Governo negocia taxa de lucro para caminhoneiros, diz jornal

0

Scania - NTG Linha

Ministro Tarcísio de Freitas recebe caminhoneiros nesta quarta-feira (24)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, recebe na manhã desta quarta-feira (24) representantes dos caminhoneiros para discutir os valores mínimos de frete. Segundo o jornal Valor Econômico , o governo negocia taxa de lucro que seria cobrada a partir do frete mínimo.

Na segunda-feira (22), Freitas suspendeu a resolução 5.849, da ANTT, que trazia pisos mais de 40% inferiores aos da resolução anterior. Na terça-feira (23), o ministro se reuniu com representantes dos embarcadores para debater o impasse envolvendo a tabela. Eles se irritaram com a suspensão já que os valores era interessantes para quem contrata serviços de transporte.

As informações são da Agência Brasil. “A reunião foi justamente porque o setor produtivo demonstrou grande estranheza da revogação em tese, mas foi nos esclarecido que não houve revogação. Houve apenas suspensão para permitir se encaminhar alguns consensos para encaminhamentos de uma forma mais tranquila no futuro”, disse a diretora de Relações Institucionais da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Mônica Messenberg.

A diretora da relações institucionais da CNI se disse confiante na possibilidade de se chegar a um entendimento satisfatório entre os dois setores. Mônica disse que os embarcadores defendem a aplicação da resolução suspensa, segundo ela, construída de forma mais “técnica”. Mas que estão dispostos a chegar a um consenso em alguns pontos.

“Certamente, no curto prazo, vamos tentar resolver isso e retornar a tabela da Esalq que efetivamente é reconhecida como a tecnicamente mais adequada e que reflete os custos mínimos do setor”, afirmou. “[Esta tabela], Nós tecnicamente acreditamos ser a mais razoável para começar a construção de um preço de frete”, acrescentou Mônica.

Compartilhar

Deixe um comentário