Novo VW Meteor

Proibidas mudanças em suspensão por 90 dias

4

Iveco - A cada curva

GEDSC DIGITAL CAMERA

Nelson Bortolin

Por meio da resolução 450, de 28 de agosto, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) proibiu qualquer alteração no sistema de suspensão de veículos por 90 dias. A decisão foi tomada depois que a imprensa, incluindo a Revista Carga Pesada, publicou reportagens sobre as elevações das traseiras de caminhões e carretas.

Em nota enviada à redação, a assessoria do Contran explica que a medida é “cautelar” e visa possibilitar “estudos mais acurados a respeito do tema”. Em três meses, o órgão deverá tomar deliberações. O conselho afirma que recomendou aos órgãos de trânsito que reforcem a fiscalização sobre as alterações na suspensão. E cita os “casos veiculados na imprensa”, a “importância do cuidado com a segurança viária”. Diz também que as alterações, “em muitos casos, estão em desacordo com a regulamentação vigente”.

Com a medida, o órgão admite que a resolução 292/2008, que trata de modificações de veículos, não é clara quanto ao que pode e o que não pode ser feito na suspensão. Em seu artigo 6º, que está suspenso por 90 dias pela nova resolução, o Contran diz que “na troca do sistema de suspensão não será permitida a utilização de sistemas de suspensão com regulagem de altura”.

E afirma que os veículos “que tiverem sua suspensão modificada, deve-se fazer constar no campo das observações do Certificado de Registro de Veículo – CRV e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV a nova altura do veículo medida verticalmente do solo ao ponto do farol baixo (original) do veículo”.

Mas, no artigo 8º, diz que é proibida a “alteração das características originais das molas do veículo, inclusão, exclusão ou modificação de dispositivos da suspensão”.

Clique aqui para ler reportagens da Carga Pesada sobre as traseiras elevadas.

Clique aqui para conhecer a resolução 450 na íntegra, e aqui, para ler a 292.

Truckscontrol 2021
Compartilhar
Scania - Oficina da Scania

4 Comentários

  1. claudio concatto em..

    tanta coisa para ser mostrada nas estradas a favor dos caminhoneiros esta revista busca ibope em cima dos caminhões levantados, o contran fica só esperando uma chance pra ferrar sta classe de trabalhador. parabéns revista carga pesada devemos a vcs como senpre só ajudan!!!

  2. Jorge Luiz Olegario em..

    Só um tecnico lele da cabeça não ver que a elevação da suspensão é para colocar peso alem do limite
    do caminhão. muitos dizem que se não fizer isso não paga o caminhão, essa é a ideia de loucos que trabalham no limite da irresponsabilidade nas estradas. estes caminheiros não zelam por sua segurança, tambem não zelam pela de ninguem , botam peso absurdos, acabam com as estradas ,matam gente, ainda diz que para pagar o caminhão. tem algo errado nisso , não!

  3. Ronald Goemeri em..

    NÓS CAMINHONEIROS ESTAMOS PAGANDO O PREÇO POR SERMOS DESUNIDOS E COVARDES. QUEM SABE SE O GOVERNO ARREGAÇAR A CATEGORIA DE UMA VEZ, NÓS TOMAREMOS VERGONHA NA CARA E PARAMOS ESSA PORRA DE PAÍS. TEMOS FORÇA? NÃO, NÃO TEMOS FORÇA NENHUMA, PORQUE SOMOS COVARDES. VAMOS AGUARDAR AS MODIFICAÇÕES PARA O ANO DE 2014. QUEM SABE O GOVERNO NOS OBRIGARÁ A RODAR SÓ A NOITE PARA NÃO ATRAPALHAR O TRANSITO DO DIA. SOU CARRETEIRO, SEMPRE PAREI EM GREVES, E ASSISTO OS COVARDES TRABALHANDO ENQUANTO ESTOU PARADO. QUE SE DANE ESSA PROFISSÃO E SEUS PROFISSIONAIS.(FDS).

  4. Jackson COMANDOSERRANO em..

    TEN QUE ERGUER MESMO POEEA, LIGA NAO ERGUE O FUNDAO
    E NAO DA BOLA PROS CARA… QUE DIS QUE E CRIME, SE FOR
    CRIME JAH TEMO NOSSA RECOMPENSA… HUHUM TUUUUUDIBAO!

Deixe um comentário