Volvo contrata 300 funcionários e aumenta investimentos

1

Scania - NTG Linha

Montadora vai investir mais R$ 250 milhões e estima para 2019 crescimento de 30% no mercado de caminhões 

Contratação de 300 funcionários e investimentos de mais R$ 250 milhões são as medidas tomadas pela Volvo América Latina para atender o mercado brasileiro de caminhões, que deve crescer cerca de 30% neste ano, atingindo 99 mil unidades. Os novos recursos são um volume adicional ao total de R$ 1 bilhão que o Grupo Volvo prevê investir no período de 2017 a 2019.

Durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (13) em São Paulo, os executivos da empresa demonstraram otimismo em relação à economia brasileira e comemoraram os resultados de 2018, bem acima do previsto. “Crescemos 79% no Brasil, considerando os veículos acima de 16 toneladas, chegando à vice-liderança do segmento”, contou o diretor Comercial de Caminhões, Alcides Cavalcanti. A Volvo também foi a marca que mais cresceu na área de semipesados, com uma elevação de 66% de vendas.

O caminhão FH 540 6×4 foi o campeão de vendas em todas as categorias no País. Foram 4.114 emplacamentos. Também houve grande expansão no mercado fora de estrada. Neste segmento, o mercado brasileiro cresceu 23% e a Volvo, 55%.

Com uma carteira de R$ 7 bilhões, o Brasil tem a segunda maior participação no Volvo Financial Services, que ajudou no bom desempenho das vendas. Segundo o presidente do banco, Ruy Meirelles, no ano passado, 41% dos negócios foram financiados pelo CDC, contra apenas 15% do ano anterior. “O nível de subsídio do Finame (do BNDES) foi caindo nos últimos anos. Por outro lado, a Selic (taxa básica dos juros no País) fez com que o custo do CDC ficasse mais atrativo”, explicou.

Segundo ele, as taxas do banco estatal e dos bancos privados estão muito próximas uma da outra. “Além disso, o CDC oferece parcelas fixas o que dá previsibilidade para o comprador”, afirmou. Desde o final do ano passado, o BNDES também oferece Finame com parcelas fixas, mas apenas para os pequenos transportadores.

O presidente do Grupo Volvo América Latina, Wilson Lirmann, destacou que não foi apenas no Brasil que a marca teve bom desempenho. “O ano passado foi o melhor ano da história para a Volvo, com crescimento de 17% nas vendas de todo o mundo”, disse ele. O faturamento foi de 391 bilhões de coroas suecas. Nos Estados Unidos, a marca lançou uma nova linha completa de caminhões VN (veja vídeo abaixo). “Foi um ano de muitas inovações tecnológicas”, disse.

FROTA PRÓPRIA

Em entrevista à Carga Pesada, Lirmann confirmou que, depois da greve dos caminhoneiros (em maio do ano passado), os embarcadores têm procurado comprar caminhões. Veja no vídeo.

Embarcadores comprando frota própria para movimentar grãos, é uma tendência?O presidente da Volvo, Wilson Lirmann, responde…

Posted by Revista Carga Pesada on Wednesday, February 13, 2019

Compartilhar

1 comentário

Deixe um comentário