DPaschoal lança sistema de recapagem

0

Scania - Square - 25-04-18

RecMaxx inclui bandas com desenhos específicos para diversas operações e processo próprio para conserto de furos nos pneus

A DPaschoal acaba de lançar um conjunto de novidades sob a denominação de RecMaxx, que inclui banda de rodagem de marca própria e um processo para conserto de furos nos pneus.

Com o processo especial de conserto, chamado PermaFix, a DPaschoal deseja, segundo o gerente de marketing da linha pesada, William Bossolani, oferecer aos clientes a segurança do conserto correto dos furos, algo difícil de se encontrar nas borracharias em geral. “O conserto imperfeito de furos é um fator que reduz bastante a vida útil das carcaças”, disse Bossolani.

A marca própria de bandas de recapagem RecMaxx tem desenhos específicos para cada operação. As bandas são fabricadas pela Tipler, no Rio Grande do Sul. A aplicação das bandas RecMaxx oferece dupla garantia, tanto do serviço quanto da carcaça de qualquer marca. A DPaschoal continuará dando garantia de serviço de banda da marca Goodyear em carcaça Goodyear.

Além disso, carcaça raspada é carcaça garantida, isto é, o RecMaxx assume o compromisso de não devolver o pneu raspado: se chegar ao ponto de raspar o pneu e se constatar que o pneu não tem condições de ser recapado, o cliente recebe um crédito para trazer outra carcaça para o processo. O sistema já está disponível em todas as recapadoras do grupo.

A DPaschoal mantém parceria histórica com a Goodyear, com 500 lojas em sete Estados brasileiros, 11 oficinas de recapagem e 17 truck centers. São 40 mil clientes por ano, 17 mil recapagens por mês, realizadas por 1.250 recapadores credenciados. O mercado brasileiro de recapagem é estimado em cinco a seis milhões de pneus ao ano. (Ralfo Furtado)

Sindicam-SP inaugura Recanto Angaturama

O Sindicam-SP inaugurou dia 15 de setembro o Recanto Angaturama, localizado em Santa Isabel, na região metropolitana de São Paulo. Trata-se de uma colônia de férias que também tem um salão equipado para a realização de treinamentos.

Há várias opções de lazer, como campo de futebol, salão de jogos, lago, barcos e pista para arrancada de caminhões, numa área de 23 alqueires. O local tem oito pavilhões, cada um para hospedar 30 pessoas, e 20 apartamentos/suítes para dois casais cada. O investimento foi de R$ 4 milhões, segundo o presidente do Sindicam-SP, Norival de Almeida Silva.

Almeida conta que o sindicato tem outra novidade: “Compramos dois carros para um programa de controle da qualidade do ar. Esses veículos percorrerão cidades do interior fazendo testes nos caminhões. Queremos mostrar que o caminhoneiro também se preocupa em reduzir a emissão de poluentes”, declara.

 

Daf - 90 anos
Compartilhar

Deixe um comentário