Curso ajuda a elaborar plano de amarração de carga

2

Scania - Consorcio Dreamline

revista-carga-pesada-amarração-cargaDocumento passou a ser exigência para obtenção de AET em São Paulo

 

Por meio da portaria 64, o DER de São Paulo passou a exigir um plano de amarração de carga para obtenção de Autorização Especial de Trânsito (AET) para transporte de cargas superpesadas e superdimensionadas. De acordo com o órgão essa medida visa aumentar a segurança desse tipo de transporte, nos quais acidentes por falta da correta amarração das cargas podem resultar em grandes prejuízos para o trânsito, para a infraestrutura, para o transportador e embarcador.

Essa exigência obriga também a uma profissionalização cada vez maior do segmento de transporte especiais e ao mesmo tempo abre boas oportunidades para engenheiros e tecnólogos de ganhos na elaboração desses documentos.

CURSO

Para ajudar os transportadores na elaboração do plano, a Escola de Transportes programou para este sábado (4), em São Paulo, mais uma turma do curso amarração de cargas gerais e indivisíveis. O curso será ministrado pelo engenheiro mecânico Rubem Penteado de Melo, especialista no assunto. Ele é autor do livro Amarração de Carga, publicado em parceria com a Revista Carga Pesada.

O curso é indicado a profissionais do setor de logística das empresas fabricantes de bens, produtos e máquinas em geral à serem transportados, engenheiros, supervisores, gerentes de logística, profissionais da expedição das empresas, profissionais dos órgãos fiscalizadores (polícia rodoviária, companhias de trânsito, etc), empresas de remoções e transportes pesados e demais profissionais envolvidos em operações relacionadas ao transporte de cargas nas vias rodoviária, ferroviária e marítima.

É indicado ainda aos profissionais que executam o transporte de cargas tais como motoristas, ajudantes, seus supervisores, à fiscalização do serviço e seus contratantes, avaliadores e gerenciadores de riscos(corretores e seguradoras) e também aos responsáveis pela operação propriamente dita para fins de atualização técnica.

Informações pelo telefone 11-30512407 ou pelo e-mail [email protected]

 

DAF - Corona
Compartilhar
Salli

2 Comentários

  1. Muito boa a iniciativa, pois são inúmeros os casos de cargas despencando do “bruto” por amarração inadequada! É contante vermos caminhões com a carga quase saindo da carroceria por inexistência de conhecimento para amarração da carga. Penso ser necessário também para quem transporta máquinas de terraplenagens e veiculos maiores como caminhões. Deveria também proibir transporte de máquinas de terraplanagem em caminhões dotados de carrocerias de madeira, pois como é sabido a concentração do peso em muitas dessas máquinas ficam localizadas em poucos pontos o que facilita a quebra dos “barrotes” lançando a carga sobre a rodovia e até sobres outdoors veiculos. Cada caminhão tem de ter sua especialidade e quem interfere em área desconhecida acaba por provocar acidentes.

Deixe um comentário