Iveco apresenta novos 9-190 e 11-190

0

DAF - XF105

Com motores FPT de 190 cavalos, os modelos chegam a ser até 7% mais econômicos

Com o slogan “um caminhão para seu batidão”, a Iveco apresentou dia 18 de junho novidades na sua linha de caminhões. A montadora mostrou seus novos médios 9-190 e 11-190, que complementam a linha Tector. A cabine de toda a linha, que parte agora de 9 e vai até 31 toneladas, também foi remodelada.

Cabine do 9-190: mais conforto para o motorista

Com motor NEF45 da FPT Industrial, de 190 cavalos de potência e torque de 610 Nm, eixos Dana e transmissão Eaton de seis velocidades, sendo a sexta uma overdrive, a engenharia da Iveco garante que o 9 toneladas é até 4% mais econômico que seus concorrentes diretos: VW Delivery e MB Accelo. No 11 toneladas, a economia chega a 7%, assegura a montadora. Até a quinta marcha, o motor FPT de 190 cavalos entrega muita força. Na sexta, numa relação exclusiva, o consumo chega em alguns casos bem próximo de zero.

O diretor de Vendas e Marketing, Ricardo Barion, destaca que a grande maioria dos clientes desta faixa de potência é de autônomos que dirigem o próprio caminhão, sobretudo na entrega urbana de cargas. “Acompanhamos a rotina destes caminhoneiros. Chegam a subir e descer da cabine até 22 vezes num mesmo dia, depois de 14 horas de trabalho em média (das 6 às 20 horas)”, afirma.

A necessidade de conforto fez com que o degrau de acesso fosse mais baixo, sem comprometer o ângulo de entrada. O para-choque continua com uma altura adequada em relação ao piso.

Ainda em relação ao conforto, a Iveco combinou com exclusividade na suspensão da cabine o coxim com mola e amortecedor.

Revista Carga Pesada testou o modelo de 9 toneladas e confirmou que a cabine realmente está bastante confortável. Sem contar os retrovisores com vários ângulos de visão, os mesmos do extrapesado Hi-way, que trazem melhor visibilidade nas manobras e mais segurança para o motorista.

O novo 11-190: economia chega a 7%, de acordo com a montadora

O campo de visão do para-brisa é o maior da categoria, com 1,53 metro quadrado. A exclusividade da alavanca de câmbio no painel buscou possibilitar mais espaço e facilitar a movimentação no interior da cabine, cuja largura é outro diferencial: 210 cm (mais de 2 m) com altura de 2,54 m, a maior do segmento. E ganhou basculamento hidráulico, outra exclusividade, oferecendo mais conforto e segurança.

O modelo 11-190 permite a colocação de terceiro eixo, que eleva sua capacidade para 13 toneladas. Além dos modelos de 9 e 11 toneladas, toda linha Iveco Tector ganha cabines alinhadas com o padrão dos caminhões da marca que rodam atualmente na Europa.

Com este modelo, a montadora espera conquistar 10% do mercado no segmento de médios. Os preços de lançamento são: R$ 155 mil (9-190) e R$ 165 mil (11-190).

Scania - Consorcio
Compartilhar
Fenatran - Você na Rota

Deixe um comentário