela pessoa certa, levando a diante a triste realidade dos caminhoneiros.Pois é muito difícil lidar com essa distância exagerada de dias, meses fora de casa sem poder desfrutar da companhia da familía que o bem maior que temos.É uma vergonha essas empresas que esquecem que seu Faturamento DEPENDE de tais profissionais, que se não estiverem Vivos e Saudáveis não servem.Impoem uma jornada Desumana, salários baixos , condições precárias de caminhões e equipamentos. Enquanto não entenderem que precisam INVESTIR NO CAPITAL HUMANO nada vai mudar, são empresários Ignorantes, leigos, que não entenderm que se investir no seu funcionário ele trabalha satisfeito e o retorno é certo.Quanto atitude desses motoristas que Protestam contra a Lei, é compreensivel mas Não Aceitavel pois fazem esses manifestos por medo de perderem o emprego não exergam além…não se veêm outro lugar para trabalhar, alguns por falta de estudo, outros por mera acomodação.Mas a verdade é que não da pra Viver assim! E é bom saber que isso está mudando pois com esa Lei em vigor, eu sei que vou ter meu marido em casa com mais frequência e saudável por que no final é isso que vai restar Saúde para continuar e a Familía, por que EMPRESAS, EMPRESÁRIOS GANANCIOSOS PASSAM, QUEBRAM e o que resta pra quem reprova essa Lei??? Perca da saúde fisíca e mental, as vezes da Vida e da Familía. LAMENTAVÉL….Daniela (Esposa de um Caminhoneiro) 

  25. olnda maria disse:

    Gostaria de estar opinando sobre esse assunto quanto ao descanso dos motoristas de cargas e passageiros. Eu sou uma motorista de veiculo pesado(carreta), portanto não concordo muito com essa lei de descanso, mas quero deixar bem claro uma coisa, mas também concordo com a lei. Tenho certeza que vocês não entenderam o que eu quis dizer: pois bem explicarei. Na minha opinião essa lei deveria vigorar dessa maneira: Um horário para que o motorista dirija e um horário para que ele descanse. Por exemplo: Nós motorista deveríamos ter um horário para sair de viagem a partir das 05:00 hs da manhã, claro que com parada para almoço, e logicamente já vai parar para abastecer o veiculo e mais algumas paradas para cafezinho, banheiro, reapertar cintas, e aí por diante, mas não obrigatoriamente que o motorista tenha que ficar parando. e obrigatoriamente parar para dormir no máximo 22:00hs, caso seja 20:00 hs e o próximo posto fica a 03:00 para frente de onde ele está então que pare um pouco mais cedo no posto anterior, aí sim eu acredito que a lei funcione, e o motorista não se cansa muito. Porque querendo ou não nós já paramos em intervalos alternados, e se o motorista tiver sono no meio do dia então que pare e durma um pouco assim como eu faço.Agora se o motorista não parar até as 22:00 hs aí sim deverá ser punido a não ser que ele tenha uma licença para andar naquele período noturno que não é possível viajar durante o dia, como por exemplo que transporta frangos e bois ou seja qualquer tipo de animal vivo. Espero ter contribuído com alguma coisa. Um abraço a todos

  26. Quando é que nossa legislação vai começar a exigir somente o freio a disco tanto para o cavalo mecânico quanto para o semi-reboque que é mais eficiente, seguro e ainda por cima de fácil manutenção, o custo é uma questão de popularização. Eu digo legislação no sentido que torne mais fácil a disseminação deste produto para os nossos caminhões fabricados no Brasil.Atenciosamente,Nelson 

  27. marcio disse:

    o mais dificil no nosso  pais e quando meia duzia de incompetentes querem mudar a rotina de uma classe. voces deveriam cuidar das rodovias primeiramente não ficar enventando leis crontra nos motoristas,nossas rodovias estao num estado deploravel vergonhoso para um pais que quer estar na lista de primeiro mundo.o que mais mata e a falta de segurança nas estradas. e ninguen fas absolutamente nada a respeito…………………..os jornais deveriam mostrar mais e uma vergonha.

  28. arthur disse:

    e o salario oh!kkkk

  29. legal,quero dizer que estou muito ancioso por mais noticias sobre o club amigos caminhoneiros quero esta sempre atualizado sobre o mundo do club,quero  mandar um abraço á todos os amigos do trecho.!

  30. DIEGO disse:

    É,A LEI ESTÁ AI,VAMOS VER SE VAI ENTRAR EM VIGOR, OU SE VAI CAIR NO ESQUECIMENTO!”PORQUE NÓS CARREGAMOS O BRASIL NAS CÓSTAS,E NÃO TEMOS VALOR.”OUTRA QUESTÃO É OS FINANCIAMENTOS ABERTO PELO GOVERNO PARA OS CAMINHONEIROS,VÇ VAI TENTAR TIRAR, E ELES PÉDEM ATÉ O NUMERO DO SEU SAPATO,NÃO ADIANTA LANSAR UMA LINHA DE CRÉDITO, SE VÇ NÃO CONSEGE TIRAR.É SÓ PARA FALAR QUE LANSOU.VAI AI MEU RECADO.(CARGA PESADA,FÁZ UMA REPORTAGEM SOBRE ESTA QUESTÃO DOS FINANCIAMENTOS,ENTREVISTA ALGUEM QUE CONSEGUIU PARA PASSAR O NOME DO SANTO QUE AJUDOU, PARA NÓS PEDIR O MILAGRE.)

  31. A volvo 520 tambem é muito confortavel, mas na realidade a scania é o bicho, ñ tem pra ninguem!

  32. jose disse:

    parabenizo as autoridade pela lei gostaria que ficsace salario  acabase com comissao ou premios como ensentivo a produçao  .

  33. sou caminhoneiro a 40 anos,e nao via a hora de uma lei como esta.so que nao vejo motivo para adiar,a fiscalisaçao,pois a palhassada continua,os patroes nao estao nem ai para lei,principalmente os segonheiros.trabalho em uma empresa,que estar maquiando os relatorio d bordo o motorista fica nas aduanas 2 ate 3 semanas e eles nao pagam horas paradas.a empresa chama-se cirlog,e fica em santo andre.quero parabenisar,o M.P.T. E CONFIO NO MESMO.OBRIGADO POR LUTAR PELOS VERDADEIROS PROFICIONAIS.

  34. bom dia amigos do Carga Pesada..gostei da matéria e pediria que acima de tudo isso que esta ocorrendo, as mudanças… dentro desta nova lei, fossemos informados. de o que o governo e sindicatos pretendem melhorar na remuneração desta da nossa classe.???Pois sinceramente os salários desta categoria esta defasado a algum tempo., tanto que as empresas estão ficando sem motorista.Pediria aos amigos que nos informassem o que poderá melhorar, pois com esta nova lei estou achando que a tendencia é piorar por parte de empresas que estão acostumadas a exploração desta classe.,,, tanto empresas de transportes de cargas quanto aos de transportes coletivos.Desde já agradeço a atenção de Vocês!!!

  35. muito bem . Eu gostaria que as autoridades olhasem para essa carga horaria do motorista e visse o estado de saude que os motoritas estão dirigindo pelas estradas. E quantas horas de trabalho estão fazendo  por dia. Porque que toda a classe trabalhadora do pais tem que fazer o8 horas diarias eo motorista tem que fazer 16 isso esta tudo errado . Veja senhores em que ponto chegamos e nem uma autoridade intervio sobre isso até agora  mas esperamos que com essa lei isso acabe com essa carga em escesso.

  36. concordo com o comentário do colega Pedro Paulo e acho que é a unica forma de funcionar essa lei e ficaria muito mais fácil de fiscalizar e mais dificil dos botas e fardas tomarem dinheiro, pois essa lei do jeito que está só serve para isso e até concordaria que o motorista profissional fivesse exames de urina de 3 em 3 meses pois o que está matando nossos companheiros é as drogas e não o trabalho.

  37. valdir lopes disse:

    boa tarde  a todos da visa cargo achei o masimo e sa ideinha para nois caminhoneiro para poder pegar nossa carga nao vamos precisar ficar batendo carroceria atras de frete vai ser otimo valdir

  38. lobato disse:

    concordo prennamente com as palavras do ademir

  39. silvar disse:

    infelizmente nenhuma policia tem interesse de fazer alguma coisa p melhorar esta situaçãose ouvesse interesse eles davam um jeito de colocar uma equipe de investigação neste trecho p desbaratar esta quadrilhaemquanto o interesse for so por bons salarios e pouca coisa p fazer (porque aplicar multas e fazer greve e ganhar o que eles ganham tem muita gente que quer)no momento que eles tiverem que correr atraz de bandido ai fica assim a federal diz que é c a estadual e a estadual diz que é c a federal

  40. silvar disse:

    so tenho uma perguntaqual sera o custo p o comprador do veiculo na hora de licencia-lo 

  41. NETO disse:

    Informo que nao é so em minas,em Recife tambem pois o meu funcionario foi assaltado no sabado 17/11/2012 no posto de gasolina,robaram tudo dele ate o documento do veiculo, so nao levaram o meu veiculo GRAÇAS A DEUS  mas agora o noss o motorista nao pode seguir viagen nao tem nenhum doc.Olha e p cabar mesmo,nao temos mais segurança em lugar nenhum governo acorda como vcs querem que o pais cresça .

  42. Nivaldo disse:

    Sabe qual vai ser o retorno que vão dar a revista” Estamos investigando e intensificamos o patrulhamento na região” é sempre a mesma resposta , acabar de vez com esta bandidagem fica difícil deviam pegar os receptadores ,alguém esta comprando. Cade a receita federal para fiscalizar em conjunto com a policia as empresas interessadas neste tipo de produto? Será que é tão complicado assim investigar?

  43. oRA VEJAM SÓ, UMA CARGA DE VISIBILIDADE E COM POUCOS COMPRADORES, SE A POLICIA REALMENTE INVESTIGAR, CHEGA NOS RECEPTADORES E NOS LADROES,É UMA QUESTÃO DE INTERESSE PUBLICO QUE SE CHEGUE NOS CULPADOS E A REGIÃO DEIXE MELHORE SUA IMAGEM QUE TEM HOJE. OS DONOS DOS POSTOS DE COMBUSTIVEIS TAMBEM PODEM COLABORAR NAS INVESTIGAÇÕES.

  44. Renan Catelan disse:

    Muitos nascem e morrem, poucos deixam em sua trajetória de vida, um Nome e uma Marca que atravessa gerações…Sempre será Lembrado Renan Mambrini…Renan Catelan

  45. ANTONIO disse:

    BOA TARDE….O MAIOR PROBLEMA DESTES ABSURDUS QUE ACONTECEM NAS ESTRADAS É QUE OS POLITICOS NÃO TEM INTERESSE EM FAZER UMA LEI COM PUNIÇÕES SEVERAS PARA QUEM ROUBA E PARA QUEM COMPRA ESTES PRODUTOS, INFELISMENTE A CORRUPÇÃO PREDOMINA NO BRASIL

  46. jose sergio disse:

    Incrível como isso ainda acontece.  Sou autor de um projeto inovador que visa combater também essa prática criminosa,  na área de seguro de caminhões;  já até ofereci a alguns “representantes” de seguradoras, mas infelizmente fui tratado com desdem, talvez por ser uma ideia de alguém que não é da área de seguro.  Mas continuo insistindo e vou conseguir um dia apresentar e quem sabe mudar esse panorama.

  47. jose amador disse:

    olha pra essa ser respeitada tem que valer  alguns artigos queforam vetados.   por exemplo  punir embarcadores que vierem com horariomarcado pra descarga ugente etc…

  48. Marco Antonio disse:

    Já fui Motorista empregado e hoje sou Autônomo, acho que a Confederação esta certa quando defende os intereses dos seus confederados, mas como autônomo acho que tenho que ter liberdade para trabalhar 16 hs por dia se eu quizer, desde que não comprometa a segurança minha e de outros motoristas na estrada e o fiz durante 32 anos viajando no Brasil e no Mercosul. A OMS (Organização Mundial da Saúde), recomenda de 6 a 8 hs de sono, por dia.Também acho que aí, deveria prevalecer o bom senso das autoridades, e chegarem a um denominador, pois eu quero trabalhar , crescer, construir um futuro melhor para minha familia, ajudar no desenvolvimento da economia do  meu país, e ficar 11 hs por dia 35 hs por semana parado em um pátio de posto, sem o minimo de infraestrutura e segurança,  a mercê de assaltantes, ladrões, será que isto tudo foi analisado quando da elaboração da lei, sem falar que os representantes tanto dos trabalhadores como do MPT, não sabem que em todos os seguimentos da nossa sociedade existem pessoas que usam drogas, etc.Se os empregados querem trabalhar só 8 ou 10 hs, é um direito deles, da mesma forma que se nós queremos trabalhar 14 hs também é um direito nosso, e devemos serrespeitados, pois trabalhamos por produtividade, e temos que ser livres no exercicio da profissão.Mas uma coisa é certa , da maneira como quer o MPT e a CNTTT, vai gerar uma onda de desemprego no pequeno e médio empreendedor do ramo do transporte, e a maior vitima vai ser os próprios Confederados, pois esta gente vai perder seu emprego… e daí ? Quem vai sustentar as familias ? 

  49. Para nos caminhoneiro e muito importante gostaria de saber mais detalhes e como participar.

  50. boa noite a todos.E devagarzinho igual o nossos velhinhos,caminhoes que vive se arrastando pelas estradas do nosso querido brasil,Eles vao acabando com nos autonomos……………

« Comentários mais antigos