- 1-03-2012

Caminhoneiros farão manifestação contra restrições na Marginal


A assembleia está prevista para as 9h de domingo na sede do Sindicam, no Parque Novo Mundo

Caminhoneiros autônomos de São Paulo realizam na manhã de domingo, 4, uma assembleia para decidir se farão o que entidades do setor chamam de “mega manifestação” contra o início da restrição à circulação de caminhões. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a proibição terá início na segunda-feira, 5.

Serão fiscalizados os caminhões que estiverem transitando pela Marginal Tietê e avenidas próximas, no período das 5 horas às 9 horas e das 17 horas às 22 horas, de segunda a sexta-feira e, aos sábados, das 10 horas às 14 horas.

Segundo a companhia, a implantação dessa restrição “faz parte de um conjunto de medidas que a atual administração tem realizado com o intuito de reduzir as ocorrências envolvendo caminhões e que geram interferências no sistema viário principal nos horários mais críticos”.

Serão considerados irregulares e passíveis de autuação por transitar em local e horários não permitidos os veículos que não estiverem devidamente cadastrados. A multa é de R$ 85,13, infração média, com acréscimo de quatro pontos na carteira nacional de habilitação.

As restrições enfrentam fortes resistências das entidades representativas do transporte de cargas. O sindicato das transportadoras de São Paulo, o Setcesp, divulgou nota atestando que a proibição de caminhões não é a “solução para o caótico trânsito da cidade, que padece a cada dia com congestionamentos cada vez maiores devido ao número crescente de veículos de passeio que entram nas ruas”.

A entidade lembra que a Marginal do Tietê e avenidas próximas são a espinha dorsal da logística brasileira, unindo diversas rodovias que cortam o País. “Sem o Rodoanel completo, que fará o papel de distribuir os veículos de passagem entre as rodovias de origem e destino sem passar por dentro da cidade, as restrições se mostram uma medida inviável”, afirma a nota.

Na última sexta-feira, o presidente do Sindicado dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de São Paulo (Sindicam), Norival de Almeida Silva, disse em entrevista ao Jornal da Tarde que se as regras da restrição não mudarem, os caminhoneiros parariam a Marginal do Tietê em protesto. “Pelo menos a Dutra vai ficar fechada até São José dos Campos”, afirmou. Em nota, representantes da categoria informaram ser “contra a restrição na Marginal do Tietê”, criticando as autoridades municipais “pelo encerramento das negociações”.

A assembleia está prevista para as 9h na sede do Sindicam, no Parque Novo Mundo, zona norte da capital.

De acordo com o Sindicam, existem 54 mil caminhoneiros autônomos na cidade de São Paulo.

Com informações do Jornal da Tarde

 

Share

 

 

subscreva os comentários RSS

Existem 13 comentários para este post

  1. Não é só em relação a essa proibição que nós autonomos temos que nos manifestar, mas sim por todo o conjunto de leis que a cada dia que passa fere mais a classe do transportador autonomo, balanças com resultados duvidosos, descontos excessivos de quebras, multas abusivas, falta de segurança, pedágios, truculência de agentes, restrições absurdas, frotas de cooperativas, enfim uma grande junção de fatores que está transformando o transporte brasileiro em uma atividade completamente inviável.

  2. É SO PARAR O PAIS UNS 15 DIAS QUE OS GRAVATINHA VÃO VER A NECICIDADE DOS CAMINHOENS ENTRAREN  OU ATRAVESSAREN ACIDADE DE SÃO PAULO QUERO VER OS PODEROZOS INDO FAZER COMPRAS A ONDE SE NOS SE UNIR TODOS OS CAMINHONEIROS E PARAR JA QUE O FRETE TA TÃO DEVAZADO QUE ESTA SENDO PREJUIZO TRABALHAR NESSE PAIS DO JEITO QUE ESTA SE UN EMPREGADO MOTORISTA DE CAMINHAO NA ARGENTINA GANHA  7,000,00 REAIS POR MESAQUI NEN ODONO GANHA ISSO OS MOTORISTA ESTAO VIAJANDO     22 ASSIN MESMO 22 HORAS POR DIA PRA PODER PAGAR AS CONTAS ASSIN MESMO OS BANCOS TERAO PEGAR DE VOLTA  MAI OU MENOS UNS  5,000 CAMINHOENS QUE NÃO VÃO CONSEGUIR PAGAR CON ESSE FRETE IRIZORIO

  3. valtair disse:

    O que o sr. KASSAB esta querendo fazer?  ele não quer que rodemos pela marginal do tiete impedindo o nosso direito de ir e vir,…. na Constituição Federal de 1988, Título II, dos “Direitos e Garantias Fundamentais”, o artigo 5 diz o seguinte: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”. E no inciso XV do artigo: “é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens”.  “o direito de ir e vir é cláusula pétrea na Constituição Federal, o que significa dizer que não é possível violar esse direito. E ainda que todo o brasileiro tem livre acesso em todo o território nacional. O que também quer dizer que o sr. prefeito   GILBERTO KASSAB é autoritarista. Portanto essa lei municipal é inconstitucional, não so na marginal do tiete mas sim em toda  grande SP. Caso ele queira uma colaboração dos caminhoneiros que nos de alternativas de trabalho. Ou sera mais facil “”"tentar”"”  punir os caminhoneiros do que investir em transporte publico digno? o Sr. KASSAB não entende nada de transporte viario ou de logistica em nosso ramo, ele deve ter problema pessoal com algum caminhoneiro, ou esta levando algum das fabricas de V.U.C. ” VEICULO URBANO DE CARGA” PORTANDO NADA MAIS JUSTO QUE AGENTE PARAR SÃO PAULO DE UMA VEZ, PRA MOSTRAR PRA ESSE PREFEITINHO IGNORANTE, QUE AS LEIS DEVEM SER RESPEITADAS POR TODOS!!!!! KASSAB   DEIXA AGENTE TRABALHAR EM PÁZ, VAI PROCURAR O QUE FAZER COM SEU NOVO PARTIDO POLITICO OU SERA QUE ISSO É SO PRA VOCÊ APARECER MAIS AINDA NA MIDIA JA QUE É ANO ELEITORAL?  O POVO DE SÃO PAULO NÃO É  IGNORANTE NÃO, SABEMOS BEM A SUA INTENÇÃO.

  4. os policiais fazem greve, os professores fazem greve, o proprio poder publico faz greve,,e vejo que no mínimo a única forma de protestar contra essa restrição e fazer parar a marginal e a dutra, não há outra alternativa que possa ser mais eficaz,, se tiver, me falem por favor…sou a favor do protesto com descencia e respeito ao bom senso.o governo quando tiver o rodoanel pronto poderá exigir  a restrição com mais poder.abraço a todos..

  5.   e  amigos caminhoneiro   realmente   e uma vergonha    termos que parar  para bacanas    passear   o dia todo     e nem    dao aminima  para  aqueles tras  osustento  par sua mesas …   e agora  que vamos ver os nosso sindicatos     a forças qe  tem    mas terminando  nao podemos   de deixar   um abraço  pra nossos   politicos    pela  atitude   de  prar um trabalhador   para   as  madame passear   com    os cachorro 

  6. meu nome é andre trabalho com caminhão eu junto com meu pai temos dois caminhões sendo um com divida se esta restrição vim a ser valida ñ sei como famos fazer para pagar os nosso caminhão a prefeitura de são paulo ñ enxegar qye tem minhões de carros de passeio fazendo o trazito em sp faso entrga diariamnete na zona sul e infelismente ja fui assaltado e conheso varios amigos que forão assastados inclusove que ja çlevou ate tiros olha se queseren ir ate na loja da reroy merlin que fica em interlagos vai encontrar um monte amgos camioneiros com medo ser assaltado olha só queremos trabalhar mas nada se nos trabalha a noite somos omilhados pela população então o que faer vira ladrão?

  7. Eu acho que basta é ter união entre toda a categoria,sem união nunca chegaremos a lugar nenhum!!!!!!!!!

  8. ESTE PREFEITO SÓ ESTABELECE ESTA LEI POR QUE TEM TUDO NA SUA CASA POR QUE SE OS CAMINHONEIRO TIVESSEM  QUE LEVAR ALGUMA COISA NA NA CASA DELE ELE NAÕ TERIA FEITO ESTA LEI POR QUE ELE NÃO COLOCA UMA LEI PARA CARRO QUE TRAFÉGA COM UM PASSAGEIRO NA MARGINAL SABE PORQUE PORQUE ESTE CARROS GERAM MUITAS  MULTAS  PARA  ELES  ENTÃO NÃO É VIÁVEL PROIBIR QUE ELES CIRCULAM COMO É QUE VÃO FATURAR MAS É ASSIM MESMO ISTO É POR CAUSA DA ELEIÇÃO QUE VEM POR AI SE TODOS NÓS PUDESSEM TER OPÇÃO DE VOTO DUVIDO QUE ELES TERIAM ALGUM VOTO MAS ATÉ NISTO TEMOS QUE SER OBRIGADOS  QUE DEMOCRACIA

  9. Acredito que tem muito chefe pra pouco indio, e se foi feito uma carreta é por que tinha nessesidade de atender a demanda .se colocar 25 vans consegui transportar a quantidade de uma carreta,. porém polui quantas vezes mais ??? Eu como carreteiro não quero causar cogestionamento e nem quero pegar trasito parado. Simplesmente quero fazer minhas entregas e vir embora pra casa com a satisfasão de serviço comprido, Infelismente as marginal Tiete, liga as rodovias ,e quando  eu nasci isso ja tava pronto e não foi eu que infentei isso , mas sinto que terei que pagar por isso. O estado de são Paulo é um estado de maior recadação do pais . agora elaboraram o rodo anel ,, no meu penssamento é uma obra ouçada e nessesaria porem não concluida. penso assim primeiro a solução e depois as proibição . devo lembrar que os politico devem investir mais em transporte de qualidade e ações socias para as pessoas andem mais de bicicletas , asiim terá naturalmente uma reducão de veculos nas ruas.O rodisel de veiculos acho furada,  porque ??? Porque o camarada tem dois carros com final de placas diferente, e geralmente são carros velhos até mesmo porque seria um investimento muito alto dois carros novos .termino meu depoimento deixando um recados aos politicos, parem de enrrolar trabelhe pro povo com seriedade até mesmo por que vcs foram elegidos pelo povo e porque vcs ganham salario por isso.

  10. JOSÉ CASTRO disse:

    Há na verdade por parte do prefeito Kassab apenas  intenção de mostrar que estão fazendo alguma coisa pelo caos no transito. Mas o grande equívoco consiste em que se para o transporte de pessoas se deve priorizar o ” Transporte de massas” ( metro, trem, corredores de onibus etc) no transporte de cargas tambem vale a mesma regra).De onde esse prefeito tirou a ídéia que que diminuirá o transito tirando uma carreta para 25 ton. e em seu lugar colocando 15 caminhonetas??Alem disso se essa lei não for revogada haverá um aumento significativo do custo de vida em São Paulo e a população deve ser avisada que um pacote de arroz será mais caro em são Paulo doque nas outras cidades pois na verdade é quem arcará com a conta do custo extra dos 14 motoristas e veiculos a mais no processo.Essa lei é mesmo muito idiota…..pois….vejam NA TABELA ABAIXO. Acho que o prefeito e seus vereadores faltaram na aula de matematica pois matematicamente esta provado que essa restrição aumentará o fluxo de veiculos e o custo operacional. Mas servirá apenas para esconder sua incapacidade de atacar a causa do problema.

    PESO/TON
    VEICULO
    VALOR DE FRETE

    FRETE ATUAL
    FRETE COM A RESTRIÇÃO

    25
    CARRETA
     R$          1.450,00

     R$                    1.450,00
     R$                            8.250,00

    1,6
    CAMIONETA
     R$              550,00

    DIFERENÇA A MAIOR
     R$                            6.800,00

    ESTRUTURA ATUAL



    1 CARRETA
    1 MOTORISTA

    ESTRUTURA COM A RESTRIÇÃO



    15 CAMINHONETAS
    15 MOTORISTAS

    Vou dar uma sugestão para diminuir o transito.1)Incentivar a carona solidária pois a maioria dos veiculos que circulam são de passeio e levam apenas o motorista. 2)Aumentar as ciclovias.3)Diminuir a carga tributária sobre a tarifa dos taxis para que sejam viaveis para a população.4)Elevar dos míseros 70 km para 400 km de metro.5)Duplicar os corredores de onibus e substituir a frota diesel para gnv e troleibuss.6)Incentivar o transporte coletivo escolar.7)Aumentar a restrição para veiculos de pesseio de 1 dia para 2 dias semanais nos horarios de pico.Nesta linha de raciocínio acho que poderemos melhorar o transito da nossa cidade.Grato.José Castro.

  11. AMIGOS   CAMINHONEIROS  VAMOS PARAR DE TRANSPORTAR E VEREMOS O QUE VAI ACONTECER COM CIDADES QUE PROIBEM CAMINHOES EM SUAS AREAS. OS PREFEITOS E OUTROS POLITICOS SAFADOS VAO PEDIR PELO AMOR DE DEUS PARAR  TER ALIMENTO EM SUAS MESAS.      VAMOS PARAR VAMOS PARAR,           VAMOS PARAR,    VAMOS PARAR……………TUDOOOOOOOO..

  12. jonaspandolfo disse:

    O problema é  que aqui a classe é desunida e sempre tem um pelego para fazer media para o patrão , na Argentina se tu não para eles te param,é lamentavel ver um prefeito eleito pelo povo restringir o direito de ir e vir das pessoas e principalmente de quem esta trabalhando,au invez de se preocupar em dar um sistema de transporte coletivo decente,claro o seu Cassab vai ou de helicoptero ou com carro oficial e o povo que se rale.Prefeito te preocupa em dar a esta população que paga o teu salario transporte coletivo decente e pare de brigar com os transportadores de carga.Sem caminhão o Brasil para.E este povo que votou neste cidadão que cobre o transporte que ele prometeu na campanha.

  13. Ei, paramos de transportar para SP capital, ja que não pode rodar não vamos!!! Sera que a capital vai aguentar sem CAMINHÕES…..