Montadoras retomam produção de caminhões

0

Iveco - A cada curva

Volta das atividades é gradual e segue recomendações da Saúde

Aos poucos, as montadoras vão retomando a produção de caminhões no País. A Iveco informou que retomou as atividades dia 22 de abril no complexo industrial em Sete Lagoas (MG). Segundo a empresa, o retorno da produção auxilia setores essenciais para a sociedade, como o de agricultura e de transporte de cargas.

A marca alega seguir rígidos padrões sanitários para proteger a saúde dos colaboradores e se alinha às orientações de governos e entidades mundiais para a contenção da circulação do vírus. Isso se estende para a rede de concessionárias, que adota protocolos especiais de atendimento remoto na área comercial em todo o país.

Na unidade de Sete Lagoas são desenvolvidos, produzidos e testados veículos para o transporte de cargas, veículos para o transporte de passageiros, veículos de defesa e motores. A estrutura conta com um Campo de Provas e com um Centro de Desenvolvimento de Produto, áreas fundamentais nos planos estratégicos das marcas para desenvolver produtos pensando nas necessidades e nos diferencias de cada mercado em que atuam.

Planta da Iveco em Sete Lagoas

PONTA GROSSA

A DAF Caminhões Brasil também retoma as atividades na planta localizada em Ponta Grossa (PR). O primeiro passo foi o retorno das atividades dos profissionais da área administrativa, em 27 de abril, alternando o trabalho remoto com a rotatividade nas dependências da empresa. Nesta segunda-feira (4 de maio), voltaram as operações na linha de produção.

Para possibilitar a iniciativa, foram introduzidas novas medidas de higiene, tais como implementação de dispensers com álcool gel 70% em diversos pontos da fábrica, desinfecção intensa nas áreas comuns, utilização de máscara de tecido reutilizável distribuída pela empresa, entrega de kit de higiene pessoal na chegada e aferição de temperatura de todos os colaboradores.

“Nossa prioridade é garantir a saúde e a segurança dos nossos colaboradores. Entendemos que, com cuidado redobrado e adoção de novas ações, poderemos dar continuidade ao trabalho, com a produção de caminhões para atender também às necessidades de nossos clientes. Durante toda a quarentena, nos adaptamos e continuamos com o pós-venda, com serviço de manutenção e peças de reposição”, comenta Lance Walters, Presidente da DAF Caminhões Brasil.

Para a presença de colaboradores no escritório, foi feita a revisão das estações de trabalho para garantir uma distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas. Nas salas de reunião, há limite de 10 participantes, respeitando as regras de distanciamento.

Na linha de produção, os colaboradores também devem manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro, utilizar máscara facial e EPIs específicos para que todos exerçam o trabalho de forma segura. Antes do final de cada turno, cada colaborador deve fazer a assepsia da estação de trabalho e, nos trajetos internos, devem seguir as demarcações a fim de manter a segurança.

Vale reforçar ainda que no restaurante, a empresa adotou medidas como restrição da presença de pessoas, com escala de horário, redução dos lugares, inclusão de demarcações no piso para manter o distanciamento, entre outras ações.

Para a recepção de visitantes, também há diversos cuidados, como uso de máscara e medição da temperatura corporal. Além disso, haverá direcionamento constante para que os colaboradores mantenham o distanciamento social nas horas de intervalo, evitem tocar no rosto, olho e nariz, e redobrem a higiene com água e sabão a fim de evitar a transmissão do coronavírus.

Volvo Trucks 2021
Compartilhar
Truckscontrol 2021

Deixe um comentário