Grupo Traton reúne MAN, Scania e Volkswagen

0

DAF - XF105

Juntas, marcas produzem 200 mil veículos por ano

Andreas Henschler, presidente do recém-criado Grupo Traton, começou seu discurso de apresentação no Salão de Hannover dizendo que queria ter sido motorista de caminhão. Não teve sucesso neste projeto, mas o sonho de trabalhar com caminhões continuou e hoje ele dirige um dos maiores grupos de marcas de peso no setor de caminhões e ônibus.

MAN, Scania e Volkswagen agora ganham escala juntas no Grupo Traton que, segundo o CEO, significa Transformando o Transporte. Além destas grandes marcas, o grupo detém participações acionárias na americana Navistar (16%), na chinesa Sinotruk (25%) e na japonesa Hino (10%).

Presente em 17 países, o Grupo Traton já é o primeiro na Europa, segundo o executivo. São 83 mil funcionários e mais de 200 mil veículos produzidos por ano.

Na plataforma de gerenciamento de frota on-line RIO, outra marca do grupo, já são 450 mil veículos conectados.

A previsão é de que, na próxima década, pelo menos 50% dos veículos produzidos pelo grupo terão a mesma base em motores e transmissões: “Estamos no meio de uma das maiores mudanças na história do transporte”, avalia Henschler.

Chegando na frente com tecnologia elétrica, o Brasil foi destaque no salão já que a Volkswagen Caminhões e Ônibus, com sede em Resende (RJ), mostrou em seu estande o caminhão e-Delivery e o ônibus Volksbus e-Flex. Apresentados ainda como protótipos, ambos já têm suas fases de testes definidas e também a previsão do início da produção em série até 2021.

Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus; Guilherme Gaia, da Ambev; e Andreas Henschler, CEO do Grupo Traton: cooperação para mobilidade elétrica

A Cervejaria Ambev e a VW Caminhões e Ônibus assinaram um termo de cooperação global para o desenvolvimento de um modelo de negócio de mobilidade elétrica. O anúncio foi feito pela diretoria da VW Caminhões e Ônibus e por Guilherme Gaia, diretor de sustentabilidade e suprimentos da Cervejaria Ambev. Além disso, a planta brasileira do Grupo Traton deverá ser a base do grupo para desenvolvimento de veículos voltados para os mercados emergentes.

Ricardo Alouche, diretor de vendas e marketing, disse com exclusividade para a Carga Pesada que a união de grandes marcas no Grupo Traton vai trazer redução de custos.

 

 

Scania - Consorcio
Compartilhar
Transpanorama - A 2 maior

Deixe um comentário