Caminhão autônomo apequena o papel do condutor

1

Scania - Consorcio Dreamline

Luciano Alves Pereira

Revista Carga Pesada

Passados cerca de 60 anos da apoteótica criatividade hollywoodiana de Cecil B. De Mille – ele foi diretor do filme O Maior Espetáculo da Terra (entre outros) e virou celebridade do cinema desde a década de 1950, a Freightliner americana reeditou o referido estilo espetaculoso em grandes espaços para a apresentação do seu caminhão Inspiration.

Foi no princípio de maio do ano passado em Las Vegas, EUA. O fabricante de cargueiros faz parte do conglomerado Daimler AG alemão e escolheu a represa de Hoover, que fica próximo à cidade, para promover o megaevento e marcar o nascimento do seu caminhão autônomo. A base é o modelo Freightliner Cascadia Evolution.

Leia mais e veja o vídeo do caminhão autônomo na edição digital da Revista Carga Pesada clicando aqui ou baixando a publicação na Google Play ou na AppStore.

revista-carga-pesada-capa-edição-digital-2

 

 

 

 

DAF - Corona
Compartilhar
Mercedes - Peças

1 comentário

  1. Luiz Roberto Imparato em..

    Querido amigo Luciano

    Parabéns por sua matéria sobre os veículos autônomos, infelizmente perdemos a batalha de educar e treinar os motoristas para os veículos do futuro.

    A droga, a impunidade e a falta de escrúpulos de alguns empresários em não remunerar adequadamente seus motoristas contribuíram muito para essa derrota.

    Outro ponto importante em prol dessa tecnologia é que o custo fixo de um veículo cai assustadoramente se ele for utilizado 24 horas por dia.

    Os tempos românticos de se dormir na boleia ficam cada vez mais distantes na louca concorrência entre as empresas, enfim o motorista tem que dormir e descansar mas o caminhão não e o melhor até é que ele não tivesse motor de partida para funcionar as 24 horas do dia.

    A indústria automobilística desde o seu aparecimento, matou mais do que as 2 grandes guerras e está cada vez mais evidente que o personagem atrás do volante é um dos grandes responsáveis por isso independentemente do grau de tecnologia dos produtos que as montadoras fazem.

    Veículos autônomos nada mais são do que a forma que elas encontraram para se proteger de um movimento que vem crescendo buscando responsabiliza-las como os fabricantes de cigarros foram e estão sendo pela morte de milhões de pessoas.

    Esses são os novos tempos!

    Um super abraço e continuo tendo saudades de nossas conversas.

    Luiz Roberto Imparato

Deixe um comentário