VWCO Agrishow

Motoristas da Rio-Santos terão atendimento médico e mecânico

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Administrada pela CCR RioSP, rodovia também vai receber 10 bases provisórias, que vão abrigar toda a estrutura de atendimento oferecida pela concessionária

A CCR RioSP inicia no fim do mês a operação na BR-101 (Rio-Santos) com a prestação dos serviços médico e mecânico, novidade para o motorista que utiliza os 270 km da rodovia federal entre Ubatuba, litoral norte de São Paulo, e a capital fluminense. Os clientes da BR-101 terão à disposição guinchos leve e pesado, ambulâncias de resgate, motolância e veículos de inspeção.

Para operar a nova estrutura operacional, a concessionária contratou 68 colaboradores para atuar nas funções de motorista de veículo pesado, motorista de veículo leve e profissionais de manejo de animais, sendo 16 delas em Ubatuba/SP (oito de motoristas de veículo leve e oito profissionais de manejo de animais), 12 no trecho fluminense em Mangaratiba (de motoristas de veículos leves), 12 em Angra dos Reis (de motoristas de veículos leves), 12 em Paraty (quatro de motoristas de veículos pesados e oito de veículos leves) e 12 em Itaguaí (oito de agentes laçadores e quatro de motoristas de veículos pesados).

O processo seletivo contou com o apoio das Prefeituras das cidades de Ubatuba (SP), Paraty, Angra dos Reis, Mangaratiba e Itaguaí.

Treinamento das equipes

A ambientação dos novos colaboradores foi realizada no início de agosto nas cidades de Santa Isabel (SP), onde fica à sede da Concessionária, Itatiaia (RJ) e Angra dos Reis (RJ). Na sequência, teve início o treinamento sob a coordenação das equipes de Operação, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente da CCR RioSP, que deve ser concluído na próxima semana. Os novos colaboradores recebem capacitações teóricas e práticas semelhantes aos que irão encontrar no dia a dia na rodovia como condução dos veículos operacionais, atendimento ao cliente e manejo de animais. Toda essa estrutura inédita na BR-101 ficará à disposição dos clientes da rodovia nas bases operacionais.

“Estamos instalando dez bases provisórias na BR-101, onde abrigará toda a estrutura de atendimento médico e mecânico que a concessionária vai oferecer ao cliente que trafegar na rodovia. É um momento histórico para à Rio-Santos que passa a contar com um serviço importante para o motorista que está em viagem”, diz Virgílio Leocádio, Gerente Executivo de Operação da CCR RioSP. Todas as dez bases provisórias serão identificadas com a identidade visual da concessionária e os serviços disponíveis.

Inovação e agilidade

Outro serviço inédito e inovador que os clientes da BR-101 (Rio-Santos) passam a contar com o início da operação é o atendimento via WhatsApp – (11) 2795-2238. Esse serviço já existe na Via Dutra desde julho deste ano.

Por meio do aplicativo de mensagens – muito popular entre utilizadores de smartphones – o cliente obtém informações sobre condições de tráfego e pode solicitar serviços como auxílio mecânico, resgate ou informar ocorrências na rodovia, além da possibilidade de enviar sua localização em qualquer ponto da Via Dutra, agilizando assim o tempo de atendimento de uma ocorrência.

Ao acionar os serviços da concessionária por meio do WhatsApp, o motorista pode utilizar a ferramenta de compartilhamento de localização, enviando o local exato onde está na rodovia, que é posteriormente enviado para o Centro de Controle Operacional da Concessionária, auxiliando na identificação do cliente na rodovia. Em breve, os motoristas terão à disposição uma nova ferramenta, o App da CCR RioSP, com informações e notícias sobre as duas rodovias administradas pela concessionária.

Todos esses serviços estarão disponíveis aos motoristas da BR-101 ainda em agosto.

 

Concessão

A CCR RioSP é responsável pela administração das rodovias federais BR-116 (Via Dutra) e BR-101 (Rio-Santos) pelos próximos 30 anos com previsão de investir cerca de R$ 26 bilhões, sendo R$ 15 bilhões em obras de ampliação de capacidade de tráfego, que trarão mais fluidez, segurança e tecnologia aos clientes, além de outros R$ 10,8 bilhões na operação das duas vias.

A meta é dotar as duas estradas federais de toda a infraestrutura necessária para proporcionar maior segurança e, consequentemente, conforto a motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres; suportando o tráfego intenso de veículos de passeio e de carga que transportam por ali mais da metade de toda a riqueza produzida no país.

Na BR-101, serão realizados, por exemplo, 80 km de duplicação e 33 km de faixas adicionais. Outra melhoria é a iluminação de todo perímetro da rodovia.

Localização das bases operacionais na BR-101:

Ubatuba – serão duas bases:

Km 9 da pista sentido Rio de Janeiro;
Km 31,8 da pista sentido Rio de Janeiro.

Paraty – serão duas bases:

Km 580 da pista sentido Rio de Janeiro;
Km 544 da pista sentido Rio de Janeiro.

Angra dos Reis – serão três bases:

Km 528 da pista sentido Rio de Janeiro;
Km 503 da pista sentido Rio de Janeiro;
Km 471,45 da pista sentido São Paulo.

Mangaratiba – serão duas bases:

Km 449 da pista sentido São Paulo;
Km 417,4 da pista sentido São Paulo.

Itaguaí – será uma base:

Km 399 da pista sentido São Paulo.

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário