Mulheres querem banheiro apropriado nos postos de rodovia

0

Mercedes - Virada

Bruna viaja o País inteiro com o marido e uma filha pequena; sua maior queixa é a falta do banheiro feminino

Bruna Fernandes da Silva viaja Brasil afora com o marido, o caminhoneiro Natal, e uma filha pequena. Sua maior dificuldade, assim como a de tantas outras mulheres que vivem na estrada, é a falta de banheiro feminino, e em boas condições de higiene, nos postos de combustíveis. No Fala Caminhoneiro desta sexta-feira (15), ela pergunta quando esse problema será resolvido. Veja no vídeo.

A lei do caminhoneiro, a 13.103, diz que os locais de parada e descanso precisam seguir regras de conforto e higiene determinadas pelo governo, mas somente quando esses locais pertencem à transportadora ou ao embarcador. Ou então, nas empresas com as quais eles tenham contrato. É o caso de um terminal ferroviário ou marítimo, por exemplo.

Os postos de rodovia não precisam seguir essas regras. Isso não quer dizer que não devam. Pelo contrário, afinal de contas eles vivem dos caminhoneiros.

A Carga Pesada procurou a federação que representa os postos, a Fecombustíveis, e conversou com o diretor Giancarlo Pasa. Ele é sócio da rede Túlio.

O empresário nos disse que a federação realiza um trabalho para convencer os postos a melhorarem os banheiros dos motoristas e incluírem os femininos. Alegou que as grandes redes já fazem isso. E mostrou para a gente algumas fotos dos banheiros para mulheres dos postos Túlio. São suítes com vaso sanitário, pia, e box para banho.

As imagens são de um posto que a rede mantém no Rio Grande do Sul. Ali, são cinco banheiros para homens e dois para mulheres. O Giancarlo contou para a gente que os postos da família dele têm banheiro para mulheres desde os anos 1980.

A Carga Pesada se dispõe as ajudar os caminhoneiros a melhorarem as condições dos banheiros não só para mulheres, mas para todo mundo. Se vocês tiverem algum local específico onde não haja banheiro feminino ou onde o banheiro é muito ruim, mande uma mensagem para a revista que nós vamos atrás do proprietário.

Vocês podem escrever para [email protected]

Mercedes - Virada
Compartilhar

Deixe um comentário