TrucksControl - Sua Frota

2 Comentários

  1. Infelizmente a redução no preço dos combustíveis dificilmente chegará ao consumidor autônomo ou a pequenas empresas que dependem de abastecimento em postos que são os intermediários final.
    Que tem poder de compra direto da distribuidora, certamente tem a redução imediatamente a seu favor, mas os que comoram dos postos não, haja vista que quando o aumento é anunciado, o reajuste é imediato, mesmo se o aumento for praticado dentro de mais alguns dias, e quando é redução, eles insistem em vender sem a redução, são verdadeiros cartéis que move esse comercio e, nós pobres mortais ficamos a ver navios!
    Saudades de quando havia o monopólio estatal com controle de preço e subsídios ao Diesel, onde o litro do combustível tinha o mesmo valor tanto num extremo, quando no outro e nas regiões mas ao centro do Brasil. Se pagava “X” no litro em São Paulo capital, pagava-se o mesmo valor em Manaus, Boa Vista ou qualquer região do Brasil, e a Petrobras que abastecia e era a responsável pelo controle do preço, mas hoje vivemos em um mundo dominado pelo poder econômico que só pensam nos lucros!
    Tenho certeza que quando o governo entregar de vez a grandiosa Petrobras, assim como tem feito com os poços na região Nordeste e, agora com a veda de refinarias, ai sim é que o choro será total, mas quem é desinformado e torce para a destruição das nossas empresas estratégias, verá a que esse governo serve!

    • Marcos Campiolo em..

      Acho que é por isso que onde tem varias concorrentes (extratoras e refinadoras) o preço é de concorrência feroz.
      A parte do governo é evitar cartel e se ocorrer cassar a outorga das refinadoras ou extratoras, ou expropria a/as empresas envolvidas.

Deixe um comentário