Reforma da Previdência: muita gente vai morrer sem se aposentar

0

DAF - XF105

Homens do Piauí e do Maranhão só vão se beneficiar por dois anos

Nelson Bortolin

Ao elevar para 65 anos a idade mínima para a aposentadoria, o governo condena parte dos brasileiros a morrerem sem o benefício ou então a recebê-lo por um período muito curto. A reforma ignora as diferenças regionais no País.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a expectativa de vida de um indivíduo do sexo masculino no Piauí ou no Maranhão é de 67,1 anos. Ou seja, para esses brasileiros, o INSS vai pagar pouco mais de dois anos de aposentadoria.

Já, o homem de Santa Catarina vai poder gozar do benefício por muito mais tempo, já que sua expectativa de vida é de 76,1 anos. Ou seja, vai receber por pouco mais de 11 anos.

Reforma diminui SIM o valor da aposentadoria

Reforma da Previdência começa a vigorar: sacrifício é maior do que parece

Scania - Consorcio
Compartilhar
Transpanorama - A 2 maior

Deixe um comentário