Iveco Hi-Road quer seu espaço nos pesados

1

ZF Tecnologias

Versão 6×2 de 440 cv chega custando R$ 380 mil

A Iveco está complementando sua linha de pesados com a chegada do dos modelos Hi-Road para aumentar sua participação no segmento que mais cresceu em 2018. A montadora incorporou no modelo atributos do top da linha Hi-Way e tirou de produção os Stralis.

Os novos modelos chegam em janeiro e a Iveco estima para 2019 que o mercado acima de 3,5 toneladas atinja a marca de 104,7 mil veículos, 21% a mais que este ano cuja previsão é fechar com 85 mil unidades.

“Os índices de confiança tanto da indústria quanto do varejo e serviços estão crescendo e o tráfego de veículos nas rodovias voltou ao patamar de 2012, pré-crise”, avalia Ricardo Barion, diretor de Marketing e Vendas da Iveco. “Estamos trabalhando para aumentar nossa participação no mercado de pesados que mostrou sinais de crescimento ao longo de todo o ano, com produtos em segmentos onde ainda não atuávamos”, complementou.

Os motores dos novos Hi-Road são o Cursor 9 e 13, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha. O Cursor 9 tem potência de 360 cv (4X2), e o Cursor 13 tem duas faixas de potência, 400 cv (4X2 e 6X2) e 440 cv (4X2, 6X2 e 6X4), com torque máximo de 2.250 Nm.

A transmissão é automatizada de 16 velocidades à frente mais duas marchas à ré, e o tanque de combustível tem capacidade, de série, para 900 litros.

“O consumo está 7% menor que as versões anteriores. E os novos motores foram configurados para trabalhar com torque máximo de 2250 Nm, ou seja, sempre cheios, entregando o melhor torque, quesito extremamente importante para os clientes hoje”, explica Anderson Vilela da área de engenharia e responsável pelo desenvolvimento dos novos caminhões.

A cabine é totalmente nova e ficou mais leve para proporcionar aumento da capacidade de carga e diminuição no consumo de diesel. O teto alto de série, para-sol, defletor de ar lateral e defletor inferior são alguns destaques.

No total, os novos caminhões ficaram 710 quilos mais leves: “Se considerarmos um caminhão rodando carregado na ida e na volta na rota Belo Horizonte/São Paulo, isso representaria 148 mil toneladas de carga a mais no período de um ano”, complementou Vilela.

Internamente, buscando maior conforto para o motorista e ocupantes, também são itens de série o trio elétrico (vidro e trava elétrica, além do retrovisor aquecido e elétrico), banco High Comfort, ar-condicionado e climatizador, rádio com CD, MP3 e entrada USB, volante com comandos integrados, box térmico e suspensão pneumática – com quatro bolsas.

Com este novo lançamento, a Iveco posiciona o já conhecido Hi-Way com potência máxima de 560 cv para competir com Volvo e Scania. Os novos Hi-Road chegam para disputar mercado com os Mercedes-Benz.

Conforto e performance com a melhor relação custo benefício…Veja a apresentação da nova linha de pesados Iveco Hi-Road pelo diretor de vendas e marketing, Ricardo Barion…

Posted by Revista Carga Pesada on Saturday, December 8, 2018

Daf - 90 anos
Compartilhar

1 comentário

  1. Para competir não basta ser bonito, tem de ter qualidade!
    Beber menos é uma bom chamativo para quem deseja um bruto desses, pois o comburível esta cada dia mais pesado nas contas do transporte!

Deixe um comentário