Mulheres no TRC: Daniela fica atenta às mudanças e aos detalhes

0

DAF - Corona

revista-carga-pesada-daniela-lopesEnquanto a Scania comemora seus 125 anos de fundação, com quase 60 anos de presença no Brasil, uma de suas mais antigas concessionárias brasileiras, a P. B. Lopes, com sede em Londrina (PR), festejou, em agosto, 50 anos de representação da marca Scania – uma união que sempre produziu ótimos frutos, em favor do transporte rodoviário de cargas.

“Creio que seja este o segredo da longevidade: saber interpretar o desejo do cliente e transformá-lo em produtos e serviços de qualidade, excelente performance e que tragam resultados à operação do transportador.” Estas palavras podiam ser de Pedro Barboza Lopes (o P. B. Lopes), que ainda mantém uma sala na empresa, mas não são. Quem as disse à Carga Pesada, mostrando que aprendeu muito bem o “segredo” exercitado cotidianamente pelo pai, foi sua filha Daniela de Andrade Lopes Gomes, que, após uma trajetória de quase duas décadas na empresa, é sua atual diretora, conduzindo o dia a dia e as metas da concessionária sempre ao lado do esposo e também diretor, José Henrique de Souza Gomes.

Foi mantendo o foco no atendimento ao cliente “em suas mais variadas necessidades”, conforme as palavras de Daniela, que a P. B. Lopes registrou uma notável expansão nestas cinco décadas. Está hoje presente no Norte do Paraná, no Sudoeste do Estado de São Paulo e em Mato Grosso do Sul, através de sete lojas: em Londrina, Maringá, Campo Grande, Dourados, Ladário (MS), Salto Grande e Regente Feijó.

A empresária, ao lado do pai

A empresária, ao lado do pai

São regiões de grande produção agrícola, ou de passagem do transporte de grande volume de grãos, mas a empresa não atende apenas este segmento. “Temos clientes de operações bem distintas, como mineração, cana-de-açúcar, grãos, carga industrializada, combustível e outras cargas líquidas”, informa Daniela.

Para manter a eficiência diante da diversidade, a atenção da P. B. Lopes está voltada não apenas para a capacitação contínua das equipes que fazem a manutenção dos veículos, mas para a administração cuidadosa dos estoques de peças e componentes de cada filial, respeitando as particularidades regionais. “Temos ainda postos de serviços na própria sede de alguns transportadores e equipes de atendimento volante, com uma frota de veículos equipados para reparos”, diz.

A P. B. Lopes também é conhecida por saber preparar boas festas. Isso mesmo: saber cuidar dos detalhes na organização de eventos em que reúne seus clientes. É uma fama antiga. O próprio Pedro Barboza Lopes gosta de fazer humor com esse tema, como já saiu publicado em reportagem nesta revista. Ele diz: “Nós somos uma empresa de festas que aproveita para vender caminhões…” Daniela tem alguma – ou muita – coisa a ver com essa vocação. Ela trabalhou com turismo antes de ingressar na empresa do pai. Assim, nos eventos relacionados com o programa Família Scania, do Consórcio Scania, aproveita seus conhecimentos para auxiliar a equipe da empresa a realizar o melhor trabalho possível. Conforme diz, “a Scania é muito forte em relacionamento com o cliente, e nós entendemos que o programa Família Scania é a nossa chance de fazer da experiência de viajar de nosso cliente um marco, uma oportunidade única, quando unimos o negócio do transporte ao lazer”.

Daniela se sente à vontade como empresária, mas admite que, para ter sucesso nesse papel, “temos que estar sempre atentos às mudanças”. Aprendeu muito em seus quase 20 anos de trajetória na P. B. Lopes, “com toda a equipe, com a montadora e – é preciso dar destaque – com o próprio cliente”. Quanto ao convívio com o pai, só tem palavras carinhosas a dizer: “Tenho em Pedro Barboza Lopes o exemplo de homem trabalhador, que ama a marca Scania. Um perfeccionista, que me ensinou a exercitar a observação aos detalhes, o foco no cliente e a perseverança”.

Sobre o fato de ser uma mulher em posição de liderança num negócio tradicionalmente masculino, Daniela afirma: “Nunca me preocupei com isso”. E completa: “Há que se respeitar as diferenças entre homens e mulheres. No entanto, acredito que nada suplante o trabalho benfeito. Procuro dar o meu melhor sempre e, ao final do dia, se conseguir somar, posso dormir tranquila”.

Pedro Barboza Lopes entregando caminhão à Transportadora Concha na antiga sede da Irmãos Lopes, na Rua Mato Grosso esquina com a Sergipe

Pedro Barboza Lopes entregando caminhão à Transportadora Concha na antiga sede da Irmãos Lopes, na Rua Mato Grosso esquina com a Sergipe

Mercedes - Peças
Compartilhar
Salli

Deixe um comentário