DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Na estrada, com estilo

0

Scania - NTG Linha

Elas matam um leão por dia para conquistar espaço, mas sem deixar de se cuidar

Não é porque passam dia e noite nas estradas que as mulheres caminhoneiras vão deixar de se cuidar. A foto enviada pela mineira Cristina Oliveira Costa para a Revista Carga Pesada no Dia Internacional da Mulher (8 de março) é a prova disso. Não é preciso dizer mais nada.
Em 2016, Cristina foi a única entre 381 mulheres inscritas no Scania Driver Competitions a chegar à semifinal do concurso de melhor motorista. Neste ano, ela participou do lançamento da nova geração de caminhões da montadora sueca. E fez test drive no veículo de onde mandou a bela foto. Hoje, ela transporta bebidas em Belo Horizonte.
Apesar de a figura feminina estar cada vez mais comum na estrada, ainda há muito preconceito em relação a elas. “Buscamos fazer o melhor, seguindo pelas estradas com muita responsabilidade. Ainda não temos o reconhecimento necessário por parte das empresas, passamos por dificuldades, sofremos preconceitos”, conta a paulistana Noemy Nascimento dos Santos, que transporta autopeças pelos países do Mercosul.
Ela só pôde abraçar a profissão dos seus sonhos perto dos 50 anos de idade, quando se separou do marido que não admitia a ideia ter uma mulher caminhoneira. “Hoje eu não sinto preconceito dos colegas motoristas, mas nas empresas sofremos muitas restrições, somos tratadas pessimamente”, conta ela, emendando: “Mas, tudo bem”.
Já Marlene Heinen, de Planalto (PR), sempre pôde contar com o apoio do marido Eleseu, a ponto de dividir o volante com ele. “Nós gostamos de viagens longas”, afirma. O casal planeja o dia a dia na estrada: café da manhã, almoço e pernoite. “É muito importante a gente escolher um local seguro para dormir.”
LIDERANÇAS – O que antes era um universo quase que exclusivo dos homens, o transporte rodoviário de carga ganha cada vez mais participação das mulheres e não só na boleia.
Em março deste ano, pelo quarto ano consecutivo, a Scania promoveu o Queen of The Road, reunindo lideranças femininas de toda a América Latina para um encontro sobre o papel da mulher no setor. “A iniciativa é para promover a troca de experiências e colocar à mesa as questões e os desafios do agora e do futuro. Como empresa, queremos liderar uma mudança dentro do setor, abrindo espaço para o reconhecimento das competências das mulheres frente à nossa indústria”, explica Juliana Sá, responsável pela Comunicação Corporativa da Scania Latin America.
Participaram 35 mulheres de nove países, entre executivas da montadora, clientes do sistema de transporte e logística e lideranças femininas de outros setores. “Existe uma identificação imediata das histórias compartilhadas e, por meio de convidadas especiais, tornamos a experiência uma forma de inspirar e apoiar o empoderamento das executivas”, destaca Juliana.

Compartilhar

Deixe um comentário