Axor ganha versão off-road

0

Scania - Serviço Premiado - 25-04-18

revista-carga-pesada-axor3344Edição 189  dez/2016/jan/2017

 

A Mercedes-Benz desenvolveu um Axor com câmbio automatizado PowerShift, com sensor de inclinação e sem pedal de embreagem, para aplicação off-road, visando atender aplicações severas como a canavieira, a madeireira, a mineração e grandes obras de infraestrutura e construção civil. “Todos os elementos do seu trem de força são produzidos pela própria Mercedes.

Como resultado, o conjunto é eficiente e equilibrado, destacando-se pela força, robustez e durabilidade”, explica Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. O PowerShift é um câmbio mecânico com acionamento automatizado que conta com três funções inteligentes, de acordo com a necessidade: EcoRoll, Manobra e a tecla Power Mode Off-Road – esta última aumenta a força do Axor, em situações como a do transporte de cana, em que um treminhão chega a tracionar 74 toneladas de PBTC, com 123 toneladas de CMT.

O diretor Ari de Carvalho: tudo no caminhão é produzido pela própria Mercedes

O diretor Ari de Carvalho: tudo no caminhão
é produzido pela própria Mercedes

Os novos modelos Axor 3344 e 4144 ganharam ainda reforços adicionais como protetor de cárter, estribos flexíveis e filtro de ar posicionado na lateral superior direita da cabina para maior proteção contra avarias e quebras.

CONFORTO – Outra novidade dos novos Axor para operações fora de estrada são os bancos, tanto para o motorista quanto para o passageiro. Mais bonitos e com acabamento lavável em vinil, com aparência de couro e detalhes alaranjados, eles têm múltiplas regulagens, cintos de segurança integrados, disponibilidade de suspensão pneumática, e podem vir nas versões Standard e Conforto, lembrando bancos de automóveis.

A manopla do câmbio fi ca junto ao apoio de braço do banco do motorista: grande conforto

A manopla do câmbio fi ca junto ao apoio de braço do banco do motorista: grande conforto

“Com essa linha de bancos, atendemos aos mais exigentes padrões de conforto e segurança”, afirma Ari de Carvalho. “Isso irá nos ajudar a alavancar novos negócios e melhorar ainda mais a nossa participação no mercado de caminhões fora de estrada, em que somos líderes em todos os segmentos do transporte de carga no País.”

Um dos fatores que levaram a esta liderança, segundo Silvio Renan de Souza, gerente de pós-vendas da Mercedes-Benz, é o custo operacional total (TCO na sigla em inglês). “Em função da robustez e da durabilidade dos nossos caminhões, nosso TCO chega a ser de 5% a 10% melhor que os concorrentes. Além disso, é comum, depois de até cinco safras, nossos veículos ainda estarem em ótimas condições de uso”, compara.

Os novos veículos já estão disponíveis para comercialização pelo preço médio de R$ 400 mil, no caso do modelo 3344, e R$ 450 mil no caso do 4144.

Scania - Serviço Premiado - 25-04-18
Compartilhar

Deixe um comentário