Librelato entrega 50 rodotrens graneleiros para Risa

1

Scania - Consorcio

Desde seu lançamento no final do ano passado, mais de 1.000 unidades deste modelo
já foram comercializadas no Brasil

A Librelato entregou 50 rodotrens graneleiros para Risa, empresa maranhense, com
sede em Balsas, e forte atuação na área agrícola. Os implementos foram negociados
durante a Fenatran, maior evento do setor de transporte do País, que aconteceu em
outubro do ano passado. “Esse grande negócio é mais um sinal de que a economia
brasileira, particularmente no setor agrícola, voltou a dar sinais de crescimento
sustentável e também prova que os empresários buscam, nesta nova fase,
equipamentos que ofereçam maior rentabilidade”, comemora José Carlos Spricigo,
CEO da Librelato.

A nova família Graneleira Linha Premium da Librelato foi lançada durante a
Fenatran e traz uma série de inovações tecnológicas que se traduzem em vantagens
operacionais. O design do chassi, totalmente remodelado, alinhado a utilização
de aços especiais, permitem ganho de resistência com redução de peso,
proporcionando maior capacidade de carga em relação ao modelo anterior.

A caixa de carga possui novo revestimento em um material alternativo chamado Eco
+, que é mais leve, resistente e ecologicamente correto, composto por alumínio e
polietileno. A fixação dos painéis de revestimento é feita através de parafusos
com porcas rebites, que eliminam saliências externas e, portanto, não danificam a
lona de cobertura. Outra novidade são as lanternas traseiras com design inovador
e exclusivo, iluminação 100% em LED e luz de indicação de direção sequencial.

Mais robusta e mais leve, a Linha Graneleira Premium Librelato leva mais carga e
tem maior vida útil, oferecendo, com isso, maior rentabilidade ao negócio. “Os
transportadores estão atualmente muito mais atentos à questão rentabilidade e
buscam equipamentos tecnicamente capazes de lhes assegurar esse importante
quesito”, destaca Spricigo.

A vantagens operacionais oferecidas pelos novos graneleiros da marca chamaram a
atenção de outros empresários do setor. Desde o lançamento até a primeira
quinzena de abril, mais de mil desses implementos foram comercializados no País.
Com esse resultado, a Librelato tem, atualmente, 20% de participação neste que é
um dos principais segmentos de transporte de carga do País.

De acordo com Sprícigo, a qualidade técnica dos novos graneleiros da marca também
faz sucesso no exterior. “Já exportamos mais de 100 unidades para países como
Paraguai e Bolívia e observando a excelente aceitação do produto, nossa
expectativa é fechar este ano com 500 unidades deste modelo exportadas para
mercados sul-americanos”.

Salli
Compartilhar
DAF - XF105

1 comentário

  1. Com serteza só min resta saber se as enconomias melhorou para os motoristas quê e a chave principal para fazer com que o Brasil anda até agora só vejo empresas dando o calote nos fretes e motorista trabalhando atrouco de comida

Deixe um comentário