VWCO Meteor da Paixão

Primeiro Actros mineiro fica em Minas, uai

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024
Luciano Alves Pereira 

Desde janeiro, a Mercedes-Benz está fazendo caminhões em sua antiga fábrica de automóveis de Juiz de Fora (MG). Agora saem de lá Accelo (leves) e Actros (extrapesados). A capacidade é de 12 mil veículos por ano, 25% de Actros.

A informação veio a público em março, quando a fábrica foi apresentada a alguns jornalistas. Os visitantes foram recebidos pelo presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para a América Latina, Jürgen Ziegler, acompanhado de Ronald Linsmayer, vice-presidente de Produção de Caminhões.

Desde essa data, a Carga Pesada passou a “perseguir o destino” do primeiro Actros a ser entregue. Demorou um pouco, mas afinal saiu para a Werner & Cia, tradicional revenda situada na Rio-Bahia (BR-116, km 594), na estratégica “esquina” com a BR-262, na Realeza, distrito de Manhuaçu, Leste de Minas. A Werner está no local desde 1948, fundada por Renan Werner Gama. É Mercedes desde 1968. Em abril, o seu currículo ganhou mais um registro, o da entrega do primeiro Actros fabricado no Brasil, montado em Juiz de Fora com componentes vindos da Wörth, Alemanha. É um modelo 2646 (6×4) a ser empregado na tração de bitrem-tanque de nove eixos, conforme informou o diretor Bruno Werner.

O motorista Balbino Vieira (de chapéu), do Posto MAP, recebe o Actros n° 1 de Neide Lande Eustáquio de Souza, gerente de vendas da Werner

O motorista Balbino Vieira (de chapéu), do Posto MAP, recebe o Actros n° 1 de Neide Lande Eustáquio de Souza, gerente de vendas da Werner

O caminhão está a serviço dos Postos MAP, com sede em Manhuaçu e mais três estabelecimentos na Rio-Bahia e na BR-262. O comprador faz questão de informar que já dispõe de diesel S50 em suas bombas.

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário