ZF investe em veículos autônomos e elétricos

0

Volvo VM tem tudo

Empresa comemora 60 anos no Brasil

 

Atuar como uma desenvolvedora de soluções inteligentes para que os veículos sejam mais seguros, eficientes, inteligentes, conectados e ambientalmente amigáveis. Este é o foco de atuação da ZF, empresa que tem mais de um século de atuação no mundo e que está comemorando 60 anos de presença no Brasil.

Radar alerta o condutor sobre a presença de pedestres ou ciclistas na lateral do veículo

A ZF nasceu oficialmente há 103 anos graças à genialidade do Conde Ferdinand Von Zeppelin, que criou o famoso Zeppelin. A inovação representada pelo dirigível marcou toda a história da empresa até os dias de hoje. Na sua fundação em 1915, nasceu para produzir engrenagens, além de caixas de câmbio para dirigíveis, ‘carruagens a motor’ e barcos em sua fábrica e sede na cidade alemã de Friedrichshafen. A ZF, cuja sigla vem do alemão zahnradfabrik (fábrica de engrenagens), teve o mérito de instalar no Brasil a sua primeira filial fora da Alemanha.

Hoje é considerada uma empresa de tecnologia de ponta no desenvolvimento de veículos autônomos e elétricos com emissão zero e dispositivos inéditos de segurança ativa e passiva.

Wilson Bricio: “A ZF participa ativamente do desenvolvimento da indústria brasileira”

Um dos destaques apresentados pela empresa no Salão de Hannover pode ajudar a tornar os caminhões mais seguros no tráfego urbano, por meio de um sistema com base em um radar capaz de monitorar toda a lateral do veículo. Ao condutor é dado um alerta assim que pedestres, ciclistas ou outras formas de transporte se aproximem do ponto cego ou de uma possível zona de colisão.

Posteriormente, esta tecnologia será desenvolvida no sistema Side Vision Assist, que também incluirá imagens de câmeras. Graças a algoritmos inteligentes e sensores interligados, o equipamento também pode acionar efetivamente o conjunto de direção e, caso necessário, realizar a frenagem de emergência. Isso faz dele um importante aliado para o desenvolvimento de caminhões com funções automatizadas.

Outro destaque foi o ZF Innovation Van, um veículo de carga com conexão inteligente, direção autônoma e uma condução totalmente elétrica que oferece suporte aos serviços de encomendas para atender às exigências de entregas urbanas. O veículo de distribuição vem equipado com funções de direção autônoma nível 4 e pode ser projetado para manobrar pelos centros das cidades de forma independente, permanecendo em sua faixa mesmo sem marcações nas vias, reconhecendo os semáforos e outras sinalizações de trânsito, respondendo a situações de risco repentinas.

Além disso, o  ZF Innovation Van pode detectar e contornar obstáculos como veículos estacionados em fila dupla, por exemplo. “Estamos revolucionando as tecnologias para os serviços de entregas urbanas para que sejam feitas de forma limpa, segura e dentro do prazo. Por esta razão, estamos trabalhando juntamente com parceiros e clientes para que este novo conceito inicie sua produção em série nos próximos dois anos. Para oferecer rapidamente ao mercado nossa experiência em sistemas sob a forma de soluções inovadoras e práticas, investiremos mais de 12 bilhões de euros em mobilidade elétrica e condução autônoma nos próximos cinco anos”, afirmou Wolf-Henning Scheider, CEO da ZF Friedrichshafen AG.

A ZF nasceu oficialmente há 103 anos graças à genialidade do Conde Ferdinand Von Zeppelin

BRASIL – A companhia chegou ao País e instalou-se em São Caetano, ABC paulista, em 1958. Ao longo de seis décadas, em sua política de rápida transferência tecnológica entre suas unidades em todo o mundo, a ZF introduziu no Brasil diversas tecnologias.

Nos últimos três anos, depois que incorporou a TRW, a ZF deu início ao processo de se tornar uma das principais provedoras globais de soluções capazes de tornar a mobilidade cada vez mais segura, sustentável e amigável ao meio ambiente.

A transferência tecnológica entre as unidades da ZF no mundo é tão rápida que as modernas transmissões automatizadas TraXon, para caminhões extrapesados (as mesmas que equipam, inclusive, diversos modelos de caminhões autônomos em testes na Europa), e EcoTronic, para caminhões médios e semipesados, já estão em produção no Brasil e disponíveis para equipar os caminhões que em breve serão lançados no mercado nacional.

Com faturamento perto de R$ 4 bilhões na América do Sul e com mais de cinco mil colaboradores, a ZF possui oito plantas industriais na região: “A ZF foi uma das poucas multinacionais de autopeças que participaram ativamente de todo o processo de instalação, desenvolvimento e expansão da indústria automotiva brasileira. No Brasil, a empresa vem evoluindo, inovando e crescendo, acompanhando e suprindo o ritmo e demandas dos seus clientes”, afirma Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul.

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe um comentário