Confirmada a 5ª Festa do Caminhoneiro de Arcos (MG)

0

O script da festa repetirá o das edições anteriores: missa em louvor a São Cristóvão, seguida por procissão de caminhões por toda a cidade

Luciano Alves Pereira

A quinta edição da Festa do Caminhoneiro de Arcos (MG) está confirmada para 21 de julho. Foi o que garantiu Gaspar dos Reis, um dos inventores desse evento do Centro-Oeste de Minas. Ele toca a sua ‘cria’ com jeito e arte já que lhe sobram habilidades. Consegue conciliar, a um só tempo, a profissão de motorista-caçambeiro, de Mercedes 1935, ano 1998, com a de apresentador de programa da Rádio Vertical FM local, nas manhãs de domingo. O próprio Gaspar capta os patrocinadores, que “chegam a uns 40”, fruto também da audiência do seu Bom Dia Caminhoneiro, o qual vai ao ar das 8 às 10 horas.

Neste ano, o script da festa repetirá o das edições anteriores: missa em louvor a São Cristóvão, seguida por procissão de caminhões por toda a cidade, levando a imagem do santo. Dá um trajeto de oito quilômetros, começando e terminando no grande pátio da Autoelétrica Heliar, onde haverá distribuição de brindes, mediante sorteio do número das placas dos cargueiros. No entremeio, ocorrerão shows de duplas regionais de música sertaneja.

Gaspar toca caminhão desde 1987 e há quatro anos atua também como apresentador de programa de rádio estradeiro

Gaspar não esconde a natural vaidade de exibir a evolução dos números do evento anual de Arcos: “No primeiro, registramos a participação de 72 caminhões; no segundo, 145. Já no do ano passado, 272 unidades encheram a cidade com alegre desfile, enquanto distribuímos 86 brindes, no valor aproximado de R$ 12 mil”. Para a festa de 2013, Gaspar espera “uns 450 veículos do ramo”. Pela sua avaliação, “todos os dias temos de 800 a 900 pesados circulando por nossa cidade”. Tal frota existe porque Arcos é um importante gerador de carga no Estado. “Nossa região conta com a maior reserva de calcário do mundo”, sustenta.

Os números são confirmados por Paulo Perdigão, integrante da equipe de vendas da Uniarcos Peças e Acessórios local, atuante varejista de peças pesadas da reposição independente. Na sua opinião, “Arcos abriga uma frota de 750 caminhões”. Seus números vão aos detalhes. Para ele, “50% são da marca Mercedes-Benz, 35% da Volvo e 15% da Scania” (excluídos trucks e tocos). O tal do market share pode não ser exato, mas chama a atenção que recentemente um dos gigantes nacionais da venda e reforma de pneus inaugurou uma unidade na cidade. Trata-se da DPaschoal, com mais de 500 pontos de atendimento em sete Estados do País.

Arcos fica a 210 quilômetros da capital e sua ligação viária se faz pela estadual MG-050 (originalmente MG-7) até o trevo com a BR-354 (dali são mais 15 quilômetros), rodovia que afinal deverá receber aporte de R$ 524 milhões, destinados à tão esperada duplicação entre Juatuba e Divinópolis, no período de 2013/2015. Seu município emancipou-se do da vizinha Formiga em 1938 e foi descoberto pelos transportadores bem mais tarde, com a vinda da Cia. Siderúrgica Nacional/Volta Redonda/RJ (CSN), por volta de 1975. Na mesma época vieram também a Lafarge Cimentos, a Indústria de Cal Itaú (hoje Belocal), conforme relata Gaspar. A partir daí, várias outras mineradoras e beneficiadoras do mineral se misturaram na exploração da atividade, “fazendo da cidade a capital do calcário”.

TrucksControl - Sua Frota
Compartilhar
DAF - Corona

Deixe um comentário