Agro representa 37% das viagens feitas pela Fretebras

0

Volvo Zero Acidentes

Em segundo lugar, vêm os produtos industriais (27,7%) e os da construção (13,6%)

Os fretes do agronegócio representaram 37,4% dos transportes registrados na plataforma Fretebras no 1° trimestre deste ano. Os produtos industriais responderam por 27,7% e os insumos para a construção civil, por 13,6%. Em dinheiro movimentado, os produtos agropecuários representaram R$ 6,7 bilhões em frete; os industriais, R$ 5 bilhões; e os da construção, R$ 2,4 bilhões.

Os números são da 7ª edição do Relatório Fretebras, que apontou um aumento de 36,8% do volume de fretes de todos os segmentos no primeiro trimestre de 2022 comparado com o primeiro trimestre do ano passado.
Ao todo, a plataforma distribuiu R$ 18 bilhões em fretes nos primeiros três meses deste ano.

Entre outras várias informações, o levantamento aponta as principais rotas de fretes da Fretebras no primeiro trimestre. No segmento de agronegócio, São Borja (RS) a Rio Grande (RS) foi a mais movimentada, com 1.453 viagens. Depois, vem Primavera do Leste (MT) a Rondonópolis (MT), com 1.196 fretes e, na sequência, Tupanciretã (RS) a Rio Grande (RS), com 1.107 fretes.

Já, nos produtos industriais, a principal rota da plataforma foi Curitiba (SP) a São Paulo (SP), com 1.072 viagens, seguida por Araçatuba (SP) a Santo André (SP), com 885 e, em terceiro lugar, os fretes realizados dentro da cidade de São Paulo, com 846 viagens.

Clique aqui para baixar o relatório.

Iveco - Rede
Compartilhar
Volvo Zero Acidentes

Deixe um comentário