Transportadores lançam campanha por privatizações

2

Consorcio Scania - 100x

Iniciativa busca chamar a atenção para a necessidade de um programa amplo para modernizar a economia brasileira

Agência CNT

Com o objetivo de reiniciar os processos de privatizações no Brasil, os empresários do setor de transporte lançaram a campanha Privatiza Já! A iniciativa busca apoiar o governo federal a intensificar as ações no âmbito do Programa Nacional de Desestatização (PND). Também tem como propósito mostrar para a sociedade que a privatização é o instrumento adequado para modernizar as empresas, a partir da transferência de ativos do Estado para a iniciativa privada. O movimento conta com o apoio da CNT (Confederação Nacional do Transporte).

Os transportadores entendem que o país está sem recursos para arcar com uma dívida pública crescente e perdeu capacidade de investimento. Segundo dados disponíveis, o Brasil tem 188 estatais federais, sendo 46 de controle direto e 142 de controle indireto. Segundo o STF (Supremo Tribunal Federal), para a venda desse último grupo, não é necessária a autorização legislativa.

Mostra-se também importante atuar junto ao Congresso Nacional, para a aprovação de leis que permitam a venda de empresas que compõem o grupo de controle direto. Nesse sentido, o movimento Privatiza Já! encampa a bandeira de que o governo federal deve resgatar o compromisso de campanha e promover a reorganização do Estado.

O presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Vander Costa, afirma que há um consenso de que a solução, sobretudo para os atuais gargalos da infraestrutura do Brasil, passa, obrigatoriamente, pela expansão da participação da iniciativa privada nos investimentos e na gestão do setor. “A crise fiscal vem se agravando, e o desemprego não dá sinais de recuo. À medida que a pandemia se prolonga, aumenta a pressão por mais gastos. Por isso, o governo precisa recompor as contas públicas imediatamente e aliviar o Estado do peso financeiro dessas estatais.”

MB - Oleo
Compartilhar
Mercedes-benz - Pecas

2 Comentários

  1. pelo estado e com dinheiro público.
    São gananciosos e desejam as privatizações para atender seus interesses e o povo que se dane!
    Dizer que o desemprego está alto e será resolvido com privatização é um engodo que muitos não entendem!
    Veja os exemplos de privatização, foram demitidos milhares de trabalhadores, reduzido salários e extinguindo postos de serviços!
    Eles querem privatizar o Banco do Brasil, mas nenhum deles ajuda a desenvolver novas empresas!
    Quer a privatização de tudo menos o BNDES, pois tudo que o banco gera serve unicamente para atender os interesses da elite capitalista e ao povo nada!
    Falar que capital privado gera emprego é uma mentira deslavada, o que geram é desemprego, trabalho escravo, lucro e concentração de renda!
    Pior é que tem muitos empregados que acreditam nesses enganadores! Querem estrada privatizada, mas jamais construíram uma para explorar!
    Querem Petrobras privatizada, mas nunca investiram um centavo para pesquisas!
    Querem aeroportos privatizados, mas nunca construíram um!
    Ora bolas se querem mais concorrência, que invistam em construir estradas melhores e as explorem, assim como querem fica muito fácil, nunca gastaram um centavo para construir nada e querem levar tudo de graça.
    Muitos cresceram à custa do estado, e agora querem destruir a fonte geradora de emprego e renda para o povão!
    Salvo raras exceções!
    Se não fosse o estado, o Brasil ainda seria uma colônia!

Deixe um comentário