VWCO Agrishow

eActros é estrela da Mercedes-Benz na Fenatran

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Por enquanto, veícuilo só está disponível na Europa

Uma nova gama de aplicações do caminhão elétrico da Mercedes-Benz, o eActros, foi apresentada, em setembro passado, no IAA Transportation em Hannover, na Alemanha, maior salão internacional de veículos comerciais. Agora, o eActros está sendo apresentado na Fenatran, maior evento do setor na América Latina, entre 7 e 11 de novembro, na cidade de São Paulo.

No IAA deste ano, o eActros 300 foi apresentado numa versão cavalo mecânico para amplo uso na distribuição pesada. A Mercedes-Benz também mostrou versões eActros 300 e 400 para basculantes eletrificados das marcas Meiller e Palfinger e para um baú refrigerado da Kiesling.

“Estamos continuamente expandindo nosso portfólio de caminhões elétricos à bateria. Nosso foco é oferecer vantagens claras aos clientes. Nesse sentido, nossos veículos são projetados especificamente para mobilidade elétrica, proporcionando melhor dirigibilidade, eficiência energética e durabilidade”, afirma Karin Rådström, CEO da Mercedes-Benz Trucks, que veio ao Brasil para a Fenatran.

“O eActros está disponível somente para a Europa nesse momento e não será comercializado no Brasil ainda. Nosso objetivo ao trazer este moderno caminhão para o evento é ampliar o debate sobre veículos elétricos e enfatizar aos clientes e ao mercado que nós temos tecnologia, experiência e competência global e local para desenvolver e fabricar aqui mesmo no País estes produtos”, afirma Achim Puchert, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina.

Consultoria especializada para a mobilidade elétrica

Independentemente da tecnologia de propulsão, todo investimento em um veículo comercial deve contribuir para trazer rentabilidade para as empresas de transporte. Além disso, há uma série de questões que devem ser esclarecidas com antecedência, especialmente em relação aos caminhões totalmente elétricos: em quais rotas posso usar veículos elétricos? E a infraestrutura de carga e recarga? Que medidas estruturais e investimentos podem ser esperados para a recarga na garagem? Isso torna ainda mais importante não apenas vender um caminhão elétrico, mas sim uma solução ampla para acompanhar os clientes no caminho para a eletrificação de suas frotas.

“A Mercedes-Benz dará total apoio e consultoria aos clientes na transição do motor a diesel para a chegada da tração elétrica. Dessa forma, asseguramos confiabilidade para as empresas de transporte, bem como para todos os players da eletromobilidade e do ecossistema do transporte responsável”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Versão cavalo mecânico é novidade no portfólio eActros

A forma pela qual a Mercedes-Benz Trucks está expandindo consistentemente as versões de aplicação do Actros elétrico é demonstrada pelo eActros 300 cavalo mecânico, apresentado no IAA. O lançamento da produção em série está previsto para o segundo semestre de 2023.

Indicado para várias aplicações na distribuição pesada, o eActros 300 cavalo mecânico elétrico é baseado na mesma tecnologia do caminhão rígido, podendo tracionar os semirreboques europeus mais comuns, com o comprimento máximo permitido.

Assim como no eActros 300 já conhecido, a peça central tecnológica é o trem de força, um eixo rígido elétrico com dois motores elétricos integrados e transmissão de duas marchas. Os dois motores montados no eixo traseiro geram uma potência contínua de 330 kW e uma potência máxima de 400 kW.

O fornecimento direto de torque dos motores elétricos, aliado à transmissão de duas marchas, garante aceleração potente, conforto de condução impressionante e uma condução mais relaxada. Três baterias estão instaladas, cada uma com capacidade de 112 kWh. A autonomia é de até 220 quilômetros, com sistema que possibilita recuperar energia elétrica e aumentar a autonomia.

O cavalo mecânico alimentado por bateria pode ser carregado com até 160 kW. Os três conjuntos de baterias levam pouco mais de uma hora para recarregarem de 20% a 80% em uma estação de carregamento rápido CC padrão com corrente de carregamento de 400 A.

Tal como acontece com todos os modelos eActros, o equipamento de segurança inclui o Acoustic Vehicle Alerting System (Sistema de Alerta Acústico de Veículos); o Active Brake Assist 5 (ABA 5 – Assistente Ativo de Frenagem) de quinta geração, com detecção de pedestres; e o Turn Assist S1R (Assistente para Manobras).

Para os alertas visuais, o Assistente para Manobras utiliza o display do MirrorCam, sistema digital que substitui os retrovisores convencionais. O MirrorCam de segunda geração, disponível na Europa desde abril de 2022 e agora também na linha Actros no Brasil, é ainda mais capaz de oferecer assistência ao motorista em muitas situações no tráfego rodoviário. Isso se deve, entre outros recursos, aos braços de câmera 10 centímetros mais curtos de cada lado e aos novos parâmetros de imagem para uma representação ainda mais realista do ambiente exterior.

eActros com solução de tomada de força totalmente elétrica e baú refrigerado

Além da versão cavalo mecânico, outras aplicações do eActros também foram lançadas no IAA Transportation deste ano. Por exemplo, a Mercedes-Benz Trucks apresentou a solução eWorX desenvolvida pela ZF em um eActros em combinação com um guindaste de gancho da Meiller e um da Palfinger. O objetivo é eletrificar eficientemente as tomadas de força para operar equipamentos hidráulicos, como carregadores de caçamba, guindastes de gancho, guindastes ou plataformas elevatórias. A vantagem: total neutralidade de CO2 local e geração bastante reduzida de ruído, o que facilita o uso em cidades e áreas residenciais.

O sistema eWorX da ZF estabelece a conexão entre o sistema de gerenciamento de energia do veículo e a carroceria. Para permitir eficiência operacional otimizada, o eWorX integra componentes como o motor elétrico, inversor, unidade eletrônica de controle e módulos de software específicos da aplicação em uma solução tipo plug-and-work (plugue e trabalhe). Neste caso, a bateria de tração do eActros fornece energia elétrica ao sistema ZF eWorX por meio de uma interface CC. Por sua vez, o motor elétrico eWorX aciona, por exemplo, a bomba hidráulica para o guindaste de gancho ou guindaste de lança. Assim, não é necessária uma conexão mecânica ao motor de tração. O eWorX garante uma comunicação suave entre o caminhão elétrico e a carroceria por meio de uma interface de barramento CAN.

Os dois motores elétricos refrigerados a líquido instalados no eActros geram uma potência contínua de 330 kW e uma potência de pico de 400 kW. As baterias consistem em três (eActros 300) ou quatro conjuntos de baterias (eActros 400), cada um com uma capacidade instalada de 112 kWh e uma capacidade útil de cerca de 97 kWh. Com quatro baterias, o eActros 400 tem uma autonomia de até 400 quilômetros.

O eActros também consegue demonstrar suas vantagens em outras versões de carroceria, como o baú refrigerado da Kiesling. Para maior eficiência, a carroceria refrigerada altamente isolada reduz a necessidade de energia da unidade de refrigeração alimentada pela tomada de força do eActros em até 40%. Isso aumenta a autonomia do caminhão elétrico.

Mercedes-Benz já está na era da eletromobilidade no Brasil

A Mercedes-Benz Caminhões e Ônibus já está na era da eletromobilidade em veículos comerciais no Brasil. Esse passo histórico foi dado com o chassi de ônibus urbano eO500U à bateria, lançado em agosto último na LatBus, em São Paulo, que chegará aos usuários em 2023.

“Com o chassi eO500U, demos o passo inicial da presença da nossa marca na era eletromobilidade no Brasil, acumulando conhecimento, tecnologia e experiência para quando chegar a vez dos nossos caminhões”, diz Roberto Leoncini. “Com zero emissões locais de CO2, o veículo elétrico contribui de forma extremamente importante para a melhoria da qualidade do ar e a preservação ambiental, em total alinhamento com os pilares Meio Ambiente e Social da estratégia ESG da nossa Empresa”.

eActros é estrela da Mercedes-Benz na Fenatran

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário