Banco Mercedes-Benz fecha 2019 com recordes históricos e crescimento de 46% em novos negócios

0

Scania - Nova era de serviços

Com o desafio de superar seu próprio recorde de R$ 4,791 bilhões em novos negócios feitos em 2014, a instituição alcançou R$ 5,586 bilhões em 2019. Esse resultado representa um crescimento de 46% em comparação com 2018

Fonte: Assessoria de Imprensa

O principal destaque do período ficou por conta do desempenho de veículos comerciais, que alcançaram um total de R$ 4,853 bilhões e marcaram o maior volume de caminhões, ônibus e vans novos já financiados pelo Banco, representando um aumento de 53% ante os R$ 3,179 bilhões no fechamento de 2018.

O segmento de caminhões obteve o volume mais expressivo de financiamentos, somando R$ 2,810 bilhões, contra R$ 1,818 bilhões registrados no ano anterior, aumento de 55%. O segmento de ônibus registrou R$ 1,748 bilhões em novos financiamentos, aumento de 46% em comparação com 2018, que registrou R$ 1,195 bilhões. O segmento de vans foi o que mais cresceu percentualmente, com 78% de aumento no montante durante todo o ano, totalizando R$ 295 milhões, contra R$ 166 milhões alcançados em 2018. Já o segmento de automóveis somou R$ 290 milhões em novos negócios.

O Banco também teve atuação relevante no segmento de usados, com um volume de R$ 165 milhões contratados em 2019, um salto de 90% em relação aos R$ 87 milhões obtidos em 2018. A boa performance deve-se em grande parte devido à forte parceria com a SelecTrucks, em que o Banco Mercedes-Benz respondeu pela maior parte dos financiamentos dos caminhões comercializados em suas lojas.

“Os bons resultados obtidos foram impulsionados, por exemplo, pelo crescimento dos segmentos de transporte de grãos, cana-de-açúcar, mineração, bebidas e comércio eletrônico em 2019, e são também fruto do esforço conjunto entre Fábrica, Rede de Concessionários e Banco em atuar com foco total nas necessidades dos clientes, com planos comerciais assertivos e taxas competitivas”, afirma Christian Schüler, presidente e CEO do Banco Mercedes-Benz. “Esse conjunto positivo de fatores, aliado à nossa expertise em financiamentos e seguros da marca e à criação de produtos inovadores e inéditos no setor, fez com que pudéssemos atingir novos públicos e incrementar ainda mais nosso portfólio de produtos”, acrescenta.

Mais recordes em 2019


Além disso, o Banco Mercedes-Benz atingiu a maior carteira de sua história, com recorde de R$ 12,538 bilhões em 2019. O número reflete um aumento considerável de 30% em relação ao ano anterior, quando a instituição alcançou a marca de R$ 9,630 bilhões. “Este resultado foi alcançado graças ao nosso amplo leque de soluções financeiras e de seguros, e da busca incessante por soluções digitais que levem mais agilidade e conveniência aos nossos clientes”, comenta Schüler.

O Banco Mercedes-Benz, por meio da Mercedes-Benz Corretora de Seguros, também foi competitivo em seguros, com boa performance em Seguro Casco, conquistando alta de 40% de contratos fechados em relação ao ano passado. Já em Seguro Prestamista o resultado foi ainda melhor, com um crescimento de 128% sobre 2018. Com esses números, a Corretora de Seguros teve o melhor ano da sua história.

Para endossar os números favoráveis, o Banco Mercedes-Benz reforçou o compromisso de relacionamento com a rede e alcançou ótimos níveis de satisfação: 92% entre os concessionários de veículos comerciais e 94% entre os concessionários de veículos de passeio. “Sinto muito orgulho de trabalhar com uma equipe focada, que tem paixão no que faz e que sempre pensa no cliente. A chave do sucesso é a motivação do time, e isso ficou evidente no resultado da pesquisa Great Place to Work realizada no ano passado, com o recorde de 94% dos colaboradores considerando o Banco Mercedes-Benz como um excelente lugar para se trabalhar”, concluiu o executivo.

Produtos de financiamento inéditos no mercado
O lançamento de novos produtos que se ajustam às demandas do mercado também possibilitou o alcance de novos públicos e clientes com os mais variados perfis.

Evidenciando sua posição de liderança em financiamentos em todos os segmentos de atuação, o Banco Mercedes-Benz lançou na Fenatran, em 2019, o CDC Flexibility para veículos comerciais novos e usados, tendo sido pioneiro na oferta deste produto no mercado automotivo.

O produto tem o objetivo de garantir mais flexibilidade na compra de van ou furgão Mercedes-Benz, além dos caminhões Atego e Accelo com parcelas menores que as do CDC convencional. Nesta modalidade de CDC, o cliente contrata o financiamento com uma entrada mínima, parcelas fixas reduzidas ao longo do contrato e uma parcela final correspondente ao valor de recompra do bem. Ao final do contrato, mantendo as condições do veículo de acordo com as premissas do Guia de Condições de Revenda, poderá revendê-lo pelo valor previamente definido, facilitando a compra de um novo Mercedes-Benz.

Outra novidade também lançada na Fenatran do ano passado foi o CDC Decrescente, mais um produto de financiamento inédito no mercado, com parcelas que vão ficando menores a cada mês, possibilitando um desembolso ainda menor para o cliente, que pagará menos juros no valor total do contrato em comparação com o CDC convencional. O produto conta com o mesmo sistema de amortização constante do Finame, com parcelas decrescentes ao longo do contrato. A aceitação do CDC Decrescente foi imediata, com 13% dos contratos de CDC negociados entre novembro e dezembro na nova modalidade.

“Com o evidente interesse do mercado pelo CDC no segmento de veículos comerciais, promovemos o lançamento de dois produtos de financiamento inéditos, reforçando o nosso foco em ouvir os clientes, entender suas necessidades e propor soluções que atendam às suas demandas, aumentando o valor de sua experiência conosco”, afirma Diego Marin, diretor Comercial.

Banco Mercedes-Benz em números

  1. Carteira
2019 2018 Variação
Dezembro Dezembro
R$ 12,538 bi R$ 9,630 bi 30%

 

  1. Novos Negócios
Todos os segmentos
2019 2018 Variação
Jan -Dez Jan-Dez
R$ 5,586 bi R$ 3,831 bi 46%

 

Veículos Comerciais
2019 2018 Variação
Jan-Dez Jan-Dez
R$ 4,853 bi R$ 3,179 bi 53%
DAF - XF105
Compartilhar
Scania - Consorcio

Deixe um comentário