Novos Cargos fazem conquistas

0

Mercedes - Virada

Primeiros compradores dos novos modelos do caminhão da Ford na região central de Minas Gerais são autônomos experientes que confiam em boas promessas

Luciano Alves Pereira

O caminhoneiro José Maurício Galvão, de Pará de Minas (MG), estava pensando em trocar seu caminhão trucado quando viu o comercial do novo Ford Cargo na TV. Despertado pela “cara diferente do bicho”, Maurício passou na Sancar (Ford Caminhões, de Divinópolis/MG), viu o “cara-nova” na tela de computador (ainda não estava na loja) e não precisou mais nada. “Foi amor à primeira vista”, confessa José, que comprou um Cargo 2428 (6×2) com cabine-leito.

O consultor de vendas José Ernesto Vieira entrega as chaves do Cargo 2428 a Naert Soares, que está com o filho Breno

O fato é que o Ford Cargo ficou bonito. Rômulo Peixoto, consultor de vendas da Pisa, revenda Ford de Contagem (MG), diz que ele tem “uma cabine impactante”. É diferente mesmo. Tem o que se poderia chamar de “look de personalidade”.

José Maurício viu o comercial na TV e foi conhecer o Cargo

José Maurício pegou financiamento do BNDES, mandou alongar o entre-eixos para 6,85 m, aparafusaram no caminhão uma carroceria Boa Viagem de 10,50 m e assim ele segue transportando sua carga única de frangos e galinhas vivas. Na primeira semana ele rodou mais de cinco mil quilômetros, não apurando ainda a sua média, mas “está na faixa de consumo dos Mercedes de mesmo porte”.

O caminhoneiro pará-minense começou com veículo próprio em 1992. Era um Chevrolet 1967, equipado com motor Detroit Diesel, de dois tempos. “Ganhei dinheiro com ele, percorrendo a BR-262.” Depois, Mercedes. Agora, o atrevimento de não dar bola para o bordão da estrada segundo o qual “sair da estrela (da Mercedes) é falta de juízo”.

Outro adquirente de um Cargo 2428 (cabine curta e entre-eixos de 5,30 m, apto a receber uma carroceria Scheile, de 8,50 m), Naert Antônio Soares, afirma que “só Ford e Volks aguentam pagar prestação alta”. Naert comprou o Cargo da Pisa, embora seus 15 anos de TRC tenham sido passados dentro de um Mercedes. Atua como representante comercial, puxando pedra ornamental serrada de Jacobina (BA).

Os estilistas da Ford deram um “look de personalidade” ao caminhão

A Ford lança a nova cabine em momento de ouro das vendas de trucados. A fabricação de semipesados está crescendo mais que a de pesados e extrapesados no Brasil, segundo a estatística da Anfavea.

Mercedes - Virada
Compartilhar

Deixe um comentário